Acesso consultório Cadastre grátis seu consultório

Controle a linguagem corporal para ser mais estimado

<strong>Artigo revisado</strong> pelo

Artigo revisado pelo Comitê de MundoPsicologos

Seu corpo pode dizer muito mais coisas do que você imagina. Controlar a linguagem corporal é uma maneira de ser mais estimado nas relações pessoais e de trabalho. Confira as nossas dicas!

6 AGO 2017 · Leitura: min.
Controle a linguagem corporal para ser mais estimado

Alguns gestos podem ser mais expressivos do que palavras, o que influencia, e muito, o dia a dia da pessoa. A linguagem corporal pode ajudar a fazer novos amigos, a ter uma boa relação com as pessoas próximas e a melhorar as relações de trabalho.

Não há dúvidas de que pode ajudra a causar uma boa impressão, mas nem tudo é positivo. A linguagem corporal também pode revelar desconfortos, e prejudicar a forma como a pessoa é vista pelos demais.

Por isso, igual de importante que o cuidado com a escolha das palavras e o tono utilizado é a precaução em relação à gestualidade e à forma como nos movemos. Se esse tema ainda é novidade para você, fique atento às nossas dicas!

1) Faça contato visual primeiro, sorria depois

Ao conhecer alguém, o primeiro passo é fazer contato visual com a pessoa. É a melhor forma de transmitir confiança. Logo em seguida, é importante sorrir. Um sorriso sincero, aliás, impacta positivamente na percepção de quem está ao redor.

2) Seja atencioso

A dispersão durante uma conversa é um dos pontos negativos da linguagem corporal. Faz com que a pessoa não se sinta especial, mantenha um sentimento de desconfiança e se afaste. Ser atencioso é fundamental, principalmente ao se conhecer alguém. Guardar o celular, olhar menos para o lado e se concentrar na pessoa são maneiras transmitir respeito e fazê-la se sentir especial.

3) Mantenha um olhar atento ao escutar

É muito importante manter o contato visiual ao falar, mas também ao ouvir. O olhar atento é uma das melhores formas de mostrar interesse e atenção em algum assunto ou alguém. Além de ajudar em questões profissionais, é fundamental em relações pessoais.

shutterstock-524463571.jpg

4) Sempre de frente para a pessoa

A posição do corpo diz muito sobre a atenção que se dá a certas situações. Se a ideia é causar uma boa impressão e mostrar interesse, é importante girar o corpo e ficar de frente com que se mantém a conversa. Assim, a pessoa se sentirá valorizada. A dica vale principalmente para primeiros encontros.

5) Controle os movimentos

O movimento descontrolado de mãos, pés e cabeça pode ser entendido como nervosismo e demosntrar certa ansiedade. Respirar com tranquilidade, relaxar o corpo e lembrar de que se trata de apenas de um encontro são maneiras de tirar o peso da situação.

6) Imagine a pessoa como um amigo

Outra maneira de controlar o nervosismo é tentar enxergar a outra pessoa como um amigo próximo, com o qual se mantém um diálogo tranquilo. Isso faz com que o subconsciente relaxe, o que interfere positivamente em signos da linguagem corporal.

7) Não tenha medo do toque

Um estudo feito pela Universidade de Cornell (Estados Unidos) serviu para confirmar que um aperto de mão, um "tapinha" nas costas e outras formas de manter contato físico (desde que não seja exagerado), transmite cumplicidade e confiança.

_______________________________

Psicólogos destacam que, em algumas situações, a linguagem corporal pode ser afetada por questões como timidez e baixa autoestima. Em casos assim, terapia é um dos aliados, já que ajuda a entender as causas do comportamento e encontrar soluções.

Fotos: por MundoPsicologos.com

psicólogos
Linkedin
Escrito por

MundoPsicologos.com

Deixe seu comentário

últimos artigos sobre habilidades sociais