Acesso consultório Cadastre grátis seu consultório

Relação mãe e filha.

Feita por >jane · 25 abr 2014 Homossexual

Descobri a diferença da minha filha. Não foi ela que me contou, descobri e foi horrível. Ela saiu de casa, passou um tempo fora morando com a outra, mas depois voltou e agora nós não temos uma relação de mãe e filha. Sofro muito em não aceitá-la. O que fazer? Aguardo resposta.

Resposta enviada

Em breve, comprovaremos a sua resposta para publicá-la posteriormente

Algo falhou

Por favor, tente outra vez mais tarde.

A melhor resposta

Realmente Jane, a Dra. Suzana foi muito feliz na pontuação que ela fez e a sua frase "sofro muito em não aceitá-la" não é à toa. Procure um profissional o mais breve possível, para que você possa ao menos se situar na sua relação com sua filha e cuidado com os julgamentos e possíveis "certezas". Abraço.

Dínerson Fiuza Psicólogo em São Paulo

258 respostas

14442 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Boa noite Jane!
Entendo seu lado de mãe na qual teme que sua filha seja objeto de preconceito e até mesmo de violência da parte da sociedade, porém há uma frase que gosto muito de utilizar até mesmo comigo que é: Seja você a diferença que você quer ver no mundo"
Estou certa de que sua filha é o que há de mais importante na sua vida, então simplesmente a AME! Independente de concordar ou não com suas praticas sexuais, o sexo é apensas uma parte da vida e não A VIDA.
Não permita que uma parte da vida (o sexo), atrapalhe a amizade, o companheirismo, o carinho, a diversão nas reuniões em família e principalmente o amor que vocês tem uma pela outra.
Um forte abraço,
Danielle

Psicóloga Danielle Mello Psicólogo em Rio de Janeiro

7 respostas

229 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Boa noite Jane.
Você pede ajuda e demonstra estar sofrendo com a situação.
Gostaria de convidar você a refletir na sua relação com a sua filha antes de você "descobrir", como você diz, uma parte da sua filha.
Vocês tinham proximidade? Afinidade? Dificuldades para conversar? Enfim, o problema podia já existir e ficou visível quando sua filha foi viver a vida dela.
Pense também que pra ela deve estar sendo difícil viver a vida dela e não se sentir compreendida, aceita.
Talvez você precise de um tempo para processar tudo isso que é novo, mas também você deve se perguntar se o amor por sua filha fica destruído por ela não ser o que você talvez idealizou.
Se você perceber que não consegue lidar com isso sozinha, vá em busca de ajuda.
Abraço
Ana Cristina

Ana Fernandes Psicólogo em São Paulo

1 resposta

17 pontuações positivas

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

A diferença que você se refere seria o fato dela relacionar-se com alguém do mesmo sexo? Na sua colocação não ficou claro.

All Family Psicólogo em Santos

36 respostas

3849 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Olá, não está muito claro o que aconteceu. O que posso entender é que sua filha parece que foi viver com alguém e você não aprova. O bom é você tentar buscar a ajuda de um especialista que poderá lhe ajudar em várias questões que não estão lhe deixando bem. Tudo na vida é uma escolha, nós todos somos responsáveis pelas nossas escolhas, as de sucesso, felicidade ou não. As escolhas erradas ou que não nos fazem bem, sempre há tempo para corrigi-las e tentar buscar a felicidade da melhor maneira. Abraço.

Psicóloga Jorgete Onohara Psicólogo em Joinville

32 respostas

2385 pontuações positivas

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Olá Jane, tanto não aceitou que nem sequer pode falar claramente do fato e do problema entre você e sua filha.
Você fala de diferença... e da outra...
Penso que se realmente quer ter um bom relacionamento com sua filha deve começar quanto antes uma psicoterapia com uma psicóloga ou psicólogo, porque sozinha penso que não vai conseguir e esses problemas não podem ser deixados para que o tempo resolva.
Abraço
Susana

Susana Rodriguez Iglesias Psicólogo em Balneário Camboriú

39 respostas

8673 pontuações positivas

Fazer terapia online

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Psicólogos especializados em Homossexual

Ver mais psicólogos especializados em Homossexual

Outras perguntas sobre Homossexual

Explique seu caso aos nossos psicólogos

Publique a sua pergunta de forma anônima e receba orientação psicológica em 48h.

50 Você precisa escrever mais 7700 caracteres

Sua pergunta e as respectivas respostas serão publicadas no site. Este serviço é gratuito e não substitui uma sessão de terapia.

Enviaremos a sua pergunta a especialistas no tema, que se oferecerão para acompanhar o seu caso pessoalmente.

A sessão de terapia não é grátis e o preço estará sujeito às tarifas do profissional.

A sessão de terapia não é grátis e o preço estará sujeito às tarifas do profissional.

Coloque um apelido para manter o seu anonimato

Sua pergunta está sendo revisada

Te avisaremos por e-mail quando for publicada

Esta pergunta já existe

Por favor, use o buscador para conferir as respostas

Psicólogos 10600

Psicólogos

perguntas 7700

perguntas

respostas 28950

respostas