Há diferenças entre transgêneros, travestis e transexuais?

Apesar do preconceito que ainda existe, a cada dia que passa mais as pessoas assumem a sua identidade de gênero. Os nomes dos grupos podem parecer semelhantes, mas há diferenças conceituais.

13 JAN 2017 · Leitura: min.

PUBLICIDADE

Há diferenças entre transgêneros, travestis e transexuais?

Se os anos 70 foram marcados pela luta por liberdade sexual e igualdade, as questões relacionadas à orientação sexual tiveram sua voz acentuada nos anos 80. De lá para cá, não há dúvidas de que a sociedade avançou, ainda que timidamente, em alguns aspectos.

O mundo deixou de ser 100% heterossexual e passou a abrigar diferentes coletivos, figurando entre eles os travestis, transexuais e transgêneros. O respeito à individualidade nem sempre é natural e espontâneo. Por isso, é importante saber o que significa cada um, já que o conhecimento é fundamental na hora de entender e respeitar a diversidade.

Se você faz parte do grupo que não saberia definir transexual, travesti ou transgênero, esta é a sua oportunidade. Fomos buscar as principais diferenças conceituais e as explicamos aqui.

Travesti

Dos três termos que constituem o grupo T, travesti possivelmente é o mais reconhecido pela maioria das pessoas. Isso não quer dizer que a ideia associada a ele seja totalmente correta.

Para muitos, trata-se de um homem que se veste de mulher, seja para atuar com performances ou porque simplesmente gosta de ser assim. Na verdade, travesti pode ser homem ou mulher, sendo que o ponto de partida é uma não-identificação com o seu sexo biológico).

A complexidade estaria no fato de não se sentirem 100% pertencentes a nenhum dos sexos. Por isso, o(a) travesti manteria características de homens e mulheres, alguns indo mais além e se proclamando como um terceiro gênero, como a seguir. 

shutterstock-235908652.jpg

Transgênero

Assim como os travestis, o transgênero não se identifica com o seu gênero biológico. Sendo simplistas, é como se a pessoa tivesse nascido no corpo errado.

Na sociedade, há certos tipos de comportamento que estão intrinsecamente associados ao universo feminino ou masculino. O transgênero tem um sexo, mas se identifica com o sexo oposto e espera ser reconhecido e aceito como tal.

E, ao contrário do que alguns podem pensar, antes de ser uma questão de orientação sexual, é uma questão de pertencimento cultural e social. Ser transgênero não implica um desejo de mudar de sexo biológico, nem a existência de atração por pessoas do mesmo sexo. O que há é um conflito de identidade de gênero.

Transexual

A forma mais fácil de explicar a um leigo a transexualidade é apontá-la como uma "radicalização" do transgenerismo. O sentimento de não pertencer ao gênero biológico é tão intenso que há um rechaço por tudo aquilo que é característica do seu sexo de nascimento.

Por isso, o transexual é aquele que deseja alterar sua constituição biológica e fazer a mudança de sexo, sendo a cirurgia a única forma de se sentirem totalmente identificados e correspondidos na identidade de gênero que sentem pertencer, mas que não foi biologicamente atribuída.

Se você ficou com alguma dúvida sobre o tema, não deixe de publicá-la na seção de perguntas do portal e contar com a resposta de psicólogos.

Leia mais: Diferenças entre sexo, orientação sexual e gênero

Fotos: por MundoPsicologos.com

PUBLICIDADE

psicólogos
Linkedin
Escrito por

MundoPsicologos.com

Deixe seu comentário

PUBLICIDADE

Comentários 43
  • mawwanip

    Esse texto está errado em tantos níveis... Travesti é uma identidade transfeminina exclusiva da América Latina. Travestis não podem ser homens ou mulheres. Porque elas são travestis. Transexual e transgênero são sinônimos. Antes da crise de AIDS, transgêneros eram chamados de transexuais para encaixar com os outros termos da comunidade (homossexual, bissexual, etc); mas depois foi reconhecido que ser trans é uma questão de gênero e usar o sufixo "-sexual" poderia ser inapropriado. Algumas pessoas trans chamam si mesmas de transexuais, mas o termo transgênero é mais aceito pela comunidade hoje em dia. Transexuais não são "pessoas trans que querem a cirurgia de resignação sexual", um termo só para isso é inútil e qualquer pessoa trans vai concordar comigo. E nós (pessoas trans) não nascemos no corpo errado. Falar isso é só dizer que o corpo cisgênero é o normal enquanto pessoas trans são algum tipo de anomalia.

  • Guilherme Lenin Cossu

    Beatriz Ferreira da Silva, ou Nicola, se você prefere ser chamado assim (eu vou te tratar no masculino por que no seu comentário você afirmou que não curte muito ser tratado no pronome feminino), pra começo de conversa, eu não sou um especialista e é muito importante que você tente conversar com alguém que realmente entende do assunto (e tenha uma visão profissional e séria talvez mais de uma caso não se sinta confortável com o primeiro que achar), porém, em relação ao que eu conheço do tema, existe uma chance de que você seja um homem trans, geralmente a questão da genitália realmente para os homens trans acaba não sendo tão pesado principalmente por que a cirurgia relacionada a isso atualmente ainda não cumpre exatamente as expectativas e até para várias mulheres trans a cirurgia no pênis também acaba não sendo crucial, mas, a questão com os seios, o rosto e não gostar de ser tratado no feminino é algo bem comum quando se fala de homens trans e o contrário acontece também com mulheres trans. Do que eu já ouvi e li eu achei o artigo daqui meio defasado, tem algumas coisas que passam que talvez não seja bom absorver exatamente como está, pode ser bom você pesquisar mais sobre e se conseguir puxar assunto com alguns garotos trans que você encontrar que podem tirar umas dúvidas suas também.

  • Beatriz Ferreira da Silva

    Sei que esse comentário vai demorar pra ser respondido,eu tenho muitas dúvidas sobre mim mesmo,eu nasci mulher,com a genitália feminina,aceito isso,mas o resto do meu corpo eu não aceito,como seios os detalhes femininos do meu rosto,cabelos e desde os 15 eu escondo isso,hj com 20 anos,me aceitei como lésbica,sinto forte atração emocional e sexual por mulher,mas sinto muitas dúvidas sobre meu gênero.Me incomodo de ser tratado pelo feminino,e muitas atribuições dadas a mim por ter nascido mulher, não sei explicar bem,mas aceito minha genitália mas não o resto,e quero muito descobrir isso,oq sou de verdade. Espero encontrar alguém que se veja da mesma forma.Meu nome dado no meu nascimento foi Beatriz,mas meus amigos me chamam de Nicola.

  • Renato abud

    O transexual ele tem penis ou ele faz papel de homem na relação entre duas pessoas

  • Elton Marques Silva

    Amei vocês me ajudaram muito obrigado

  • Angel Assis

    Ótimo artigo! Me ajudou muito a entender e denominar corretamente.

  • Rex

    Ta tudo errado... É claro que os transgêneros se sentem atraídos pelo mesmo sexo. Se não fosse assim nem ia querer ser do sexo oposto...

  • Luiz Carlos santos

    Oi, sou uma pessoa com 54 anos e por ter pai bravo nunca me soltei, e até casei e tive filhos..... Mais, após falecimento do meu pai e ter separado, comecei a fazer o que sempre gostei, andar com roupas íntimas femininas e já até fiquei e transei com alguns rapazes.....e vi que e o que me deixa eu satisfeito.

  • Gomes Monteiro Margarida

    Muito obrigada! Foi muito oportuno ter acesso e ler essa publicação sobre a caracterização e a diferença entre transgêneros- travestis e transexuais, pois só tenho agradecer porque agora estou mais esclarecida. Paz e Bem!

  • Nicholas Freitas

    Só li bobagens. Travestis são mulheres transgeneros, e ser transexual e transgenero é questao de nomenclatura, não de hormonios e cirurgia.


Carregando...



últimos artigos sobre orientação sexual