Acesso consultório Cadastre grátis seu consultório

É possível, com terapia, melhorar o caráter de uma pessoa quando a mesma deseja?

Feita por >Marina em 28 mai 2013 Terapia cognitivo-comportamental

Acredito que nosso caráter é construído conforme criação, exemplos e experiências que temos no início de nossas vidas.

Quando uma pessoa possui maus exemplos em casa e isso interfere em suas atitudes quando adulto e esta mesma pessoa não concorda com essas atitudes e decide mudar. Para isso procura terapia com psicólogos. É possível que esta pessoa mude com sua própria força de vontade mais a ajuda de um profissional?

Resposta enviada

Em breve, comprovaremos a sua resposta para publicá-la posteriormente

Algo falhou

Por favor, tente outra vez mais tarde.

A melhor resposta

Marina, a resposta a sua pergunta é sim! A percepção da necessidade de mudança já é um primeiro passos importante em direção a qualquer mudança. O segundo passo importante é o desejo de mudar. O terceito passo importante é buscar um(a) psicólogo(a) capacitado(a) e experiente para realizar uma psicoterapia. Através deste processo a pessoa pode se conhecer melhor, compreendendo seus valores, atitudes, emoções, sentimentos e ampliando a sua consciência a respeito dos mesmos. Isto possibilita uma mudança de rota, uma reestruturação de suas crenças e novas atitudes vao surgindo. A vida é curta, Marina. Não se pode perder tempo! Um abrç, Cristina Vasconcelos

Cristina Vasconcelos Psicólogo em Juiz de Fora

48 respostas

5423 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Oi, Mariana! O indivíduo está em constante mudança, e questões genéticas e ambientais refletem a totalidade do ser. Somos dotados de emoções diversas, sentimentos nem sempre adaptados e necessidades variáveis de acordo com o nosso desenvolvimento e vivências. A Psicoterapia é um recurso de intervenção valioso para colaborar num processo de crescimento e mudança, desde que esta, seja da vontade da pessoa. Márcia Cristina Gil.

Márcia Cristina Gil Psicólogo em Rio de Janeiro

13 respostas

3408 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Mariana, vc tem a faca, o queijo, as perguntas e respostas escritas acima. tem vontade e discernimento para detectar o que funciona e o que não funciona nesse modo de vida que experimentou até hoje. Seu desejo por terapia é explícito. falta o que?
Soraya Magalhães

Soraya Magalhães Homem Psicólogo em Armação de Búzios

142 respostas

10590 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

A base de qualquer mudança é a percepção da necessidade de se mudar e o desejo de realizar essa mudança. O caráter de uma pessoa tem muito a ver com as experiências vividas e o impacto dessas vivências nos comportamentos e atitudes de um individuo. Perceber que algo é necessário ser mudado em nossas atitudes é o primeiro passo. O segundo é aceitar as consequencias de se percorrer o caminho da mudança.

Cognus Psicologia Psicólogo em Natal

4 respostas

496 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Olá, Marina !
Talvez fosse interessante esclarecer o tom da sua pergunta. Essa mudança a que você se refere seria com relação a uma pessoa tentando mudar um outra ou uma pessoa não satisfeita como ela se apresenta psicologicamente querer partir para uma mudança ?
Toda mudança implica em querer. Se você não estar satisfeita com alguns aspectos uma psicoterapia pode lhe ajudar na compreensão da sua auto imagem, auto estima, auto controle, na forma como você se relaciona com você mesma e na forma como você se relaciona com o mundo. Talvez já por ai você ao longo do processo já passe a se aceitar da maneira como você se apresenta.
Ao passo que mudar uma outra pessoa porque não gostamos do jeito que ela se relaciona com o mundo seria algo condicionante e não autêntico e fazer com que alguém viva de forma não autêntica é algo angustiante e opressor.
Sds
Dielson Rocha

Dielson Rocha Psicólogo em São Paulo

28 respostas

2409 pontuações positivas

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Bom dia, Marina. A vontade de mudar é o caminho necessário para que modificações positivas no comportamento possam ser alcançadas. Aprendendo e conhecendo suas bases, a forma pela qual suas crenças e valores foram construídos desde a infância, pode-se chegar a uma reestruturação dos pensamentos, da maneira de se enxergar o mundo. Como consequência, sentimentos e comportamentos também poderão sofrer alterações positivas, já que ambos estão interligados.
Abraço,
Claudia B. L. Cunha

Claudia Brandão Lobato Cunha Psicólogo em Rio de Janeiro

12 respostas

290 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

É possível, sim, Marina. O que você chama de "caráter de uma pessoa" pode sofrer influência positiva de outras relações ao longo da vida e uma terapia pode ajudar as pessoas a reavaliar suas posturas, seus valores. Algumas pessoas, por maior capacidade de resiliência, podem conseguir mudar a "rota" de suas vidas. Não é algo simples, mas é possível sim.

Psicóloga Cristina Aparecida da Silva Psicólogo em Salvador

21 respostas

3974 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Bom dia, Marina.

Quando uma pessoa tem consciência dos seu atos e existe uma vontade consciente de mudar, então é possível mudar, logicamente que não existe formas prontas para cada tipo de carater, mas certamente esta pessoa pode buscar novos modelos para o tipo de comportamento que deseja.

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

É possível mudar o comportamento com atos conscientes. Se o que você faz te incomoda e você tem o desejo de mudar, certamente com o auxilio terapêutico poderá ter maior conhecimento de si e assim não retornar a fazer as coisas que julga não condizer com uma atitude de bom caráter. O trabalho da psicologia não é apenas voltado para os transtornos psicológicos, pelo contrário, é voltado para como o ser age no mundo, o ser no mundo, quando entendemos o seu "modus operandi" podemos ajudar ao cliente a se entender também.

Diego Leiras de Araujo Psicólogo em Rio de Janeiro

11 respostas

1712 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Olá Marina!
O caráter está ligado à personalidade, suas crenças e conservas culturais. Quando tocamos nelas em terapia, podemos ressignificar alguns conceitos que venham a modificar comportamentos antes aprendidos.
Se a forma como a pessoa encara a vida não está sendo favorável, podemos mudar pensamentos e comportamentos. Nesse momento o caráter poderá ser trabalhado para melhor adaptação ao meio.
Abraço,
Katia Mafra

Psicóloga Katia Mafra Psicólogo em Florianópolis

30 respostas

4897 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Sim, nosso caráter é moldável, mas depende muito da disposição da pessoa em mudá-lo. Também depende dos exemplos que serão seguidos e do direcionamento que for dado. Lembre-se, é um processo, não se mudará do dia para a noite.

Dínerson Fiuza Psicólogo em São Paulo

258 respostas

14432 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Bom dia Marina.
Sua colocação foi excelente. Somos moldáveis e nos adaptamos aos mais diferentes ambientes. Se a pessoa tiver a força de vontade de mudar, o processo torna-se ainda muito mais fácil!

Aline Medeiros
CRP 12/11756

Aline Medeiros Psicólogo em Florianópolis

49 respostas

4376 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Marina,
A construção da identidade parte de um processo comportamental. Mas isso não tem que ser para a vida inteira. Procure um psicólogo na sua cidade ou no CRP local que você tratará isso de forma breve ou permanente.

Juliana Galhardi Martins - CRP: 06/76.313

Juliana Galhardi Martins Psicólogo em Ribeirão Preto

18 respostas

2165 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

O ser humano se caracteriza pela plasticidade de sua subjetividade e constituição de ser no mundo, quando falamos em caráter, um termo controverso, falamos de formas de reagir diante da vida, formas de escolher, pautada em valores e princípios internalizados ou não. A psicoterapia possibilita abrir esse leque, identificar como se deu a formação e como tem contribuído ou não para uma vida satisfatória para si e na relação com os outros. Assim novas formas de se relacionar com o mundo se abrem.

Psicologia Marcos Marinho Psicólogo em Sorocaba

7 respostas

245 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Boa tarde, Mariana!
A psicoterapia, mormente a Psicologia Científica Existencialista, tem por objetivo resolver impasses emocionais na vida de relações interpessoais. Como Dr. J.H. Van Den Berg relaciona, a vida de relações interpessoais diz respeito as mudanças que se produzem no mundo observável, na relação com o corpo, com os outros, com o passado, com o futuro. Se em alguma destas relações a pessoa está prejudicada, é possível e passível de resolução por uma psicoterapia que intervenha nas relações. Você refere-se a caráter, seria preciso saber ao que você se refere, e qual o impasse na vida de relações que esta situação lhe provoca. Para isso você precisaria procurar um profissional de psicologia e reportar sua dificuldade, para que ela seja identificada e alterada. Conforme a psicologia dos últimos 50 anos, passando por Sartre, Cooper, Laing, V.D.Berg, Thomas Szasz, a personalidade é construída, e por isso sempre pode ser alterada, dentro de certas condições de possibilidade.

Atenciosamente
Psic. Ana Cláudia de Souza
Consultório Relações - Psicologia e Psicoterapia

Relações Psicologia e Psicoterapia Psicólogo em Florianópolis

31 respostas

3134 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Boa tarde, Mariana! Nosso trabalho é mais voltado para transtornos psicológicos que nos exigem muito para que equilibremos os pacientes. Usando o argumento "a fortiori", se uma psicopatologia é susceptível de cura, com mais razão podemos mudar o caráter de uma pessoa por meio de uma intervenção psicoterápica.
Dr. Miguel

Clínica Dr. Miguel Ângelo Psicólogo em Brasília de Minas

20 respostas

1526 pontuações positivas

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Quando se deseja realmente, tudo é possível. Costumo dizer que: "querer é poder". Querer já é o primeiro e mais importante passo para que algo aconteça de verdade. Quem procura uma terapia com seriedade, levando consigo o grande desejo de mudança, levando a sério e assumindo um compromisso de mudança consigo mesmo, sempre vai chegar ao ponto desejado.

O profissional te acompanhará e dará todas as ferramentas de que precisares para alcançar teus objetivos, mas o mérito será todo seu, apenas pela grande atitude e o pequeno ato de querer mudar.

Em todo trabalho íntimo e pessoal, "querer faz toda a diferença".
Abraços, Edjane Aniceto da Rocha.

Edjane Aniceto da Rocha Psicólogo em Salvador

18 respostas

2542 pontuações positivas

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Marina, o caráter e personalidade são formados na infância, mas tudo pode ser lapidado. Ou seja, a pessoa pode sim modificar o seu caráter com o tempo, com situações, com convivèncias, influências.

Todos merecem e podem ter uma segunda chance. Existem bandidos que se arrependem e mudam completamente de vida, outros que se cansam de ser bonzinhos, entre outros exemplos. Ainda mais quando a pessoa deseja mudar, tudo fica mais facil!

Boa sorte e espero ter ajudado.
Beijos.
Daniela Uemura.

Daniela Uemura Psicólogo em Guarulhos

5 respostas

167 pontuações positivas

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Sim, é possível. "Até bondade se aprende", dizia Cora Coralina. Nosso temperamento é moldável e nosso desejo de mudar diz de algo que já idealizamos. Numa terapia, identificamos os pontos que incomodam, associamos as atitudes ligadas a eles e investimos na mudança comportamental, na mudança de crenças e valores.
É possível.
Atenciosamente.
Carolina Horta

Carolina Horta Psicólogo em Belo Horizonte

2 respostas

138 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

O caráter é uma característica da personalidade de todo o ser humano. É preciso entender em que aspecto compreendemos o que chamamos de caráter. Algo que se torna possível e positivo através da psicoterapia é a mudança de postura, comportamento, atitudes e visão de mundo do cliente. Sempre no sentido de transformar e desenvolver o potencial do ser humano.

Viver Bem Consultório Psicólogo em Americana

3 respostas

139 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Olá Marina!

Sem dúvida nossas experiências boas e ruins ajudam a moldar nossas crenças e nossa forma de agir e de estar no mundo. As mudanças são, em geral, muito difíceis, mesmo quando a vontade é grande.

Quando se pode contar com um profissional qualificado, o caminho é, no mínimo, mais seguro e confortável.

Att.: Rosanna - Allfamily Psico

All Family Psicólogo em Santos

36 respostas

3849 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Olá Marina!

Sem dúvida são infindáveis as possibilidades de mudanças durante e após o processo terapêutico. Como terapeuta de família posso afirmar, com segurança, que muitos de nossos comportamentos são herdados, pois aprendemos com o que vemos e ouvimos.

Nossas crenças são criadas através dos tempos, com isso podemos tornar-nos "bons" ou "ruins", conforme sua descrição acima.

Se uma pessoa deseja de fato mudar sua vida é sempre possível. A psicoterapia pode ser uma forte aliada.

Att. Rosanna

All Family Psicólogo em Santos

36 respostas

3849 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Sim, é possível. A psicoterapia busca sempre trabalhar em cima da demanda que o paciente apresenta, questões como o crescimento pessoal (seja em relação ao caráter, a responsabilidade ou a outra ordem) são comuns dentro do espaço clínico. Durante o processo terapêutico se buscará avaliar de maneira ampla o que está envolvido na questão (dificuldades, facilidades, objetivos buscados), sempre buscando soluções dos problemas. É importante buscar a terapia principalmente se existe uma dificuldade do indivíduo em criar resoluções por si próprio.

Rodrigo Bastos Mello Psicólogo em Salvador

14 respostas

269 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Sim, é possível. A terapia é um acompanhamento profissional com o objetivo do ajudar o paciente a encontrar uma resolução de dificuldades de ordem psicológica. Se dentro dessas demandas envolver a necessidade de crescimento pessoal, o psicólogo trabalhará dentro dessa perspectiva.

Durante a terapia, outras demandas podem surgir. Estas também serão trabalhadas dentro do processo terapêutico.

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Psicólogos especializados em Terapia cognitivo-comportamental

Ver mais psicólogos especializados em Terapia cognitivo-comportamental

Outras perguntas sobre Terapia cognitivo-comportamental

Explique seu caso aos nossos psicólogos

Publique a sua pergunta de forma anônima e receba orientação psicológica em 48h.

50 Você precisa escrever mais 7250 caracteres

Sua pergunta e as respectivas respostas serão publicadas no site. Este serviço é gratuito e não substitui uma sessão de terapia.

Enviaremos a sua pergunta a especialistas no tema, que se oferecerão para acompanhar o seu caso pessoalmente.

A sessão de terapia não é grátis e o preço estará sujeito às tarifas do profissional.

A sessão de terapia não é grátis e o preço estará sujeito às tarifas do profissional.

Coloque um apelido para manter o seu anonimato

Sua pergunta está sendo revisada

Te avisaremos por e-mail quando for publicada

Esta pergunta já existe

Por favor, use o buscador para conferir as respostas

Psicólogos 10500

Psicólogos

perguntas 7250

perguntas

respostas 28850

respostas