Sinto que meu marido não gosta de sexo. O que fazer?

Feita por >Adriana Bonfim · 8 abr 2016 Terapia de casal

Tenho 31 anos e meu marido tem 35. Somos casados há dois anos e meio, mas estamos juntos há sete. Sinto que meu marido não gosta tanto de transar, que não sente mais desejo por mim, quase nada. Enquanto pra mim o sexo é importante, uns 80%, para ele deve ser uns 10%. Enfim, desde o namoro ele sempre foi sossegado em relação ao sexo e até demorou pra rolar a primeira vez, mas mesmo com uma frequência menor que eu gostaria, sempre foi bom para os dois lados. Só que mudou drasticamente desde dois meses antes de casar e percebi que ele nem queria mais dormir em casa e estranhei porque estávamos prestes a nos casar. Mas foi passando e nos casamos. A lua de mel, neste quesito, não foi nada do que imaginei (pensei que iria só transar, recém casados, né?), mas ele não sentia vontade e sempre esquivava, ou fazíamos algo bem morno. tentei formas de atraí-lo, mas não adiantaram.

Isso gerou e gera vários desentendimentos. E percebo que quando transamos ele quer somente me satisfazer e pouco se importa com ele mesmo. Nos outros setores ele é maravilhoso, o marido que sempre sonhei, cuida de mim, me ajuda em casa, é meu parceiro nos sonhos, é carinhoso, enfim é maravilhoso mesmo, e não tenho reclamação. É somente no sexo que cada vez mais não temos mais nada.

Tentei novamente conversar com ele sobre isso, procurar ajuda e tal, mas ele me disse que esse é o jeito dele, que me ama, só que ele não tem esse fogo que eu tenho. Será que seria o caso de uma terapia sexual? Estou pensando em buscar ajuda profissional.

Resposta enviada

Em breve, comprovaremos a sua resposta para publicá-la posteriormente

Algo falhou

Por favor, tente outra vez mais tarde.

A melhor resposta 9 ABR 2016

Olá Adriele!!! A sua situação é muito comum como em tantos outros casais. Uma das questões que mais atrapalha um casamento é a questão financeira ou sexual, e isso na maioria das vezes vem carregado com uma falta de comunicação do casal. Ás vezes os dois pensam que sabem um do outro, que são bem entendidos, mas quando a situação chega a tal ponto como a sua, é possível perceber como não há conversa, conhecimento entre dois. Como que esses dois, o casal, são quase que dois estranhos morando na mesma casa. Uma terapia de casal ajuda muito. Pois com um profissional especializado, ele pode ajudar vocês a conduzir esta conversa, onde cada um saberá o que o outro realmente precisa saber e de uma maneira mais passiva, sem brigas, sem acusações, onde cada um poderá ouvir o outro. Ok?! Espero ter ajudado!!! Abraço!

Consultório de Psicologia Leania Zaché Reis Psicólogo em Vitória

13 respostas

2128 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

12 ABR 2016

Boa noite Adrieli!
Acredito que o melhor para vocês neste momento é terapia sexual.
Durante o tratamento será trabalhado as causas internas e externas que o levou a esse quadro.

Marlene de Araujo Paz Psicólogo em Guarapari

12 respostas

2148 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

11 ABR 2016

Na convivência a dois ambos devem sentir-se bem, seja qual for a situação.
Ajuda externa é sempre bom em caso de algum descontentamento.
Eliel

Eliel Diniz Psicólogo em Curitiba

3 respostas

1562 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

11 ABR 2016

Boa tarde Adriele, percebo que a sua preocupação está aumentando sobre a frequência da relação sexual, em contrapartida relatas que tens um marido companheiro e que sempre sonhastes; gostaria de esclarecer que em todos os homens possuem a mesma temperatura sexual. Cuidado para não confundir "Nao sente desejo por mim", fazendo com que essa crença atrapalhe sua vida, por outro lado teu marido pode estar com algum bloqueio emocional, e com a cobrança diária pode continuar afetando seu desempenho. Aconselho a ajuda psicológica. Um abraço. Renata Bastos CRP 07/20220

Renata Bastos Psicólogo em Pelotas

1 resposta

1577 pontuações positivas

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

10 ABR 2016

Boa noite Adriele. Eu imagino o quão difícil possa ser para você uma relação sexual mantida com dificuldades e/ou quase que inexistentes, todavia, é extremamente importante que você procure um psicólogo para que compreenda de modo profundo o seu modo de funcionamento psíquico e também seria importante que seu marido fizesse o mesmo com outro psicólogo. Se desejarem poderiam também entrar em uma terapia de casal onde estas questões irão aparecer de modo mais profundo e, assim, poderiam dialogar melhor sobre elas tendo a orientação de um profissional. Estou à disposição.
Abraços,
Psicólogo Christian Gabalde.

Psicólogo Christian Gabalde Psicólogo em Ribeirão Preto

22 respostas

7523 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

10 ABR 2016

Olá Adriele, boa noite! Imagino o que esteja carregando nestes anos, sendo que seu relato inconfortável começa desde antes do casamento. Eu penso que este é um assunto a dois, porém seu marido entende que esta é a forma de relacionar-se. Eu sugiro a busca de um trabalho psicoterapêutico para você, para se conhecer melhor e também entender o seu gostar tanto. Penso que você o enxerga pelo seus olhos de normalidade e que sendo assim, ele gosta pouco.
Caso haja a aceitação do casal em participar de um trabalho terapêutico, descartaria as possibilidades biológicas dele e entenderia o funcionamento sexual deste casal, como o sexo preenche algumas lacunas de ambos, entre outras questões que precisariam ser aprofundadas.
Espero ter ajudado, estou a disposição.

Clínica de Psicologia Márcio Ferreira Psicólogo em Ribeirão Preto

32 respostas

6138 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

9 ABR 2016

Ola Adriele, acredito pelo seu relato que seria o caso de terapia de casal, até porque quem está incomodada é você e não ele. Porém você está certa, sexo não é tudo mas faz parte da relação de um casa e a sua precariedade pode sim prejudicar a relação conjugal, por isso, melhor seria os dois fazerem terapia, até porque não acredito que ele vá querer fazer terapia de algo que ele entende ser normal para ele, entende? Espero ter ajudado, atenciosamente à Psicóloga Ussénade.
Boa sorte!

Ussénade Maria de Oliveira Psicólogo em Recife

707 respostas

27195 pontuações positivas

Fazer terapia online

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

9 ABR 2016

Oi Adriele
Sem dúvida, deve procurar terapia de casal para que vocês tenham maior entendimento, ou mesmo um profissional sexóloga. O relacionamento deve ter um acordo um entendimento no mínimo um esclarecimento para terem um equilíbrio entre vc e ele. Um medição e intervenção poderá ajuda lá. Existe várias técnicas.

Arlete Maria dos Santos Psicólogo em São Paulo

110 respostas

5507 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

8 ABR 2016

Olá Adriele! Li a sua queixa e percebi a sua angústia, se assim posso chamar.
Me parece que vocês têm um bom relacionamento enquanto casal mas na parte sexual você está insatisfeita, está existindo uma inadequação sexual.
Pelo que relatou você já conversou com ele sobre isso e não teve muito sucesso.
Sou sexóloga, e estas queixas acontecem com alguns casais, são queixas masculinas e femininas e até frequentes .
O sexo é muito importante em um relacionamento, e quando você diz que quer procurar uma ajuda, sugiro que procure sim, vai te fazer muito bem.
Dentro da terapia sexual existe alguns exercícios a serem feitos pelo casal, ou individualmente, que pode te ajudar.
Pois a questão é você se adequar à este relacionamento sexual, você conseguir viver de uma maneira que o sexo não seja um problema na sua vida como você está enchergando hoje.
As mudanças podem ocorrer tanto sua como do seu marido só depende de vocês! E relacionamentos são ação e reação.
Procure na sua cidade um psicólogo com a especialização em Terapia Sexual, ele vai poder te ajudar muito ok? E vivencie a sua sexualidade de uma maneira mais plena.
Att.,

Alessandra D. Ricci Manganaro Psicólogo em Ribeirão Preto

40 respostas

3580 pontuações positivas

Fazer terapia online

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Psicólogos especializados em Terapia de casal

Ver mais psicólogos especializados em Terapia de casal

Outras perguntas sobre Terapia de casal

Explique seu caso aos nossos psicólogos

Publique a sua pergunta de forma anônima e receba orientação psicológica em 48h.

50 Você precisa escrever mais 10250 caracteres

Sua pergunta e as respectivas respostas serão publicadas no site. Este serviço é gratuito e não substitui uma sessão de terapia.

Enviaremos a sua pergunta a especialistas no tema, que se oferecerão para acompanhar o seu caso pessoalmente.

A sessão de terapia não é grátis e o preço estará sujeito às tarifas do profissional.

A sessão de terapia não é grátis e o preço estará sujeito às tarifas do profissional.

Coloque um apelido para manter o seu anonimato

Sua pergunta está sendo revisada

Te avisaremos por e-mail quando for publicada

Esta pergunta já existe

Por favor, use o buscador para conferir as respostas

Psicólogos 11250

Psicólogos

perguntas 10250

perguntas

respostas 32950

respostas