MundoPsicologos.com
MundoPsicologos.com
No Google Play Na App Store

Psicanálise com crianças

A análise infantil é um espaço onde a criança, brincando, expressa seus sentimentos e conflitos. Nesse processo é essencial a participação da família, pois a criança é reflexo de seu meio.

21 Abr 2016 Crianças e adolescentes - Leitura: min.

Fortaleza (Ceará) Ceará

O pequeno Hans (1909) foi a primeira e única criança analisada por Freud e essa análise deu-se através dos relatos do pai dele, que destacou os sintomas, sonhos e verbalizações da criança.

Na época Freud não via a possibilidade de uma criança como um sujeito em análise, pois o método psicanalítico se baseia principalmente na "associação livre", que consiste em verbalizar para o analista tudo que vem em mente, e a criança não tem a mesma capacidade de verbalização que um adulto. Esse caso foi um marco no desenvolvimento da psicanálise. Freud demonstrou que a realidade psíquica da criança se assemelha à do adulto em suas angústias, fantasias e desejos.

Em "Além do princípio do prazer" (1920), Freud traz um olhar diferenciado em relação ao brincar, considerando-o como recurso de enfrentamento de experiências traumáticas. Contudo, o pai da psicanálise não se aprofundou sobre a possibilidade de uma análise infantil, mas abriu espaço para que outros teóricos, como Melanie Klein, Winnicott e Anna Freud o fizessem.

De modo geral, esses teóricos trazem a ideia da análise infantil como um espaço onde a criança, através do brincar, pode expressar livremente suas fantasias, sentimentos e conflitos. Sendo o ato de brincar livremente comparado à associação livre do adulto.

A criança influencia e é influenciada pelo meio em que vive, sendo esse meio representado principalmente pela escola e o ambiente familiar.

São os adultos responsáveis pela criança que a levam até o analista e são eles os primeiros a falar sobre ela. Sendo, portanto, fundamental a presença dos pais e um espaço de escuta a estes.

Assim, os pais podem proporcionar o suporte necessário à manutenção do processo analítico, assim como contribuir para a o entendimento do lugar que a criança ocupa na família. O psicanalista orienta aos pais como eles devem agir para auxiliarem seu filho a melhor.

0 Curtir

Deixe seu comentário

INFORMAÇÃO BÁSICA SOBRE PROTEÇÃO DE DADOS
Responsável: Verticales Intercom, S.L.
Finalidades:
a) Envio de solicitação ao cliente anunciante.
b) Atividades de publicidade e prospecção comercial, por diferentes meios e canais de comunicação, de produtos e serviços próprios.
c) Atividades de publicidade e prospecção comercial, por diferentes meios e canais de comunicação, de produtos e serviços de terceiros de diferentes setores de atividade, podendo implicar repasse dos dados pessoais a esses terceiros.
d) Segmentação e elaboração de perfis para fins publicitários e para prospecção comercial.
e) Gestão dos serviços e aplicativos oferecidos pelo Site ao Usuário.
Legitimação: Consentimento do interessado.
Destinatários: Está previsto o repasse dos dados aos clientes anunciantes para atender suas solicitações de informação sobre os serviços anunciados.
Direitos: Tem o direito a acessar, retificar e eliminar os dados ou se opor ao tratamento dos mesmos ou a alguma das finalidades, bem como outros direitos, como se explica na informação adicional.
Informação adicional: É possível consultar a informação adicional e detalhada sobre Proteção de Dados em br.mundopsicologos.com/proteccion_datos

Você não pode deixar de ler...