Terapia em tempo de crise

A incerteza diante do cenário político e econômico do Brasil tem aumentado a ansiedade e gerando algumas crises pessoais - incluindo adiamento de decisões de vida.

29 MAR 2017 · Leitura: min.
Terapia em tempo de crise

As épocas de crise são mais ricas para a clínica de psicologia. Apesar das novas tecnologias, que permitem que as pessoas desafoguem mágoas via redes sociais, a psicoterapia é algo diferente de conversar com pessoas que conhecemos. Muitas vezes, por não saberem o que dizer ao ouvir a expressão de pensamentos e sentimentos muito negativos, quem é amigo/a tenta consolar ou negar a realidade do que a pessoa está sentindo. Assim, pode-se agravar ainda mais o sentimento de solidão, de autocondenação ou a sensação de não se achar pertencendo.

Mas a crise faz com que a pessoa nem pense em começar terapia, pois imagina que vai ser super cara, inviável. Há sempre opções. Nas faculdades de psicologia e cursos de formação se faz atendimento 'social', ou seja, com valores mais baixos, de acordo com a renda. E mesmo quem já é formado há muito tempo muitas vezes tem uma margem de flexibilidade para atender - principalmente quando o/a cliente tem horário flexível também. Então, se você sente que precisa de psicoterapia, procure alguém que possa negociar com você um horário e preço acessíveis. Não é impossível, não deixe de buscar ajuda para sair de uma crise.

Escrito por

Thays Babo

Ver perfil
Deixe seu comentário

últimos artigos sobre atualidades sobre psicologia