MundoPsicologos.com
No Google Play Na App Store

Descubra como trabalhar a assertividade

Muito se fala em assertividade, pelos benefícios que esta habilidade é capaz de trazer às relações interpessoais. Quer saber como e por que? Pois não perca as dicas deste artigo.

1 Jul 2016 Dicas de psicologia - Leitura: min.

psicólogos

A assertividade é uma habilidade que facilita as relações nas distintas esferas da vida de uma pessoa, ao permitir uma comunicação mais clara e equilibrada. Como passa com a grande maioria das capacidades, pode ser potencializada.

Se você ainda não sabe o que é a assertividade e qual sua real utilidade, fique atento a nossas dicas. Aprenda ainda formas de praticá-la, impactando diretamente o seu desenvolvimento pessoal.

Entre agressivo e passivo

Quando se fala em comportamentos e formas de reagir a situações específicas, especialmente as que provocam desagrado e descontentamento, os mais conhecidos são agressivo e passivo.

Porém, há uma coluna do meio, o comportamento assertivo, que permite manifestar opiniões e sentimentos da forma adequada, sem exaltação, sem invadir os direitos dos demais, mas também sem se anular.

Fala-se muito em assertividade pelos benefícios que traz para a comunicação interpessoal. Mas não para por aí: trata-se de uma habilidade muito potente na hora de resolver conflitos, lidar com a ansiedade, adaptar às diferenças e gerar empatia.

Dicas para aumentar a assertividade

Como as pessoas têm personalidades e temperamentos bastante distintos, não há um caminho único a trilhar para potencializar a assertividade. Mas há um ponto de partida comum a todos: não esquecer que a assertividade e a educação vão de mãos dadas.

Por isso, uma pessoa assertiva deve evitar comportamentos impositivos, sendo capaz de expor seu ponto de vista de forma respeitosa, convidando a outra parte envolvida à reflexão. Um exemplo prático sobre os diferentes comportamentos diante de uma crítica no trabalho seria:

  • agressivo - responde nervoso, com um ar prepotente, que não há nada errado no trabalho realizado.
  • assertivo - escuta a crítica e pondera, explicando com tranquilidade o método utilizado e por que acredita ter sido o adequado.
  • passivo - escuta a crítica e evita discordar, mesmo não sabendo que o outro não tem razão.

shutterstock-358695386.jpg

Para quem não é assertivo por natureza, o segredo é começar por pequenas mudanças de comportamento. Deixamos algumas dicas:

  1. pense antes de agir - é importante controlar seus impulsos e não se deixar dominar pelas emoções. Use a racionalidade para praticar o autocontrole.
  2. cuide da linguagem verbal e corporal - é importante não ter receio de dizer o que pensa, porém é igualmente importante pensar na forma como se faz. Você jamais transmitirá abertura e tranquilidade se o que diz não está em sintonia em como o seu corpo se comunica.
  3. dê espaço aos demais - uma pessoa assertiva é honesta e fala o que pensa, sabendo se afirmar quando necessário. Mas também oferece aos demais a mesma possibilidade.
  4. critique, mas também aceite críticas - você precisa ampliar sua aceitação, entendendo que há pessoas que podem pensar diferente de você e que isso não é motivo para perder a calma. Este é o caminho para ser positivo e construtivo em relação às críticas.
  5. saiba dizer não - é muito importante saber respeitar sua própria individualidade e ser capaz de dizer não quando necessário. Por isso, trabalhe a capacidade de dizer não com delicadeza, pensando na melhor forma para não ferir os demais.
  6. admita seus erros - ninguém é perfeito, todo mundo erra e a assertividade está ligada à capacidade de admití-los com naturalidade. Admitir um erro, ao contrário do que muitos pensam, é sinal de força e não de debilidade. E o melhor, muitas vezes serve para que o outro confie ainda mais em você como pessoa, por sua transparência.

Gostou das dicas? Comece hoje mesmo a praticar sua assertividade. E não esqueça de compartilhar com a gente sua experiência na seção de comentários.

Fotos: por MundoPsicologos.com

0 Curtir

Deixe seu comentário

INFORMAÇÃO BÁSICA SOBRE PROTEÇÃO DE DADOS
Responsável: Verticales Intercom, S.L.
Finalidades:
a) Envio de solicitação ao cliente anunciante.
b) Atividades de publicidade e prospecção comercial, por diferentes meios e canais de comunicação, de produtos e serviços próprios.
c) Atividades de publicidade e prospecção comercial, por diferentes meios e canais de comunicação, de produtos e serviços de terceiros de diferentes setores de atividade, podendo implicar repasse dos dados pessoais a esses terceiros.
d) Segmentação e elaboração de perfis para fins publicitários e para prospecção comercial.
e) Gestão dos serviços e aplicativos oferecidos pelo Site ao Usuário.
Legitimação: Consentimento do interessado.
Destinatários: Está previsto o repasse dos dados aos clientes anunciantes para atender suas solicitações de informação sobre os serviços anunciados.
Direitos: Tem o direito a acessar, retificar e eliminar os dados ou se opor ao tratamento dos mesmos ou a alguma das finalidades, bem como outros direitos, como se explica na informação adicional.
Informação adicional: É possível consultar a informação adicional e detalhada sobre Proteção de Dados em br.mundopsicologos.com/proteccion_datos

Comentários (1)

Você não pode deixar de ler...