Acesso consultório Cadastre grátis seu consultório

6 razões pelas quais um parceiro pode ter menos desejo de sexo

<strong>Artigo revisado</strong> pelo

Artigo revisado pelo Comitê de MundoPsicologos

Existem muitas boas razões para o baixo desejo. Uma das queixas mais comuns com que os terapeutas sexuais lidam é o baixo desejo.

20 MAI 2019 · Leitura: min.
6 razões pelas quais um parceiro pode ter menos desejo de sexo

Às vezes, uma única pessoa a introduz e, às vezes, faz parte de um casal. Em um relacionamento, muitas vezes é chamado de discrepância de desejo - uma pessoa quer sexo significativamente mais do que o outro.

Embora o baixo desejo seja muito real, nem sempre é uma disfunção sexual - isto é, nem sempre reflete uma patologia. A pessoa que sente menos desejo do que seu parceiro pode ter boas razões, conscientes ou não.

Antes de começar a pensar que há algo errado com você ou seu parceiro (ou seu paciente), considere estas razões razoáveis para o baixo desejo:

1. Conflito de Relacionamento Crônico

A maioria das pessoas prefere não fazer sexo quando está zangada ou triste. Não é quando nos sentimos mais generosos, flexíveis ou gentis.

E quando um relacionamento tem um conflito crônico de baixo nível, as pessoas não têm muita chance de acumular bons sentimentos sobre o parceiro ou sobre o relacionamento.

Se um casal argumentar de maneira mesquinha, os efeitos podem durar dias ou semanas depois que as pessoas se esquecerem da questão original. O desejo pode nunca ter uma chance de se recuperar depois de sentimentos feridos. E finalmente, quem quer beijar alguém com quem estão zangados?

2. Má higiene

A maioria das pessoas gosta de ser atraente para os outros, e a maioria das pessoas quer que um parceiro sexual seja atraente para elas. Componentes disso podem incluir higiene pessoal - respiração, dentes, cabelos, pele, unhas. Os padrões de algumas pessoas são mais altos que os de outras pessoas, e algumas pessoas parecem genuinamente imunes a sentirem o mau hálito ou o cabelo sujo.

Se a higiene pessoal do seu parceiro o desligar, você não está fazendo um favor a ele, mantendo silêncio sobre isso. Seja gentil, mas forneça as informações que seu parceiro aparentemente precisa.

E se o cheiro, a textura ou a limpeza da pele do seu parceiro dificultam o desejo sexual, diga-o de novo, de maneira gentil, mas clara. Seu parceiro merece essa informação.

3. Batalhando pela Concepção

O intercurso sexual é a única atividade sexual que pode levar à concepção.

Um número impressionante de brasileiros não usam contraceptivos e ainda não querem engravidar. Alguns desses casais discordam tanto sobre isso que não podem desfrutar do sexo juntos.

Quando o sexo sempre envolve alguém dizendo: "Vamos usar preservativo", e seu parceiro dizendo: "Esta é uma ótima chance de engravidar " é fácil entender porque um ou ambos os parceiros começariam a evitar o sexo.

shutterstock-1284676525.jpg

4. Lutando pelo Cardápio Sexual

Depois que as pessoas ficam juntas por um tempo, elas conhecem os gostos uma da outra em comida, filmes e roupas, entre outras coisas.

Quando se trata de sexo, no entanto, algumas pessoas simplesmente não aprendem. E então, "Querida, que tal a posição invertida esta noite?" Semana após semana. Adicionado a uma lista de outras coisas - não, você não pode colocar o dedo lá; não, eu não quero usar aquela lingerie que você me comprou; Não, eu não gosto de fingir que meu melhor amigo está na cama conosco - e eventualmente alguém pode decidir que o sexo é mais problemático do que vale a pena.

Enquanto eu entendo o impulso de continuar perguntando, em algum momento a realidade tem que assumir. Encorajo as pessoas a dizer: "Querido, a resposta é não, obrigada". Não apenas por esta noite, mas até o final dos tempos.

Por favor, pare de perguntar. Se eu mudar de ideia, prometo que você saiba. "E então a outra pessoa precisa fazer algum pesar para que eles realmente parem de perguntar".

5. Fetiches

Um fetiche é uma necessidade rígida de um objeto ou parte do corpo do parceiro para que alguém sinta desejo ou excitação - pés bem cuidados ou um roteiro repetitivo no qual um parceiro finge ser uma prostituta.

O problema não é necessariamente o fetiche - é quando um parceiro não quer participar, ou acha a coisa toda nojenta.

Quando uma pessoa está enojada (ou entediada) com a sexualidade da outra, e um casal não consegue encontrar um consenso de que ambos gostem, é fácil ver como isso pode levar a um baixo desejo.

6. Falta de planejamento ou preparação

Há uma velha piada que termina com: "Querido, perguntar se estou acordada não é preliminar".

A maioria dos adultos raramente faz sexo se não planejar. No entanto, os pacientes costumam dizer que o sexo deve ser "natural e espontâneo".

Ao que geralmente respondo: "Quando foi a última vez que você fez algo espontaneamente?" Hoje em dia, os adultos raramente fazem, o que é um mal diferente que merece discussão .

Mas se você não vai ao boliche espontaneamente, e não planta uma horta espontaneamente, e não leva seu filho ao zoológico espontaneamente, por que você esperaria ter sexo espontaneamente?

Se você se aproxima de seu parceiro em um momento em que eles estão cansados, ou acabaram de jantar, ou tem que acordar cedo, ou ter um resfriado, ou estão preocupados com um garoto doente (que é como eles ficaram com esse resfriado, certo? ), eles vão dizer não.

Pior, eles podem sentir que você não está realmente prestando atenção neles, como provado pelo fato de que você está pedindo por sexo quando você está obviamente sendo rejeitado.

Se alguém nunca está de bom humor, não importa o por quê, isso é um problema. Mas se você tem um talento especial para iniciar o sexo quando suas chances se aproximam de zero, você pode ser a único com o problema - e o aparente baixo desejo de seu parceiro pode não ser uma patologia.

Escrito por

Clarete Duarte Galdino

Ver perfil
Deixe seu comentário

últimos artigos sobre casais