Acesso consultório Cadastre grátis seu consultório

Saiba como enfrentar o déficit de atenção

<strong>Artigo revisado</strong> pelo

Artigo revisado pelo Comitê de MundoPsicologos

O transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH) é um problema que se apresenta na infância, mas que pode prolongar seus efeitos até a vida adulta quando não tratado adequadamente.

10 JUN 2015 · Leitura: min.
Saiba como enfrentar o déficit de atenção

Quando se fala em déficit de atenção, geralmente associamos esse transtorno ao universo infantil. O que muitos não sabem é que, presente em 4% das crianças em todo o mundo, o distúrbio persiste na vida adulta em até 70% dos casos, gerando problemas na vida pessoal e profissional do indivíduo.

Neste artigo explicamos o que é o transtorno, seus sintomas e o que fazer para enfrentar esse problema. Confira.

O que é o déficit de atenção?

O transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH) não se origina na vida adulta. Ele se manifesta no público infantil e, talvez por isso, seu diagnóstico seja complicado. Uma criança que não consegue se concentrar, que não presta atenção nas aulas e que não faz os deveres, pode ser considerada como rebelde.

Na esperança de que seja apenas uma fase da idade, os pais acabam infravalorando tais comportamentos e podem não perceber que existe um problema maior por trás, que necessita ser tratado.

shutterstock-357212750.jpg

Quais os efeitos do TDAH?

Quando não recebe o diagnóstico e o tratamento adequados, o indivíduo pode levar para toda a sua vida as consequências do transtorno de déficit de atenção e hiperatividade, como:

  • dificuldade para cumprir tarefas
  • falta de organização das atividades do dia a dia
  • atrasos para compromissos
  • dispersão
  • esquecimento
  • improdutividade
  • falta de rendimento
  • abandono de projetos
  • perda de noção de tempo
  • desinteresse
  • frustração

Diagnóstico e tratamento

Se não há um problema neurológico que não cause alterações na estrutura do cérebro, o TDAH é detectado de forma clínica. Ou seja, são consideradas as queixas do indivíduo e é feita uma avaliação criteriosa de seu histórico. Um caso de distração isolada pode não ser um problema de déficit de atenção, os sintomas precisam ser frequentes.

No público infantil, o tratamento é mais complexo, pois exige o acompanhamento de profissionais multidisciplinares para empregar medidas pedagógicas e comportamentais.

dda.jpg

No público adulto, são realizadas sessões de psicoterapia,podendo ser aliado a um tratamento medicamentoso. A intenção é lidar com os efeitos do distúrbio de déficit de atenção até o momento, como frustrações e fracassos, que muitas vezes trazem dificuldades para lidar com situações emocionais.

Como enfrentar o TDAH?

Primeiramente, é preciso que o indivíduo reconheça que os sintomas não são pontuais e que estão de fato interferindo em sua vida. Com isso em mente, é fundamental buscar ajuda profissional para iniciar um tratamento específico para o seu caso.

Como alguns dos sintomas do transtorno de déficit de atenção são a distração, falta de concentração e perda da noção de tempo, especialistas recomendam que o indivíduo mude sua rotina, organizando suas tarefas diárias.

Criar um calendário para planejar as atividades da semana é uma boa maneira de visualizar tudo o que precisa ser feito e também de ver o tempo como uma extensão. Quanto mais sistemáticas forem as rotinas, melhor para manter a disciplina. A motivação também é importante, mas não pode se converter em pressão.

Se você ainda ficou com dúvidas sobre o transtorno, escreva sua pergunta e envie aos especialistas cadastrados no portal.

Fotos (ordem de aparição): por amenclinics_photos, idreamlikecrazy e JoeBenjamin (Flickr)

psicólogos
Linkedin
Escrito por

MundoPsicologos.com

Deixe seu comentário
5 Comentários
  • Lia de Paula Moraes

    Indico para as crianças com TDAH o livro infantil JOÃO AGITADÃO que narra de forma leve e divertida características do comportamento dessas crianças.

  • Madalena moura

    Oi gostei e explicação do TDAH , uma pessoa mto querido da família tem apresentado esse déficit. Ele e hiperativo, mais nos estudotem dificuldade de aprender,foi tirar carta no cfc não guardava o que o instrutor explicava ,no trabalho não consegue ter um bom relacionamento com colegas e isso está atrapalhando a vida dele pqtudo que ele come a não consegue terminar. ..e ele deve uma infância mto conturbada.não teve mto carinho e separacao dos pais. O que faco para ajuda lo?

  • Equipe MundoPsicologos.com

    Bom dia Sandra, para ter uma resposta mais rápida, você pode consultar os especialistas cadastrados no portal, publicando sua dúvida na seção de "Perguntas". Att. Equipe MundoPsicologos.com

  • Sandra

    Meu filho de 15 anos tem alguns desses problemas citados acima, porém não é hiperativo, é lento demais. Gostaria de saber quais exames e quais outros profissionais da saúde fazem parte do tratamento?

  • NAIR TERESINHA PEREIRA

    Muito boa a matéria. Tenho um netinho com esse problema.

últimos artigos sobre tdah