MundoPsicologos.com
No Google Play Na App Store

Terapia infantil x orientação para os pais

Como entender o que seu filho quer dizer? Você tem conseguido escutar o comportamento dele? Precisa de ajuda?

28 Dez 2016 Família - Leitura: min.

São Paulo (cidade) São Paulo

Recebo constantemente pacientes encaminhados pela escola. Muitos pais não estão de acordo com o que os educadores percebem dos alunos e relatam se tratar de falta de interesse da escola em ensinar os filhos ou consideram professores não qualificados.

Porém o que normalmente acontece é que muitos pais acabam não percebendo a dificuldade enfrentada pela criança e não notam o que o filho está mostrando nas brincadeiras, nos desenhos e até verbalizando. Se há um encaminhamento da escola é porque algo está fora do curso. Por que não avaliar?

Pais, entendam: seus filhos estão tendo a vantagem de fazer terapia, terapia é para todos, a terapia só vai ajudar a criança a se estruturar emocionalmente e a se tornar um adulto mais centrado.

Certa vez, tive no consultório um paciente com 7 anos de idade que sofria bullying por estar acima do peso. Ele se sentia inferior aos colegas e nada o interessava na escola. Quando chamei os pais para uma conversa, para entender o que estava acontecendo, descobri que a forma de estar junto com o filho era comendo pizza, vendo televisão, comprando sanduíches que vêm com um brinquedinho.

Percebi ali que esses pais precisavam de ajuda, alguém que os orientasse. Com o processo terapêutico consegui, em conjunto com os pais, mostrar a eles outras formas de estar com o filho, formas mais saudáveis como caminhar no parque, brincar, correr, nadar (nova rotina implementada aos poucos).

A dieta entrou para todos na casa, não como uma proibição, mas como uma escolha por comidas mais saudáveis. Orientei esses pais para que cozinhassem com o filho, como uma forma de incluí-lo nesse novo ambiente familiar. Logo a criança estava mais feliz, com a autoestima fortalecida, emagrecendo e voltando a ter bons desempenhos escolares.

O que quero dizer com tudo isso é que muitas vezes os pais têm a ideia de que os filhos estão certos e o resto do mundo errado. Acho ótimo que defendam seus filhos, muitos podem até mesmo ter razão em determinado assunto, porém buscar uma orientação de um psicólogo pode ajudar a olhar para a dificuldade vivida de uma outra maneira, pode aproximar a relação. Escute o que seu filho está tentando lhe dizer. Procure um psicólogo!

1 Curtir

Deixe seu comentário

INFORMAÇÃO BÁSICA SOBRE PROTEÇÃO DE DADOS
Responsável: Verticales Intercom, S.L.
Finalidades:
a) Envio de solicitação ao cliente anunciante.
b) Atividades de publicidade e prospecção comercial, por diferentes meios e canais de comunicação, de produtos e serviços próprios.
c) Atividades de publicidade e prospecção comercial, por diferentes meios e canais de comunicação, de produtos e serviços de terceiros de diferentes setores de atividade, podendo implicar repasse dos dados pessoais a esses terceiros.
d) Segmentação e elaboração de perfis para fins publicitários e para prospecção comercial.
e) Gestão dos serviços e aplicativos oferecidos pelo Site ao Usuário.
Legitimação: Consentimento do interessado.
Destinatários: Está previsto o repasse dos dados aos clientes anunciantes para atender suas solicitações de informação sobre os serviços anunciados.
Direitos: Tem o direito a acessar, retificar e eliminar os dados ou se opor ao tratamento dos mesmos ou a alguma das finalidades, bem como outros direitos, como se explica na informação adicional.
Informação adicional: É possível consultar a informação adicional e detalhada sobre Proteção de Dados em br.mundopsicologos.com/proteccion_datos

Você não pode deixar de ler...