O que você precisa saber a respeito de psicoterapia

​Falar de terapia é o mesmo que falar a respeito de dirigir um carro. Você pode explicar verbalmente todas as etapas que estão presentes nisto.

19 SET 2019 · Leitura: min.
O que você precisa saber a respeito de psicoterapia

Assim acontece também com o processo terapêutico. Dê qualquer forma talvez fique um pouco mais rico se contarmos o que acontece e como dentro da situação terapêutica.

Nesta relação, existe uma pessoa que vai trazer coisas a respeito da sua vida, experiências que teve e das quais muitas vezes não gosta ou até se envergonha, ou que vive e vai vivendo sem que tenha muita consciência delas.

Porém, conforme vai relatando dentro da situação terapêutica, para um profissional que tem capacidade de escuta, que não tem uma "cobrança" ou um "julgamento" a respeito daquela vivência, ela vai se tornando mais palatável.

Um outro ser humano que esteja ali, presente, aberto para ouvir, perguntando com o propósito de aclarar, de ajudar a elaborar, e não de satisfazer à sua curiosidade; com disponibilidade e com questões que possam ajudar ao cliente a dar o passo seguinte, sejam eles quais forem, mas sempre em direção à sua própria felicidade, uma escuta atenta, acolhedora, sintônica que valide aquela experiência, seja ela qual for, que reconheça a experiência como necessária para a sobrevivência da pessoa naquele momento em que ocorreu na sua vida.

Uma relação pessoal tão profunda, acolhedora e sustentadora que a pessoa possa relaxar as suas defesas contra o mundo, contra a própria experiência dolorosa e possa ir se abrindo para ela a ponto de se interessar por ela e incluí-la em sua vida dando-lhe um novo significado.

Através desta sintonia interpessoal ajudar o cliente a apropriar-se de suas experiências de modo a entrar em estado de mindfullness e autocompaixão de modo que possa, sentindo-se em segurança, afrouxar as suas defesas e auto-curar-se.

Na relação terapêutica o psicólogo oferece a sustentação necessária para que o desenvolvimento possa ocorrer e a pessoa possa elaborar cada uma das suas experiências ressignificando-as, consagrando o momento vivido como fonte para o seu desenvolvimento enquanto ser, mais amoroso e mais humano inclusive consigo mesmo.

Não há agenda, não há expectativa, o cliente poderá vir a ser aquilo que ele puder naquele seu momento de vida, desenvolvendo o seu potencial criativo com aceitação daquilo que ele é, integralmente.

É isto o que um cliente precisa saber a respeito de psicoterapia. Nada além disso.

O suficiente para procurar uma situação para o seu próprio desenvolvimento saudável.

O cliente não precisa saber a respeito de linha de trabalho. O que não significa que não pode. Pode sim, por curiosidade mas isto não é preocupação dele e sim do profissional que vai atende-lo.

Existe toda uma teoria cerebral, como neurônios espelho e comunicação de cerebro subcortical para cérebro subcortical que explica esta certeza que as pessoas têm quando chegam a um terapeuta assim, com esta capacidade de oferecer condições onde o desenvolvimento possa ocorrer.

Desenvolvimento daqueles aspectos da personalidade que por algum motivo ficaram bloqueados e não puderam ocorrer.

Desenvolvimento de aspectos que ficaram soterrados ou exilados ou tiveram que aguardar e que reclamam por seu espaço no todo da personalidade.

Fazer psicoterapia é se "RE CONHECER" por interio e estando inteiro, poder estar e ser mais forte e mais humano.

Escrito por

Sandra Colaiori Psicologia

Ver perfil
Deixe seu comentário