Acesso consultório Cadastre grátis seu consultório

Ciúmes... Carinho e cuidado ou desconfiança e insegurança?

<strong>Artigo revisado</strong> pelo

Artigo revisado pelo Comitê de MundoPsicologos

O ciúme vem destruindo muitas relações, as pessoas muitas vezes se enganam quando o ciúme é visto como carinho, cuidado, atenção, mas é preciso ficar atento.

6 NOV 2017 · Leitura: min.
Ciúmes... Carinho e cuidado ou desconfiança e insegurança?

Geralmente as pessoas que convivem com parceiros ciumentos, tentem a submeter se a explicações desnecessárias, sem fundamentos, e elas acabam recebendo ataques verbais e em muitos casos ataques físicos, esses ataques são potencializados pela submissão do parceiro. É preciso evitar tais ataques para que o parceiro perceba que não será sempre do jeito que ele quer. Quando você recebe uma mensagem, uma ligação, um e-mail de trabalho e você é grosseiramente questionado sobre quem é ou o porquê do e-mail e você passa a precisar se explicar detalhadamente, o parceiro se sentirá no direito de fazer estes questionamentos e cada vez será mais incisivo.

Esse tipo de relacionamento acaba causando sofrimento para ambos os parceiros, o submisso sofre com uma vida de cobranças e desconfiança, acaba vivendo numa verdadeira prisão ao lado da pessoa que ama, mas que não tem controle sobre o ciúme controlador e possessivo. E também o parceiro ciumento que vive em constante tensão e desconfiança, perdendo por completo sua paz e tranquilidade vivendo com seu descontrole e preocupações.

É preciso aprender a se impor diante do parceiro, colocar limite e o mais importante não alimentar a dinâmica de comportamento do parceiro, não deixando de conversar com seus amigos por causa do parceiro, e muito menos para evitar brigas, não se iluda com o argumento de que quer ver o bem no parceiro e não quer discutir para não piorar a relação, o que pode parecer mais fácil hoje, mas acaba sendo desastroso a longo prazo, pois deste modo, você está se anulando diante do outro e isso não fará bem para nenhum dos dois, e seu parceiro irá lhe mostrar sua insatisfação, ele irá exigir sempre mais de você e nada será o suficiente.

Será de suma importância que ambos procurem ajuda especializada, tanto para diminuir os sentimentos que sente quando está motivado pelo ciúme, quanto no desenvolvimento de suas capacidades para lidar com o parceiro ciumento.

É preciso compreender o quanto o ciúmes faz mal para a relação dos parceiros, é importante que o ciumento buscar analisar a origem desse ciúmes, se é um comportamento aprendido, se advém de um trauma de traições, ou se é um mecanismo de defesa contra um sentimento de insegurança, uma autoestima baixo entre outros tantos motivos que podem ter influência no ciúmes.

É muito importante atentar se a busca por ajuda, um profissional irá lhe ajudar a identificar e controlar seus impulsos, aumentar sua autoconfiança, fortalecer sua autoestima, quebrar crenças herdadas dos pais, analisar sua história, seu passado que pode envolver sua dinâmica familiar, traumas e também irá auxiliar quanto a elaboração de um relacionamento consigo e com o outro, sem a necessidade de controlar o outro, deste modo, libertando se das angustias, das dúvidas e dar espaço para a possibilidade de um relacionamento saudável, onde ambos possam compartilhar momentos a dois, e também seus momentos individuais sem pressão, sem cobrança, sem ter que abrir mão de sua individualidade.

O ciúme vem destruindo muitas relações, as pessoas muitas vezes se enganam quando o ciúme é visto como carinho, cuidado, atenção, mas é preciso ficar atento, pois ele cresce e acaba causando a separação, isso quando o problema não vem além com traumas e somatizações para ambos os lados.

Escrito por

Rodrigo Romão Antonio Psicólogo

Ver perfil
Deixe seu comentário

últimos artigos sobre ciúmes