Acesso consultório Cadastre grátis seu consultório

Veja as fobias mais comuns e as mais estranhas

<strong>Artigo revisado</strong> pelo

Artigo revisado pelo Comitê de MundoPsicologos

Fobia é um medo irracional, que chega a paralisar a pessoa. Você já sentiu algo assim alguma vez? Neste artigo mostramos quais são as fobias mais comuns, além de falar das mais raras.

8 AGO 2016 · Leitura: min.
Veja as fobias mais comuns e as mais estranhas

Com certeza, você já ouviu falar sobre as fobias, um comportamento que nasce do medo a determinado objeto ou situação, mas que atinge um estágio paralisante e chega a controlar a vida da pessoa.

As fobias são mais comuns do que muita gente imagina. Podem ser controladas e até superadas, com o suporte da psicoterapia. Você saberia dizer quais são as fobias mais comuns?

Este artigo foi preparado justamente para responder a essa pergunta. Aproveitamos para falar também das fobias mais estranhas. Confira a lista e veja se você ou algum conhecido se encaixa em uma dessas situações.

As fobias mais comuns

Como as fobias estão relacionadas ao comportamento humano, a lista das mais comuns pode variar segundo a faixa etária e, até mesmo, segundo o sexo. As mais habituais costumam ser:

1) Aracnofobia

Uma das fobias mais conhecidas é o medo de aranhas. Afeta mais comumente mulheres que homens, provocando reações exageradas na presença do bichinho de oito patas. A pessoa pode ter crises de ansiedade e até ataques de pânico.

2) Acrofobia

As pessoas que não toleram estar em lugares altos, sofrendo tonturas e vertigens por não conseguir sair dali, sofrem de uma fobia chamada acrofobia. O medo de altura está nas ações do cotidiano da pessoa. Olhar pela janela do apartamento ou de um consultório médico, por exemplo, pode ser uma verdadeira tortura.

3) Claustrofobia

Quem sofre deste problema tem verdadeiro pavor a ambientes fechados. Em espaços pequenos, elevadores e, até mesmo, no meio de grandes grupos têm a sensação que o cerco está fechando e que cada vez resta menos espaço para eles. Por isso, ficam apavorados em situações assim.

fobia4.jpg

4) Aerofobia

Aerofobia é o medo irracional de voar, independente do meio de transporte. Estima-se que esse tipo de fobia afeta aproximadamente 1/3 da população mundial. Os sintomas começam muito antes do dia da viagem e podem provocar irritação, insônia, ansiedade e pânico.

5) Nictofobia

Ter medo excessivo de ambientes escuros, da noite, ter que dormir de luz acesa pela constante sensação de perigo iminente, é o que define a nictofobia. Trata-se de um problema mais comum na infância, mas algumas vezes perdura durante a fase adulta.

6) Glossofobia

O nome não é conhecido por todos, mas o que ele descreve, sim! Quem tem glossofobia tem medo de falar em público. Não é nervosismo puro e simples; a pessoa tem a pressão arterial aumentada e pode até ter problemas com a frequência cardíaca. Em casos extremos, simplesmente fica travada e não consegue verbalizar uma só palavra.

shutterstock-2.jpg

7) Hematofobia

O nome sugere e é verdade: hematofobia é o medo extremo de sangue. Além de tonturas e enjoos, quem sofre deste problema pode até desmaiar, e não precisa ser diante de sangue real, pode ser visto em filme ou numa fotografia, por exemplo.

As fobias mais estranhas

A lista das fobias conhecidas e catalogadas é bastante extensa. A seguir, colocamos alguns exemplos de fobias raras:

1) Afefobia

Quem tem afefobia, não suporta ser tocado. Isso transforma o convívio social e profissional num verdadeiro inferno, já que é um sofrimento acercar-se a qualquer pessoa. Não gostam de receber carinho, nem ter relações sexuais.

2) Heliofobia

As pessoas com heliofobia têm medo de estarem expostas à luz, por isso, evitam qualquer tipo de situação que implique contato com o sol, por exemplo. Há uma mudança clara de comportamento: além de permanecer muito tempo em casa, quando saem, preferem fazê-lo de noite.

fobia5.jpg

3) Cacorrafiofobia

Este é um problema que define o medo doentio de errar, de falhar. Quem tem esse tipo de fobia, vive angustiado e começa a evitar qualquer situação na que acredite que exista a possibilidade de falhar. Obrigar essa pessoa a enfrentar um quadro assim pode ser estressante a ponto de detonar um ataque de pânico.

4) Gamofobia

Sim, existe uma fobia que se refere ao medo de se casar. Geralmente, é motivada por traumas ou perdas que aconteceram no passado. Também há pessoas que têm fantasias negativas e acreditam que se concretizaram caso se casem.

5) Coulrofobia

Há pessoas que têm medo irracional a palhaços e, diante de um, costumam ficar sem ar, enjoado, trêmulo e em pânico. Apesar de ser mais comum na infância, esta fobia também ataca pessoas na idade adulta.

Se você precisar de ajuda profissional para enfrentar algum tipo de medo irracional ou fobia, procure um psicólogo especializado perto de você.

Fotos: por MundoPsicologos.com

psicólogos
Linkedin
Escrito por

MundoPsicologos.com

Deixe seu comentário

últimos artigos sobre fobia