Acesso consultório Cadastre grátis seu consultório

Como voltar a confiar depois de uma decepção amorosa

<strong>Artigo revisado</strong> pelo

Artigo revisado pelo Comitê de MundoPsicologos

Uma decepção amorosa pode ser sinônimo de dor e frustração. Como fazer para que uma experiência negativa não acabe com sua confiança no amor? Fique atento às dicas compartilhadas a seguir.

4 MAI 2018 · Última alteração: 26 SET 2019 · Leitura: min.
Como voltar a confiar depois de uma decepção amorosa

Possivelmente todos temos para contar uma história de amor que envolve decepção. Muito tempo investido no relacionamento que parecia ser o adequado, mas que desandou. É inevitável experimentar a dor e a frustração em situações assim. Porém, há pessoas que acabam alimentando um medo quase irracional de se apaixonar novamente, ficando presa a esse passado.

A dificuldade de voltar a confiar em alguém não é positiva. A pessoa começa a evitar se envolver emocionalmente, mesmo depois de haver superado a separação. Tudo pelo temor de que a decepção se repita, que esse seja o padrão dos relacionamentos futuros.

O primeiro passo para enfrentar esse tipo de dificuldade e trabalhar a confiança em você mesmo e num futuro parceiro é entender que não é porque um relacionamento chegou ao fim de forma abrupta e inesperada que não alberga experiências positivas. Quando você conseguir superar a sensação de abandono e reencontrar seu equilíbrio, conseguirá identificar o que melhor funcionou nessa vida a dois, mesmo que não tenha durado para sempre.

Reviver os bons momentos é importante para compreender que nem todo o investimento afetivo foi em vão. Além disso, é importante entender que, de acordo com os especialistas, costumam sofrer mais aquelas pessoas que idealizam o parceiro e acabam ignorando os pontos negativos da personalidade da pessoa e da convivência.

O caminho para dar a volta por cima passa por compreender todas as características do relacionamento e evitar cometer os mesmos erros. Compartilhamos com você 5 dicas para ajudar no processo de reflexão e a recuperar a confiança no amor:

shutterstock-758491036.jpg

1) Comece trabalhando sua autoconfiança

Você precisa se sentir pronta para uma nova relação, com vontade de conhecer alguém legal. Para isso, retome a confiança em você, em seus encantos e nas suas qualidades. Você precisa desejar que o relacionamento funcione e estar disposto a lutar por ele. Uma reflexão que pode auxiliar nesta retomada de autoconfiança é resgatar que suas qualidades não são anuladas por não terem sido valorizadas como você gostaria por seu antigo parceiro.

2) Antes de buscar, pense no que você necessita

Quando retomar o amor próprio e a autoconfiança, é importante que aprenda a se escutar; saber quais são seus desejos e necessidades quando se fala de uma vida a dois.

Então, comece a soltar as amarras do medo e olhe a seu redor. Você pode ser surpreendido pelo desconhecido. E entender que a decepção amorosa que você viveu anteriormente se deu justamente pelo parceiro se distanciar dos valores que você valoriza e busca no outro.

3) Deixe de lado os estereótipos

Conhecer a essência de uma pessoa leva tempo, e para que um relacionamento tenha a chance de mostrar todo o seu potencial é importante que não seja construído em cima de estereótipos.

Nem sempre repetir um padrão é a melhor escolha. Por isso, reflita sobre os desencontros e conflitos do relacionamento anterior, e tente encontrar alguém que reaja de forma distinta naquilo que é fundamental para você. Mas lembre-se: dose suas expectativas para de fato viver a experiência de aprofundar uma relação diante de experiências reais dando ao outro espaço para ser quem verdadeiramente é. Isso aumenta as chances de que você se vincule genuinamente respeitando a individualidade de cada um e de experiências que nunca serão iguais.

4) Dê tempo ao tempo

Não tenha pressa. Desfrute de cada etapa, porque há encantos que são próprios e específicos de cada fase do processo de conquista.

E não caia na armadilha de acreditar que encontrar um parceiro deve ser o centro da sua vida. Você somente estará preparado para viver um relacionamento pleno quando encontrar o caminho para ser feliz consigo mesmo. Tenha sempre em mente que as pessoas que com que nos relacionamos, sejam nas relações afetivas ou não, podem agregar valor a nossas vidas, mas não completar lacunas que sentimos em nós mesmos e em nossa autoestima.

5) Inspire-se e compartilhe

A intensidade da paixão faz com que idealizemos o outro desconsiderando valores ou características que não condizem com o que buscamos. Neste sentido, o olhar de pessoas próximas que confiamos e até mesmo de um psicólogo pode agregar valor nas reflexões, escolhas e imposição de limites, reduzindo as chances de uma nova decepção. Outro movimento que pode agregar valor ao seu emocional superando decepções anteriores e retomando a busca por um novo parceiro, é se inspirar nos passos e funcionamentos de casais que você admira e possui como referência.

Fotos: MundoPsicologos

psicólogos
Linkedin
Escrito por

MundoPsicologos.com

Deixe seu comentário
1 Comentários
  • Maria Auricelia

    Quem escreveu isso foi muito em dusido por Deus seriabom se todo mundo parese pra ler êste conteúdo: evitaria o q aconteceu ou n cometeria td de novo.

Últimos artigos sobre Casais