Acesso consultório Cadastre grátis seu consultório

Possível depressão de minha namorada

Feita por >Souza · 24 jun 2018 Terapia de casal

Estou em um relacionamento de 3 meses com uma menina. Porém de 1 mês para cá, ela mudou bastante. Tem andado muito triste, desanimada com tudo.
Ela me disse que tem algo afligindo ela, mas que ela não consegue se abrir com ninguém para falar sobre isso. Na terça feira passada, ela começou a frequentar um psicólogo, foi sua primeira sessão, mas ela me disse que não conseguiu dizer nada de importante, apenas falou da rotina dela e coisas do tipo, e não sobre o que ela tá sentindo. Ela trava quando pensa em falar sobre os problemas.
Nesse último mês, eu a vi apenas em duas ocasiões, mesmo estudando na mesma universidade. Já pedi pra ir visitar ela em sua casa, mas ela disse que não queria ver ninguém, que só queria ficar na cama e tentar dormir (dormir, coisa que ela não tem feito bem ultimamente).
Eu já cheguei a perguntar, se ela queria continuar comigo. Ela me disse que sim, que me amava. Não sei se foi certo da minha parte perguntar isso, mas é que ando muito inseguro em relação a nossa relação.
Eu já falei pra ela, que estou aqui pro que ela precisar. Ela disse que sabe que mudou, mas que não consegue voltar a ser a pessoa que era antes, e que se sente muito mal por estar me fazendo passar por isso tudo, que se preocupa muito com isso, que é injusto ela me fazer passar por isso.
Será que ela está com depressão?
Seria correto eu pedir a ela para acompanha-la na próxima sessão com o psicólogo? Queria tirar umas dúvidas com ele sobre essa situação toda?

Resposta enviada

Em breve, comprovaremos a sua resposta para publicá-la posteriormente

Algo falhou

Por favor, tente outra vez mais tarde.

A melhor resposta 24 JUN 2018

Olá Souza. Muito bacana da sua parte a preocupação com sua namorada. O tratamento psicológico nem sempre tem algum efeito nas primeiras sessões, principalmente quando o paciente é reservado ou não consegue se expressar com facilidade. Entendo que você está ansioso para que ela saia desse estado de desânimo e tristeza e quer ajudá-la. Porém, dê tempo para que o psicólogo possa levantar algumas hipóteses diagnósticas sobre ela, se houver necessidade ele indicará uma avaliação psiquiátrica para medicá-la, se for o caso.
Uma forma de ajuda é evitar fazer perguntas do tipo: "Você melhorou?" "Você não precisa ficar assim..." "Por que você está assim?" Isso não ajuda e pode levar ao comportamento de esquiva e irritabilidade. Ao invés disso diga que você está presente e disposto a ouvi-la a qualquer tempo, seja lá o que e como for, deixe-a se sentir segura.
Espero ter colaborado de alguma forma. Abraços. Eliana Benedetti.

Eliana Benedetti Psicólogo em Americana

363 respostas

870 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

24 JUN 2018

Oi Souza que bom que sua namorada procurou ajuda . No processo de psicoterapia é comum as pessoas demorarem para falar de assuntos mais profundos e dolorosos a afinal é um relacionamento que está se formando e para falarmos de certos assuntos necessitamos de confiança que vem com o tempo.
Creio que o espaço da psicoterapia é um espaço muito pessoal e pelo que falou um espaço que ainda está sendo construído e caberia você participar se partisse dela ou se a profissional avaliasse ser importante( e a paciente aceitasse) caso contrário pode ser sentido como invasivo.
Nesse momento o que você pode fazer é estar por perto, oferecer apoio, reassegura-la em relação aos seus sentimentos.
Espero ter ajudado.. Um grande abraço.

Vanessa Isola Psicóloga Psicólogo em Ribeirão Preto

106 respostas

342 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Psicólogos especializados em Terapia de casal

Ver mais psicólogos especializados em Terapia de casal

Outras perguntas sobre Terapia de casal

Explique seu caso aos nossos psicólogos

Publique a sua pergunta de forma anônima e receba orientação psicológica em 48h.

50 Você precisa escrever mais 9200 caracteres

Sua pergunta e as respectivas respostas serão publicadas no site. Este serviço é gratuito e não substitui uma sessão de terapia.

Enviaremos a sua pergunta a especialistas no tema, que se oferecerão para acompanhar o seu caso pessoalmente.

A sessão de terapia não é grátis e o preço estará sujeito às tarifas do profissional.

A sessão de terapia não é grátis e o preço estará sujeito às tarifas do profissional.

Coloque um apelido para manter o seu anonimato

Sua pergunta está sendo revisada

Te avisaremos por e-mail quando for publicada

Esta pergunta já existe

Por favor, use o buscador para conferir as respostas

Psicólogos 10800

Psicólogos

perguntas 9200

perguntas

respostas 31100

respostas