Me sinto como se estivesse exausta, com preguiça de tudo

Feita por >bi · 11 mai 2021 Motivação

Eu não sei dizer mais o quê sinto, e o porquê de me sentir assim.
Me sinto como se estivesse exausta, com preguiça de tudo. Não faço mais as coisas que gosto, não converso mais e acabo afastando todo mundo, me isolando, e torcendo que alguém veja que eu estou estranha, e ao mesmo tempo querendo que não vejam. É um paradoxo. Não quero explicar o que é, porquê não sei o que é. Mas preciso jogar pra fora.
Me vejo sem ninguém também. Tinha um grupo de amigos, 6 amigos. Mas agora não nos falamos mais. E então sobrou minha prima, que agora namora. E isso não atrapalha a gente. Ela ainda conversa comigo, me chama pra ir na casa dela... Mas eu escolho não ir, desanimo encima da hora, e quase não converso com ela. Enfim, afinal das contas, talvez seja eu quem estou me afastando e me colocando neste estado.
Não quero continuar assim, e isso não muda já faz semanas. Mas pra me esforçar, criei uma lista de atividades pra me manter ativa, em atividade, me distrair. Eu sempre fiz isso, me colocava em trabalhos pra me manter distraída. A igreja era uma grande distração pra mim. Pegava vários compromissos, ao ponto de não dar conta de todos. E funcionava, não me sentia mal quando estava servindo na igreja. Mas com a pandemia, a igreja fechou; e quando tinha projetos online, eu não participava, porquê pra mim não era a mesma coisa, era só estressante, um saco.
Bom, acho que foi mais um pequeno desabafo, não tenho mais conversas assim com a minha família. Costumava ter.

Resposta enviada

Em breve, comprovaremos a sua resposta para publicá-la posteriormente

Algo falhou

Por favor, tente outra vez mais tarde.

A melhor resposta 19 MAI 2021

Oi, Bi. Ao mesmo tempo que vc relata cansaço e desmotivação, paralelo, vc demonstra ser uma pessoa cheia de vida. Vc diz que a situação tá difícil, porém, não se entrega. Teu desconforto declara que vc tem saúde mental e isso é muito bom! Procura um profissional para dividir estas questões, ajudará vc a encontrar novas possibilidades e dar um novo rumo a todos estes sentimentos. Fico à disposição. Abraço.
Psicóloga Mara Dias

Psicóloga Mara Dias Psicólogo em Porto Alegre

35 respostas

19 pontuações positivas

Fazer terapia online

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

16 MAI 2021

Boa tarde, espero que esteja tudo bem com você!

Quando nós mesmos percebemos que há alguma errada com nosso psicológico, com nosso emocional e com o nosso mental, isso é um sinal super positivo de que estamos atentos aos nossos movimentos internos. É muito fácil ir deixando as coisas que importam para trás, e nos deixando para trás também, porque isso é mais cômodo, além de ser fácil culpabilizar o outro por isso, e não a nós mesmos. Estar na vida, mergulhado na vida, é estar imerso em um risco constante, mas a consciência que deve prevalecer é que não há crescimento (interno e externo), dentro de nossa zona de conforto. Não busque a atenção e piedade dos outros sentindo pena de si própria, pois isso só vai te isolar do mundo e dos seus amigos cada vez mais. Esteja preparada para dar o seu melhor sempre que possível, e esteja preparada para receber "nãos", esteja preparada para se frustrar diante das situações, mas não se isole voluntariamente, apenas porque acha que não é capaz de algo mais em sua vida. Se sua prima te convida, ela está dando o melhor dela, dê, então, uma chance para ela e para você. Esta é a chance de você dar o seu melhor.
O que me preocupa é esse sentimento de exaustão e de estar com preguiça de tudo. Isso deve ser melhor investigado por um profissional de psicologia, e nesse ponto, sugiro que busque ajuda de um bom profissional para te ajudar a entender essa sua queixa. Não deixe esse tipo de sentimento se avolumar em sua vida, e quanto antes você trabalhar ele, melhor será para você.
Espero ter te ajudado, e desejo que fique bem!

Clóvis Leite - Psicólogo Clínico CRP 17/1518
(Atendimentos On-line)

Clóvis Leite Psicólogo Psicólogo em Natal

120 respostas

57 pontuações positivas

Fazer terapia online

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

12 MAI 2021

Olá!!
Seria interessante você procurar ajuda de um profissional para identificar o causa do seu desânimo, vi que antes da pandemia você já tentava se ocupar o quanto podia para não se sentir desanimada, então isso vem antes da pandemia, mas pode ser agravado agora com o distanciamento social.
Com ajuda de um psicólogo você conseguirá identificar a causa e mudar esses pensamentos de desânimo para se sentir melhor!

Estou a disposição.
Um abraço

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

12 MAI 2021

Olá, Bi!
Primeiro quero dizer que compreendo seu incômodo.
O seu relato, apesar de transmitir seu desconforto, tem sido recorrente entre as pessoas.
A situação pandemia/distanciamento social tem impactado nosso cotidiano, é natural não estar bem, mas não é o indicado.
Então diante das perspectivas que temos no cenário atual, é preciso buscar estratégias para lidar com a angústia nesse contexto atípico. A religiosidade e os amigos são ótimos apoios, mas nem sempre conseguem suprir, porque essa sensação que você descreve é indício que o psicológico está abalado e precisa ser cuidado; o tratamento em psicoterapia se faz necessário.
Se você desejar falar mais a respeito, faça contato.
Será um prazer ajudá-lx a encontrar novas possibilidades.

Atenciosamente,

Lôrena E. P. Pinto

Psicóloga Lôrena Evangelista Pereira Pinto Psicólogo em Belo Horizonte

1 resposta

1 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

12 MAI 2021

É extremamente importante ressaltar que você vem tentando e isso é muito bom. Talvez alguns pensamentos negativos possuam grande relevância em sua vida e você não consegue ressignificar. Você já procurou tratamento psicológico? Consigo perceber várias questões em sua fala e acho que seria muito interessante você buscar essa ajuda. Estou a disposição. E sim, é muito bom o processo de desabafo porque você externaliza sua dor.

Psi Arthur Gouveia Lima Psicólogo em Campina Grande

2 respostas

1 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

12 MAI 2021

Minha querida, que bom que você escreveu. Vc sabia que a escrita nos ajuda a elaborar as nossas questões?
Vc, certamente, está sentindo os efeitos da pandemia.
Sim, é algo que está acontecendo bastante nesse último ano.
Mas o que eu tenho a te dizer é que é MUITO IMPORTANTE você voltar a se conectar novamente com alguns de seus amigos. As relações sociais são o maior preditor de felicidade e bem estar.
Caso vc não consiga, por favor, procure ajuda de um psicólogo pq as vezes é difícil fazer isso sozinha.
Ficar guardando todas essas emoções e sentimentos só vai piorar as coisas.
Sim, as vezes é mais fácil se deixar, se abandonar, mas viver é correr riscos é lidar com frustrações e nesse momento estamos todos nos sentindo tristes e frustrados por todas as provações que a pandemia nos impôs.
Acredite na vida, acredite nos seus sonhos.
Busque ajuda.
Um abraço

Lucia Serrão do Nascimento Psicólogo em São Paulo

8 respostas

6 pontuações positivas

Fazer terapia online

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

12 MAI 2021

Olá, Bi.

Ao ler o seu relato, me veio a ideia da diminuição de energia vital e claro que quando temos algo em menor quantidade é natural e esperado que possamos optar por economizar (assim como o dinheiro, quando nossa receita diminui, temos que gastar menos).
Então fiquei pensando que coisas são essas que talvez estejam te "ameaçando" a ponto de você aparentar ter menos energia vital, com necessidade de se recolher das pessoas com quem possuía contato, bem como das atividades antes consideradas prazerosas.

Fica a proposta para uma reflexão, bem como a sugestão de buscar um espaço de cuidado para acolher suas condições do momento.

Espero ter contribuído e me coloco à disposição.
Abraço,
Beatriz Mazzoco

Beatriz Mazzoco Psicologia Psicólogo em São Paulo

102 respostas

69 pontuações positivas

Fazer terapia online

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

12 MAI 2021

Olá tudo bem? Este desânimo pode ser devido a pandemia e o isolamento social. Isto fez com que aumentasse as angústias, ansiedade e depressão. Como você diz no relato o desânimo está tomando conta de ti. Eu indico que preocure ajuda psicológica, pois sozinha é difícil enfrentar essa situação. Fazendo terapia você terá acompanhamento e técnicas que irão lhe ajudar a proporcionar um melhor bem estar e saúde emocional. Fico a disposição.

Anônimo-388125 Psicólogo em São José dos Campos

2 respostas

1 pontuações positivas

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Psicólogos especializados em Motivação

Ver mais psicólogos especializados em Motivação

Outras perguntas sobre Motivação

Explique seu caso aos nossos psicólogos

Publique a sua pergunta de forma anônima e receba orientação psicológica em 48h.

50 Você precisa escrever mais 14250 caracteres

Sua pergunta e as respectivas respostas serão publicadas no site. Este serviço é gratuito e não substitui uma sessão de terapia.

Enviaremos a sua pergunta a especialistas no tema, que se oferecerão para acompanhar o seu caso pessoalmente.

A sessão de terapia não é grátis e o preço estará sujeito às tarifas do profissional.

A sessão de terapia não é grátis e o preço estará sujeito às tarifas do profissional.

Coloque um apelido para manter o seu anonimato

Sua pergunta está sendo revisada

Te avisaremos por e-mail quando for publicada

Esta pergunta já existe

Por favor, use o buscador para conferir as respostas

Psicólogos 12200

Psicólogos

perguntas 14250

perguntas

respostas 42600

respostas