Como lidar com o excesso de críticas no relacionamento

As críticas fazem parte da vida e dos relacionamentos. Mas o que fazer se o seu parceiro critica você o tempo todo? Saiba neste artigo!

27 OUT 2020 · Leitura: min.

PUBLICIDADE

Como lidar com o excesso de críticas no relacionamento

Erramos o tempo todo, cada um tem uma maneira de ser e de agir e, por isso, receber críticas faz parte da vida. Ao contrário do que muita gente pensa, ser criticado não é ruim. É o que nos ajuda a crescer como indivíduos e a melhorar os nossos pontos fracos. 

No entanto, a verdade é que ninguém gosta de ser criticado. Pesquisas apontam que quando recebem um comentário crítico, 70% das pessoas se sentem bastante feridas, 20% o nega e apenas 10% consegue refletir tranquilamente sobre o que foi dito. 

Ou seja, lidar com as críticas não é tão simples. Ainda mais se elas partem do nosso companheiro e se são frequentes. 

Por que o meu parceiro me critica? 

Todos cometemos erros. Nos relacionamentos, a intimidade e a convivência muito próxima levam o outro a conhecer todas as nossas facetas. É natural que algo em nossa maneira de ser ou de atuar não agrade e que isso seja manifestado através de uma crítica. 

Logo, temos que ser maduros para aceitar as críticas construtivas e pontuais. Muitas vezes, é o que vai melhorar a qualidade do relacionamento. 

Por outro lado, existe uma grande diferença entre a crítica construtiva e a dedstrutiva. A crítica construtiva nos faz sair da zona de conforto. Nos leva a refletir sobre nossas falhas e hábitos nocivos. Nos ajuda a crescer. A crítica destrutiva, magoa. Machuca. Não promove a mudança e cria uma distância enorme entre as duas pessoas. 

A seguir, você verá cinco exemplos para aprender a diferenciar as duas. 

Crítica destrutiva: foca no problema. Exemplo: Por que você nunca limpa a casa?

Crítica construtiva: foca na melhoria. Exemplo: O que podemos fazer juntos para manter a casa mais organizada?

Crítica destrutiva: foca no que o outro tem de pior. Exemplo: Você é muito preguiçoso! Nunca arruma a casa!

Crítica construtiva: os comentários se referem ao comportamento, não aos defeitos do outro. Exemplo: me sinto muito cansada quando você não me ajuda a organizar a nossa casa. O que você acha se criamos um plano semanal com as tarefas domésticas que cada um de nós deve cumprir?

Crítica destrutiva: desvaloriza o outro. Exemplo: Você não é inteligente para mudar de emprego e ganhar mais!

Crítica construtiva: conforta. Exemplo: sei que agora mesmo está passando por uma fase difícil, mas se você se dedicar com certeza encontrará outro emprego.

Crítica destrutiva: ameaça. Exemplo: se não passar a compartilhar as responsabilidades da casa comigo, vou terminar a nossa relação.!

Crítica construtiva: não ameaça. Exemplo: gostaria que compartilha-se as responsabilidades da casa comigo porque sei que assim podemos viver melhor juntos. 

Crtítica destrutiva: culpa e acusa. Exemplo: Nossa relação não vai bem e a culpa é sua!

Crítica construtiva: foca em soluções. Exemplo: O que podemos fazer para melhorar a nossa relação? 

A crítica construtiva não foca nos defeitos da pessoa, mas em soluções. É possível dizer o que se pensa ou como se sente sem atacar o outro como indivíduo. Isso faz toda a diferença na hora de manejar os conflitos da vida a dois. 

Logo, se o seu parceiro critica você o tempo todo e são críticas negativas, é provável que o faça pelos seguintes motivos:

  • É muto autocrítico: se ele é uma pessoa perfeccionista e autocrítica, é provável que terá o mesmo rigor com as pessoas que o cercam, incluindo você.
  • É inseguro e têm a autoestima baixa: uma pessoa insegura ou que se sente inferior, costuma criticar os outros como uma forma de melhorar a percepção que tem de si própria. Projeta seus medos e pontos fracos nos demais.
  • É intolerante: se o seu companheiro é intolerante, ele não vai conseguir relevar as falhas alheias. Não tem empatia e é incapaz de se colocar no lugar do outro.
  • Não tem a mente aberta: se ele tem a mente fechada, é provável que seja uma pessoa muito crítica, que não aceita as opniões diferentes da sua e que prefere ter sempre razão que buscar viver em harmonia.
  • Está passando por um momento difícil: às vezes, quando estamos passando por uma fase complicada (como o luto, a perda de um emprego, problemas financeiros, etc), vemos tudo de uma forma mais negativa. Isso acaba tendo um impacto na convivência como casal.
  • É manipulador: se você está com uma pessoa manipuladora e tóxica, é muito provável que ela vá criticar tudo em você para que se sinta péssima, fragilizada e culpada. 

O que fazer se o seu parceiro é muito crítico?

Como dito anteriormente, a maioria de nós não aceita bem as críticas e temos uma tendência a reagir na defensiva quando somos criticados. Muitas vezes, nem paramos para pensar se ela é válida, se tem fundamento ou não. 

Assim, o primeiro passo para tentar resolver a situação é avaliar se a crítica e construtiva ou destrutiva. Quando tiver refletido, você poderá decidir se ela ela procede ou não. Se a crítica é construtiva, você deve reconhecê-la (talvez essa seja a parte mais difícil) e tentar mudar a sua forma de agir. 

Por outro lado, se a crítica é destrutiva, você pode dizer de uma forma assertiva, mas gentil, que não concorda. Sem partir para o ataque, sem ofender o seu parceiro, porém sem ceder. Além disso, se as críticas são constantes e sem fundamento, talvez seja a hora de fazer uma autoavaliação para descobrir o que leva você a estar com uma pessoa que é incapaz de ver suas qualidades. 

PUBLICIDADE

psicólogos
Linkedin
Escrito por

MundoPsicologos.com

Bibliografia

Kelsey Borresen, Criticism Is The Toxic Habit That Can Slowly Ruin Your Relationship: https://www.huffpost.com/entry/criticism-toxic-habit-ruin-relationship_l_5d41e484e4b0d24cde0a05f2

Laken Howard, 7 Things It’s Never OK For Your Partner To Criticize You For, According To Experts: https://www.bustle.com/p/7-things-its-never-ok-for-your-partner-to-criticize-you-for-according-to-experts-9488817

Deixe seu comentário

PUBLICIDADE

últimos artigos sobre terapia de casal