Meu casamento acabou. Estou perdido!

Feita por >João · 6 out 2019 Terapia de casal

Tenho 38 anos ela 37, casado a 12 anos uma filha de 4. Muitos planos e sonhos dentro relação. Tivemos brigas e sempre com muito diálogo voltamos. Eu sempre tive muito amor e tesão por ela. Ela agora está apaixonada , foi sincera comigo a ponto de falar que o rapaz fez ela muito feliz em 2 meses. Detalhe só através de conversar de aplicativo não tiver nenhuma relação!! Como temos uma boa relação ela agora insiste nesse romance e quer que eu conviva com isso. Esta ficando insurpotavel e fico cada dia mais perdido!! Preciso achar meu caminho!

Resposta enviada

Em breve, comprovaremos a sua resposta para publicá-la posteriormente

Algo falhou

Por favor, tente outra vez mais tarde.

A melhor resposta 7 OUT 2019

No momento em que a pessoa se sente completamente perdida, sem nenhuma perspectiva pela frente, a energia que estava flui e, geralmente, oferece uma solução original do inconsciente. No amadurecimento da sensação de não saber o que mais decidir e por onde seguir nasce a ideia súbita como lampejo e sentido de vida. Imerso na sensação de perder a si mesmo, em situações em que não vemos mais saídas, nos abrimos para algo que vem do inconsciente.

Os limites do trabalho do terapeuta residem na vontade do sujeito de entrar em análise. Quando uma pessoa se encontra com outra, ela escolhe o quanto de si irá compartilhar. O processo terapêutico é o encontro em que cada oferece partes de si até que o todo seja confiado. Posteriormente é, a partir do sintoma, que se chega ao símbolo, lhe dá formulação linguística e possibilidades de interpretação. O símbolo libera estratégias de ação no cotidiano. O terapeuta, ao mostrar interesse pela personalidade total do paciente, suas potencialidades e bloqueios, viabiliza que os impulsos de desenvolvimento sejam impulsionados.

Att|.

Espaço Aline De Coster Psicólogo em Rio de Janeiro

594 respostas

22847 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

7 OUT 2019

Olá tudo bem? João, antes de mais nada seria preciso mais informações, difícil direcionar um caminho com esse breve relato. Penso, que se está ficando insuportável, seria melhor você falar com ela, colocar as angústias, a sua dor, seus sentimentos. A decisão é sua, mas às vezes precisamos deixar os relacionamentos tóxicos, que nos deixam inseguros, talvez a relação não esteja tão bem quanto vc imaginava? Já pensou nisso? Para você tomar seu caminho seria importante vc procurar um psicólogo para te ajudar. Estou à disposição, atendo on line, abs Andréa

Andrea Christiano Psicólogo em Bebedouro

53 respostas

1186 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

7 OUT 2019

O ato de estar perdido gera inquietações, faz você ficar desconfortável, buscar saídas, portanto esse perdido é uma espécie de procura do encontro. Você verá que, de certa forma, está buscando um encontro consigo mesmo (esse encontro é o encontro essencial). De outro lado, vocês foram casados por doze anos, tem uma filha de quatro anos. Esses dois aspectos associados ao fato
de vocês terem boa relação faz com que se pondere que dois meses não se sobrepõem a doze anos, que não há ex-filha, portanto vocês deverão ter um foco grande no tempero entre a manifestação genuína da individualidade cada pessoa, respeitando a troca com a outra e a contribuição do tempo quanto a qualidade e duração, isto é: as coisas precisam das experiências, mas também da duração relevante das mesmas. Reescreva seus planos, dê significado à sua vida, considerando que você quer lidar com a sua história contendo essas três pessoas e seus panoramas emocionais (filha, mãe da sua filha, e possível padrasto da sua filha). O jeito de ser namorado pelo outro, necessariamente passa pelo namorar a si mesmo. Será interessante você enriquecer essas questões com um psicólogo. Um abraço: Ary Donizete Machado.

Ary Donizete Machado Psicólogo em Limeira

2150 respostas

1163 pontuações positivas

Fazer terapia online

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

7 OUT 2019

No momento em que a pessoa se sente completamente perdida, sem nenhuma perspectiva pela frente, a energia que estava flui e, geralmente, oferece uma solução original do inconsciente. No amadurecimento da sensação de não saber o que mais decidir e por onde seguir nasce a ideia súbita como lampejo e sentido de vida. Imerso na sensação de perder a si mesmo, em situações em que não vemos mais saídas, nos abrimos para algo que vem do inconsciente.

|Os limites do trabalho do terapeuta residem na vontade do sujeito de entrar em análise. Quando uma pessoa se encontra com outra, ela escolhe o quanto de si irá compartilhar. O processo terapêutico é o encontro em que cada oferece partes de si até que o todo seja confiado. Posteriormente é, a partir do sintoma, que se chega ao símbolo, lhe dá formulação linguística e possibilidades de interpretação. O símbolo libera estratégias de ação no cotidiano. O terapeuta, ao mostrar interesse pela personalidade total do paciente, suas potencialidades e bloqueios, viabiliza que os impulsos de desenvolvimento sejam impulsionados.

Atenciosamente,
Aline De Coster.

Espaço Aline De Coster Psicólogo em Rio de Janeiro

594 respostas

22847 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Psicólogos especializados em Terapia de casal

Ver mais psicólogos especializados em Terapia de casal

Outras perguntas sobre Terapia de casal

Explique seu caso aos nossos psicólogos

Publique a sua pergunta de forma anônima e receba orientação psicológica em 48h.

50 Você precisa escrever mais 10350 caracteres

Sua pergunta e as respectivas respostas serão publicadas no site. Este serviço é gratuito e não substitui uma sessão de terapia.

Enviaremos a sua pergunta a especialistas no tema, que se oferecerão para acompanhar o seu caso pessoalmente.

A sessão de terapia não é grátis e o preço estará sujeito às tarifas do profissional.

A sessão de terapia não é grátis e o preço estará sujeito às tarifas do profissional.

Coloque um apelido para manter o seu anonimato

Sua pergunta está sendo revisada

Te avisaremos por e-mail quando for publicada

Esta pergunta já existe

Por favor, use o buscador para conferir as respostas

Psicólogos 11250

Psicólogos

perguntas 10350

perguntas

respostas 33000

respostas