Quais as características de uma pessoa invejosa?

A inveja é um sentimento que pode ser bastante nocivo, e paralisar a vida da pessoa. Entenda de onde vem e o que fazer para evitar ser uma pessoa que alimenta este tipo de sentimento.

5 ABR 2018 · Leitura: min.

PUBLICIDADE

Quais as características de uma pessoa invejosa?

A inveja é um sentimento que pode ser corrosivo, já que a pessoa perde muita energia ao se centrar em ter o que é do outro, em viver a vida do outro. O invejoso sente extremo pesar pelo bem-estar e prosperidade de quem está à sua volta, e por isso deseja o infortúnio daquele que desperta sua inveja.

Esse comportamento não é aleatório, e tem uma explicação científica. O cérebro do invejoso funciona numa dualidade de dor e prazer. A inveja ativa a mesma região do cérebro em que se processa a dor física: o córtex singulado. Por isso, é fonte de sofrimento, com manifestações que chegam a ser físicas.

Ao ver que a pessoa invejada passa por uma desventura ou adversidade, o invejoso sente uma emoção que ativa a região estrial ventral do cérebro, a que coincide com o processamento dos sentimentos prazerosos.

O neurocientista japonês Hidehiko Takahashi, do Instituto Nacional de Ciência Radiológica (Tóquio), demonstrou o funcionamento do cérebro dos invejosos através de ressonâncias magnéticas. Foram analisados 20 jovens, de ambos os sexos. O estudo serviu para revelar ainda que a inveja nasce da comparação com pessoas similares: mesmo sexo, faixa etária similar e profissão, estando intimamente ligada a um sentimento de inferioridade.

Características da inveja

Vale lembrar que nem todo sentimento de inveja é negativo. Quando você sente inveja pela conquista do outro, e isso serve de motivação, de combustível para progredir, é algo benéfico. Ou seja, você inveja, mas não deseja mal ao outro.

A inveja que prejudica a vida do invejoso, a inveja nociva, é aquela em que a pessoa deseja prejudicar quem desperta esse sentimento nela. O invejoso fica maquinando formas de impedir que o outro prospere, planos para comprometer a imagem do invejado e diminuir seu status.

inveja1.jpg

Quando a inveja se converte em patológica, pode impelir o invejoso a caluniar, perseguir e, até mesmo, desejar a morte do invejado. Tampouco são os casos em que o invejoso entra numa espiral autodestrutiva, com sintomas de depressão, agressividade e pensamentos suicidas.

É fundamental buscar ajuda especializada quando a inveja é nociva, para entender por que você reage assim e compreender o que efetivamente tem a ver com a sua individualidade, já que não costuma ser um problema com o outro, mas sim consigo mesmo.

Dicas para não sentir inveja

Para ficar livre da inveja nociva, é muito importante investir no autoconhecimento e trabalhar a autoestima, já que, como mencionado anteriormente, a inveja é um sentimento intimamente vinculado a uma ideia de inferioridade. E quando o sentimento é persistente, talvez seja o momento de buscar ajuda de um psicólogo.

Confira algumas dicas para ser uma pessoa menos invejosa:

  • dedique tempo a se conhecer;
  • é fundamental que você identifique quais são suas qualidades, e saiba valorizá-las;
  • entenda que ter defeitos é normal;
  • somente conhecendo seus pontos fracos é que você poderá trabalhar sobre eles;
  • evite se comparar com os demais, seja no trabalho, na família ou na sua vida social;
  • não gaste energia pensando em como os demais são felizes, trate de promover pequenas transformações na sua realidade;
  • sabendo quem você é, você sabe do que precisa para ser feliz;
  • seja fiel a seus valores e deixe de brigar por aquilo que não pode ser mudado;
  • reconheça que você é único e cuide do seu emocional;
  • cerque-se de pessoas positivas, que valorizem você pelo que você é.

Fotos: MundoPsicologos

PUBLICIDADE

psicólogos
Linkedin
Escrito por

MundoPsicologos.com

Deixe seu comentário

PUBLICIDADE

Comentários 20
  • Maria Auxiliadora Pereira

    Gostei da matéria. Muito bem explicada, e tudo faz sentido, bom para fazermos reflexão e descobrir o porquê de sermos reflexo do sentimento. Sim, porque não temos que olhar o outro, tudo começa, e termina em nós. Temos quer motivos de admiração e nunca de inveja. Gratidão pelo esclarecimento. Gratidão!

  • Carla

    Obrigada persiso de ajuda

  • Sem triste

    Não ajudou em quase nada.

  • Ana Lucia DE SOUZA MARQUES

    artigo bastante eclarecedor e de facil compreensao.

  • Natalia luiza

    Muito útil a matéria, com certeza me ajudou bastante.

  • Francisco Silva

    Parabéns excelente materia

  • eliana carvalho

    Antes só as pessoas diziam pra mim que a minha irmã tem inveja de mim, eu nunca acreditei sempre achei que por ela ser mas velha só me queria proteger mas a verdade é que minha irmã n é como outras ela n se alegra com as minhas conquistas tenta a todo custo me botar pra baixo, mata minha auto estima debocha dos meus feitos e aponta sempre um defeito em mim, eu já me perguntei o que fiz pra ela ela é mais linda, te, um lindo corpo trabalha e tem vários homens atrás dela eu n tenho nada disso além de ser mãe solteira ela adora vir com tudo pra sujar minha imagem manipular as pessoas contra mim pra verse deixam de me apoiar e de pagar meus estudos, isso já vem desde que eu tava na primaria fazendo a 4ª hoje eu tenho 23 anos e ela tem prazer de se focar na minha e ainda fingir que gosta de mim e que faz pelo meu bem o pior é que todo mundo acredita

  • Santos Rodrigues

    Inveja empresas años nao seis de quemar mías tem destruir asín mejor lar cosas orriveis

  • Santos

    Vieja e orrivel minha casa neutra lar familia trabalhos

  • kaue

    bom dia segunda-feira linda! bom estou aqui hoje para relatar um fato que passo diariamente.. talvez vcs nunca vao me conhecer mas saberao de uma historia. Meu nome é Kauê tenho 21 anos , trabalho com auxiliar de modelagem , muito prazer! moro em uma casa com minha mae e mais 2 irmãos ... e tem um que é casado mora com a mulher dele e seu filho . sao muito felizes e admiro muito ele. tem outro que mora de alugel com sua mulher e seus 5 filhos mas fica mais la em casa do que na propria casa come la em casa , toma banho , lava a roupa , (fica 1 h no chuveiro ligado ) , quando ele ve a casa quetinha e nos todos durmindo ele liga som alto de proposito , tentando atormenta qualquer um.... ele briga com a minha mae , outro dia emploro dinheiro a ela emprestado , e quando ela foi cobrar ele jogou o dinheiro no chao , como se minha mae nn fosse ninguem... ele tem um carro e uma moto , e acha que as coisas deles sao as melhores do mundo ( sendo que pra nos isso nao é nada ) ele acha que nos tenha inveja dele ... mas inveja do que sendo que ele tem isso e nunca vimos felicidade nele , na verdd pesso a Deus todos os dias para que ele pare de ir la em casa . E atormenta nos todos , principalmente minha mae ! ele paga de bandido fodao ( e o pior é quem ta de fora ate acredita ) mas porque nao veem a covardia que ele faz dentro de casa ... porque bandido di verdd pode ta na vida errada vender droga, rouba , mas sempre colocando sua familia em primeiro lugar . e tratando a mae como uma verdadeira rainha .. mas la em casa é muito pelo contrario na verdd se filma-se mos oque ele faz e mostra-se na verdadeira diciplina do comando que existe hoje ... concerteza ele seria cobrado ! Ja fui envolvido sei como funciona !... mas estamos na verdade só querendo paz . torce-mos para ele ficar rico e sumir das nossa vidas .. deixar agente em paz ... minha mae e meu pai sao separados . mas nenhum deu direito nenhum dele la em casa .. gasta tudo bebe e come de nossas coisas fala mal de nos . e na rua paga de bandido fodao que tem dinheiro carro e moto ... e nos que trabalhamos nn temos muitas coisas . tenho uma moto 250cc meu outro irmao legal que mora comigo tem um golf ... confesso que nossas vidas seria a melhor do mundo se essa tal inveja nao existi-se ...ou melhor talves ele .. nao consigo entender si ele acha que tem mais do que nos , por que tenta atrapalhar nossa vidas de toda forma ? .... o cara tem que ser bem legal para que sua mae e seu irmaos nao o queriao dentro de casa nem pintado de outro nao achao ?..


Carregando...



últimos artigos sobre autoestima