Você está prestes de realizar as metas que se propôs em 2021?

Você está prestes de realizar as metas que se propôs no início de 2021? Embora estejamos próximos do temido balanço de final de ano, ainda existe tempo para realização!

7 OUT 2021 · Leitura: min.

PUBLICIDADE

Você está prestes de realizar as metas que se propôs em 2021?

Chegamos em outubro e nos aproximamos cada vez mais do tão temido "balanço de final de ano". Perguntamos aos nossos seguidores se eles estavam prestes a realizar as metas que se propuseram em 2021 e 70% das pessoas responderam que não.

Por que é tão difícil realizar as metas propostas ao início de cada ano? Por que a maioria das pessoas abandonam aquilo que tanto almeja pouco depois que o ano se inicia?

Pensando nisso, elaboramos este artigo com 7 conceitos para que você resgate seus planos e não dê este ano por vencido!

1) Coloque as metas no papel e defina etapas para sua realização!

A maioria das pessoas chegam a escrever suas metas e planos para o ano que está por vir, mas abandonam a ideia facilmente com o passar do tempo. O primeiro passo para terminar este ano mais realizado com seu desempenho é resgatar planos e metas e colocá-los no papel. Após determinar os objetivos tente fragmentá-los em etapas entendendo quais componentes e atitudes você precisa para sua realização!

2) Definição

Um componente forte para autossabotagem é a ausência de definição das metas. Tente definir seus objetivos em "curto prazo", "médio prazo" e "longo prazo". A grande maioria das pessoas são ambiciosas no momento de desejar, mas se sentem sobrecarregadas com o desejo de resultados imediatos. A ausência de resultados costuma refletir na desmotivação e abandono dos processos. Seja realista ao compreender quanto tempo é estimado e preciso para realização dos seus objetivos para afastar o desânimo!

3) Não desanime com as falhas!

Como explicamos anteriormente, no momento de se planejar entenda as etapas e componentes do que é necessário para realização de seus objetivos, introjetando o conceito de que a maioria das metas exigem um processo. Mudar comportamentos, aderir novos hábitos e incorporar na rotina novas atividades é um desafio! Entenda que por razões maiores ou menores nem sempre iremos conseguir, mas que esta não deve ser a razão para o desânimo e abandono de seus objetivos. Reflita o que pode ser melhorado e retome o processo no dia seguinte. Não desanime!

4) Não deixe para segunda-feira!

A maioria das pessoas tem o péssimo hábito de eleger datas comemorativas ou o início de uma nova semana para iniciar novos projetos. Mentalize que todos os dias são propícios para mudanças e seu comprometimento será decisivo para seu sucesso e realização!

5) Mude a perspectiva de seus pensamentos!

Quando vivemos um momento de nossas vidas que buscamos alguma transformação focamos nossa autocrítica ao final do dia questionando o que poderíamos ter feito de diferente. Uma excelente estratégia é mudar a perspectiva de seu pensamento: ao invés de pensar no que deixou de fazer, inicie seu dia com a seguinte reflexão: "o que farei hoje por mim?". Mesmo que sua disponibilidade seja pequena, pequenos atos já lhe aproximam do alcance de seus objetivos e a materialização de realizar mesmo que pequenas conquistas é um grande combustível para lhe manter alinhado com seus planos!

6) Organização

Utilize ferramentas estratégicas para gerenciar seu tempo e atividades! Planners, post-it, agendas ou listas de tarefas podem ser um grande aliado para que atividades importantes não se percam ao longo do dia!

7) Procure ajuda!

Se mesmo com essas dicas você sente que abandona facilmente seus projetos pessoais não deixe de procurar ajuda de um psicólogo. A psicoterapia é um processo de autoconhecimento e fortalecimento emocional e pode ser um grande aliado para entender fatores de autossabotagem ou algum tipo de resistência que você pode estar apresentando diante de mudanças que impedem seu desenvolvimento.

Pode ser que de fato não exista mais tempo para que você cumpra tudo aquilo que se propôs no início do ano, mas certamente, retomar seus planos e objetivos neste momento propiciará a sensação de realização e satisfação pessoal ao finalizar um ano com projetos em andamento.

Referências Bibliográficas

A psicanálise pode ser diferente; PARANÁ SANCHES, G.

Manual diagnóstico e estatístico de transtornos mentais; DSM-5

PUBLICIDADE

Escrito por

Maitê Hammoud

Psicóloga Número do CRP: 06/112988

Psicóloga clínica com curso de aperfeiçoamento em psicanálise, é especialista no atendimento de adolescentes, adultos e terceira idade. Seguindo a abordagem psicanalítica e da terapia breve, atua com foco em transtornos emocionais e comportamentais, relacionamentos interpessoais e questões familiares.

Ver perfil
Deixe seu comentário

PUBLICIDADE

últimos artigos sobre desenvolvimento pessoal