Acesso consultório Cadastre grátis seu consultório

Saúde mental: cuide de janeiro a janeiro!

<strong>Artigo revisado</strong> pelo

Artigo revisado pelo Comitê de MundoPsicologos

Como seres Humanos somos um todo, biopsicossocial e espiritual, e só teremos saúde, bem-estar e sucesso se todas estas áreas estiverem bem e em harmonia! Sem saúde mental não existe saúde!

14 JAN 2018 · Leitura: min.
Saúde mental: cuide de janeiro a janeiro!

Nos últimos anos ouvimos falar bastante sobre Qualidade de Vida, saúde, alimentação e hábitos saudáveis, cuidados com o corpo, etc. Isto tudo é muito importante e com certeza devemos estar alerta, mas, não podemos esquecer uma área crucial em nossa vida: a Saúde Mental.

Ela é tão importante e necessária em nossa vida a ponto de ter sido criada a campanha Janeiro Branco, para nos lembrar, logo no início do ano, que de nada adianta termos feito promessas de mudar, (seja a área financeira, sejam os relacionamentos, ou a decisão de fazer uma dieta e exercícios regulares) se não cuidarmos de nossas emoções, se não cultivarmos bons sentimentos e não fizermos nada em prol de nossa saúde mental.

Por isto esta campanha nasceu, para que possamos nos fortalecer, aprender mais sobre nós mesmos, termos consciencia de quem somos e o que queremos, para assim sermos bem sucedidos nas demais áreas da vida.

Quando a saúde mental não vai bem, qualquer frustração é motivo para desistir, então, se temos como meta para o ano o sucesso no trabalho, e em um dado momento acontece algo inesperado com o qual não sabemos lidar, se nossa mente e emoções estão fragilizadas, abandonamos a ideia inicial, passamos a acreditar que nada dará certo e que nunca teremos sucesso.

Esta forma de agir diante de algo que deu errado por um momento, é reproduzida em várias áreas da vida: no relacionamento conjugal, no relacionamento familiar, na dieta, e o medo de fracassar nos leva a desistir no primeiro desafio, pois não estamos mental e emocionalmente prontos para arriscar, para ir além, para sair da zona de conforto e vislumbrar novos horizontes. Desta forma a situação vai se agravando e cada vez mais deixamos de acreditar em nós mesmos e na possibilidade de evoluir.

Como seres humanos somos um todo, somos seres biológicos, sociais, psicológicos e espirituais e para termos saúde de fato, todas estas áreas devem estar em harmonia e sendo bem cuidadas, pois uma interfere na outra, uma precisa da outra em pleno funcionamento, porque o todo é maior que a soma das partes!

A falta de saúde mental afeta nosso organismo, seja de forma leve ou de forma grave. Existem situações em que uma dor emocional muito grande, que é difícil suportar e não encontramos alguém com que dividir, torna-se uma dor física, a qual os exames médicos não descobrem a causa.

Outras vezes não sentimos dor, mas sentimos um mal-estar, cansaço, fome, fraqueza, porque algo nos falta, a carga amocional é grande, chegando a cansar o corpo físico, nos deixando sem ânimo para nada. O oposto também acontece, deixando nossa mente agitada, acelerada, impedindo-nos de relaxar e dormir, causando problemas maiores ainda.

Além disto, a saúde mental/psíquica está relacionada com doenças mais graves, como câncer, artrite reumatóide e doenças cardiovasculares, que podem desenvolver-se por vários fatores, sejam emoções, pensamentos e sentimentos mal elaborados, comportamentos inadequados, que aconteceram em decorrência do descuido com a saúde mental.

Por estes e outros fatores devemos cuidar de nossa saúde mental, cuidar de nossas emoções, estar de bem com quem somos, burcar o autoconhecimento e a autoaceitação, pois influenciam em nossa autoestima e na saúde em geral.

Não devemos deixar para depois, não devemos cuidar de nossa saúde mental apenas em janeiro, mas, começar hoje e cuidar sempre, de janeiro à janeiro, para termos saúde, bem-estar e sucesso em toda a vida! Se for preciso busque ajuda profissional de um psicólogo, não espere ser tarde demais para dar atenção ao seu eu interior, conheça-se e sejas feliz!

Saúde mental: cuide de janeiro a janeiro!
Escrito por

Joscelaine Lima

Ver perfil
Deixe seu comentário
1 Comentários
  • Aldineia

    Parabéns pelo seu trabalho!

últimos artigos sobre autoestima