Acesso consultório Cadastre grátis seu consultório

Ressignificando emoções

Muitas vezes "carregamos" dentro de nós sentimentos escondidos, mal resolvidos e acreditamos que por estarem profundamente "guardados", estariam assim resolvidos.

1 FEV 2018 · Leitura: min.
Ressignificando emoções

Muitas vezes traumas, "dores emocionais" e medos geram bloqueios que dificultam ou impedem a caminhada rumo aos objetivos de vida. Muitos deles podem ter sua origem ainda na infância, e para superá-los, é preciso mergulhar de forma sincera e profunda em si mesmo.

Você sabia que um processo de psicoterapia pode ser eficaz para contribuir no "desenrolar" dessas marcas e conflitos internos?

Em muitos casos essas marcas transformaram-se e manifestam-se através de medos, transtorno do pânico, transtornos alimentares, obsessões, ansiedade, estresse...e outros tantos sintomas.

Para que isso efetivamente não impeça você de seguir sua vida e viver de forma mais leve e fluida, dedique-se a você, e enfrente essas questões "de frente", compreendendo qual sentido isso tem para você; pois através disso é possível efetivamente você ter consciência e escolher se continua com esses sofrimentos, ou se é possível mudar, transformando sua forma de agir ou pensar.

Permita-se desconstruir e (re)construir o significado das suas marcas emocionais e hábitos comportamentais. Aos poucos, de forma consistente, você poderá (re)organizar sua vida e encarar com mais equilíbrio e leveza os mais diversos desafios!

Se você deseja ser cada dia melhor na sua vida profissional e pessoal, você necessariamente precisa aprender mais sobre você! Buscar seu autoconhecimento, tomar consciência da sua forma de agir e pensar para assim dedicar-se a aquilo que realmente você deseja.

Dedique alguns minutos por dia para você; silencie; escreva, sinta sua emoções. Compreenda-se!

A busca pela interiorização não deveria ser um caso excepcional, somente quando o psiquismo adoece e então se procura ajuda (...) Essa busca deveria ser algo rotineiro em nossas experiências de vida. Ela deveria ser estimulada pelos pais e pela escola, desde quando as crianças são pequenas. Augusto Cury.

Siga em desenvolvimento, sempre!

Cuide-se!

Escrito por

Daiane Haas Psicóloga e Coach

Ver perfil
Deixe seu comentário

últimos artigos sobre desenvolvimento pessoal