Acesso consultório Cadastre grátis seu consultório

Como lidar com uma perda?

<strong>Artigo revisado</strong> pelo

Artigo revisado pelo Comitê de MundoPsicologos

Quem sofreu uma perda precisa trabalhar seus sentimentos e se fortalecer emocionalmente para reestruturar sua vida. Nessa hora, o apoio de quem está próximo é fundamental.

27 OUT 2015 · Leitura: min.
Como lidar com uma perda?

Quando as emoções que acompanham uma perda não são trabalhadas, o indivíduo pode carregar marcas por toda a vida. Lidar com esses sentimentos requer tempo, apoio de quem está próximo e, muitas vezes, acompanhamento psicológico.

A perda e o luto estão relacionados à morte, ao fim de uma relação amorosa, à perda de um emprego ou de um bem material. A intensidade dos sentimentos e o período de luto variam de acordo com a importância da perda e dos impactos gerados na vida do indivíduo.

Cada pessoa reage de forma diferente no período pós-perda. Enquanto algumas guardam para si as emoções, se isolam e se fecham, outras expõem abertamente seus sentimentos e buscam companhia. Elaborar e trabalhar o luto demanda uma grande força emocional e pode gerar sofrimento, mas é fundamental para que o indivíduo possa reestruturar sua vida e assumir as mudanças decorrentes da perda.

Compreensão e amparo

É impossível entender a dor de quem sofre uma perda, principalmente quando se trata de um ente querido. Em um primeiro momento, gestos de afeto, palavras de carinho ou apenas estar presente são formas mais indicadas de apoiar e transmitir força.

Tentar bloquear as emoções de quem sofreu a perda pode prejudicar o processo de luto, pois os sentimentos que não forem trabalhados nesse momento podem ser despertados mais tarde.

flickrsebastianfreire2.jpg

Ajuda especializada

Uma perda importante nunca é esquecida, mas o mais saudável é que, com o passar do tempo, as emoções se estabilizem e o indivíduo possa seguir sua vida de forma organizada.

No entanto, quem sofre uma perda nem sempre é consegue encontrar esse equilíbrio e estabilidade sozinho. Quando o luto gera um sofrimento intenso e desestruturado, pode resultar em problemas de saúde e transtornos psicológicos. Quadros de tristeza profunda, desânimo, desinteresse e ganho ou perda de peso devem ser um alerta para buscar apoio num acompanhamento com um psicólogo.

Procurar a ajuda de um profissional é fundamental para elaborar o luto da forma mais saudável possível. Trabalhando os sentimentos envolvidos na perda é possível se fortalecer emocionalmente para seguir a sua história.

Fotos (ordem de aparição): por Andrea Schunert e Sebástian Freire (Flickr)

psicólogos
Linkedin
Escrito por

MundoPsicologos.com

Deixe seu comentário

últimos artigos sobre luto