Acesso consultório Cadastre grátis seu consultório

Para que serve a psicologia da educação?

<strong>Artigo revisado</strong> pelo

Artigo revisado pelo Comitê de MundoPsicologos

A forma como se transmite o conhecimento e todos os problemas que podem estar relacionados ao aprendizado são objetos de estudo da psicologia educacional. Veja mais a seguir.

4 NOV 2015 · Leitura: min.
Para que serve a psicologia da educação?

A psicologia tem várias ramificações de conhecimento e neste artigo falaremos daquela que se dedica a estudar como se dá o aprendizado em ambientes educativos e a eficácia das intervenções neste contexto.

Trata-se da psicologia da educação, que se centra no processo de ensino-aprendizagem e em tudo o que pode ser um entrave para o fluxo de informação, como os transtornos de déficit de atenção ou a dislexia.

Veja a seguir quais são as bases deste ramo da psicologia e entenda seus principais objetivos e finalidades.

Definindo a psicologia da educação

Segundo os pesquisadores, a história da psicologia da educação se confunde com o início da psicologia científica e a evolução do pensamento educativo, em meados do século XIX. Por objetivo central, esta disciplina tenta analisar todos os processos que envolvem a realidade educacional.

A tarefa mais importante da psicologia educacional é verificar, entre os conhecimentos proporcionados pela psicologia científica, quais são os mais importantes para compreender o comportamento das pessoas no ambiente educacional. É o que permitirá poder intervir nele.

A psicologia da educação vai buscar nas teorias do desenvolvimento recursos para compreender as diferentes fases da vida da pessoa, desde o aprendizado na infância até a vida adulta e velhice.

Através delas é possível descrever habilidades mentais, papéis sociais, linhas de raciocínio, crenças, entre outros fatores, sempre considerando o processo de ensino como pano de fundo.

Psicologia escolar x psicologia da educação

Apesar de serem muitas vezes utilizadas como sinônimos, os teóricos destacam haver diferenças fundamentais entre as duas áreas.

Os psicólogos educacionais dedicariam seus esforços à investigação e produção de conhecimento, enquanto os psicólogos escolares trabalhariam na rotina das escolas e instituições de ensino, juntamente com a psicopedagogia. Ou seja, a primeira seria uma área de conhecimento e a outra um campo de atuação profissional.

Independentemente da nomenclatura, se psicologia da educação ou escolar, elas compartilham áreas de estudo:

  • políticas públicas em educação
  • inclusão de pessoas com deficiência
  • avaliação psicológica
  • gestão psicoeducacional
  • formação continuada dos professores, etc.

Se você necessita do suporte de um profissional especializado em psicologia da educação, clique aqui.

Foto: por Fotos GOVBA (Flickr)

psicólogos
Linkedin
Escrito por

MundoPsicologos.com

Deixe seu comentário
3 Comentários
  • ADRIANA BARROS DOS ANJOS

    Ótimas informações gostaria de receber mais por e-mail.

  • Isabel Medeiros

    Excelente texto e boas reflexões, muito bem elaboradas.

  • Natalice do carmo de jesus costa

    muito importante a psicologia para nossos alunos desde diferentes fases da vida ...

últimos artigos sobre psicologia da educação