7 passos para dizer adeus ao mau humor

Situações difíceis e inesperadas podem provocar o mau humor, mas com algumas estratégias simples é possível tirá-lo de letra.

4 NOV 2020 · Leitura: min.

PUBLICIDADE

7 passos para dizer adeus ao mau humor

Intolerância, raiva, falta de educação, nervosismo, negatividade e irritação. Essas são algumas das características típicas quando alguém está mal-humorado. Em certos momentos da vida, todos nos sentimos assim. Eventos temporários como acordar com o barulho da reforma de um vizinho,  uma noite mal dormida ou passar horas no trânsito afetam o estado de ânimo de qualquer pessoa. 

Segundo os psicólogos, esse tipo de mau humor normal dura pouco tempo, quando muito, alguns dias. Ao estar diretamente relacionado com algum evento externo, costuma passar assim que a situação que o desencadeou se resolve. 

No entanto, quando o mau humor dura mais de duas semanas, não tem um motivo específico e vem com outros sintomas, pode ser um quadro de distimia

O que é a distimia?

A distimia é um transtorno depressivo menos severo que uma depressão maior, mas que dura mais tempo. A distimia é persistente e quem a sofre apresenta uma estado de ânimo depressivo crônico por mais de dois anos. A pessoa com distimia pensa que seu mau humor foi causado por alguma situação externa, mas as causas são internas. 

Além da tristeza e do mau humor persistentes, outros sintomas da distimia são:

  • Desesperança
  • Dificuldade de concentração
  • Falta ou excesso de apetite
  • Insônia ou muito sono
  • Cansaço crônico

A pessoa com distimia tem a autoestima baixa e é muito autocrítica. Está sempre nervosa, se queixa de tudo e só enxerga o lado negativo das coisas. Muitas vezes, nem o indivíduo que sofre de distimia nem as pessoas que convivem com ele se dão conta que há um transtorno depressivo persistente por trás. Acham que é a forma de ser dessa pessoa, o que não é verdade.  María Alvarez, psicóloga.

Para tratar o transtorno é necessário buscar tratamento médico e psicológico. No entanto, para o mau humor comum e passageiro, as soluções estão ao alcance de todos. A seguir, você encontrar 7 formas simples de combater o mau humor. 

1. Reflita sobre os seus sentimentos

A reflexão e compreensão das suas emoções pode ajudar você a modificar os seus pensamentos. E se os pensamentos mudam e são mais positivos, o impacto que as experiências adversas terão na sua vida serão muito menores. 

2. Identifique as causas do mau humor

Muitas vezes, estamos tão estressados e mau humorados que não paramos para pensar quais são as causas desse estado de ânimo. Frequentemente, são motivos bobos, passageiros e que não merecem tanta preocupação. Ao verificar a razão do problema, você será capaz de decidir se vale ou não à pena se desgastar por pouco. É bem provável que concluirá que não vale. 

3. Diga não ao mau humor das segundas-feiras

Muita gente odeia as segundas-feiras e já começa a semana de mau humor. Se esse é o seu caso, tente dar outro sentido a esse dia da semana. Programe para cada segunda alguma atividade prazerosa. Você pode ir jantar com o seu companheiro, agendar uma massagem depois do trabalho, cozinhar algo que gosta, etc. 

4. Durma bem

Mantenha um horário regular para dormir. Crie um ambiente propício ao sono, com um quarto totalmente escuro, sem barulho e com uma temperatura entre os 18 e 22 graus. Desligue o celular pelo menos uma hora antes de ir para a cama. E evite ingerir bebidas estimulantes do sistema nervoso central (como o café) pelo menos quatro horas antes de dormir. 

5. Tenha um bichinho de estimação

Segundo os psicólogos, ter um cachorro ou um gato podem melhorar o nosso estado de ânimo. Os animais de estimação nos fazem companhia, dão afeto, fomentam nossas relações sociais, melhoram nosso senso de responsabilidade, etc. 

6. Pratique exercício

Os benefícios da atividade física são inúmeros, mas ela pode fazer milagres no seu humor. Ao praticar exercício, o corpo libera diversos neurotrasmissores (como a endorfina, a serotonina, a dopamina, a noradrenalina) que são responsáveis pelo bem-estar, estado de ânimo e nível de energia. Além disso, a atividade física diminui a ansiedade, deixando você mais tranquila e relaxada. 

7. Risque as pessoas tóxicas da sua vida

Já reparou que algumas pessoas têm a capaciade de espalhar negatividade por onde passam e conseguem acabar com o nosso bom humor em poucos segundos? Se você convive no seu dia a dia com uma pessoa tóxica, aproveite para cortá-la da sua vida. Se não for possível, pelo menos diminua o contato e se afaste.  Procure estar perto de gente alegre, positiva e que sabe solucionar os problemas. Com certeza, você será contagiado por essa energia boa e passará a ver a vida de outra maneira. 

PUBLICIDADE

psicólogos
Linkedin
Escrito por

MundoPsicologos.com

Bibliografia

Jordi Jarque, ¿De dónde viene el mal humor?: https://www.lavanguardia.com/estilos-de-vida/20110826/54205625420/de-donde-viene-el-mal-humor.html

Simone Cunha, Será que o mau humor pode ser um tipo de depressão? https://www.uol.com.br/vivabem/noticias/redacao/2018/10/22/sera-que-seu-mau-humor-pode-ser-depressao.htm

Deixe seu comentário

PUBLICIDADE

últimos artigos sobre agressividade