MundoPsicologos.com
MundoPsicologos.com
No Google Play Na App Store

Como tornar-se si mesmo?

Uma mesma pessoa não se banha duas vezes no mesmo rio, tudo é impermanente. A mudança, portanto, é um processo natural e acontece em decorrência da nossa vontade.

12 Abr 2017 Problemas psicológicos - Leitura: min.

Salvador (Bahia) Bahia

17 Recomendações

A mudança ocorre quando uma pessoa se torna o que é, não quando tenta converter-se no que não é. A mudança não acontece pela coerção ou desejo do outro, mas quando dedicamos tempo e esforço para ser o que somos. É através do que Jung chama de processo de INDIVIDUAÇÃO que evoluimos de um estado infantil de identificação para um estado de maior diferenciação, o que implica em uma ampliação de consciência. Através desse processo o indivíduo identifica-se menos com as condutas e valores encorajados pelo meio no qual se encontra e mais com as orientações emanadas do Si-mesmo, a Totalidade de sua personalidade individual (aqui entendida como um conjunto das estâncias psíquicas sugeridas por Carl Gustav Jung, tais como: persona, sombra, self, etc.).

Jung entende que atingir a consciência dessa totalidade é a meta do desenvolvimento da psique e que eventuais resistências em permitir o desenrolar natural do processo de INDIVIDUAÇÃO é uma das causas de sofrimento e da doença psíquica, uma vez que o inconsciente tenta compensar a unilateralidade do individuo.

"Só o que está morto não muda". O ponto que se deve atentar é a direção desta mudança. Se a direção é para o centro de si mesmo, para então nos tornamos quem somos, então é um caminho saudável. Mas se a direção é para fora de nós, se acontece pela supressão da coerção do outro, do meio em que vivemos e este caminho não nos leva a nós mesmos, então este é um caminho para o adoecimento.

"Mude, mas comece devagar, porque a direção é mais importante que a velocidade."

Claro que caminha envolve riscos, mas sair da zona de conforto é não fazer do hábito um estilo de vida.

Carina Castro Cerqueira - Psicóloga Clínica.

0 Curtir

Deixe seu comentário

INFORMAÇÃO BÁSICA SOBRE PROTEÇÃO DE DADOS
Responsável: Verticales Intercom, S.L.
Finalidades:
a) Envio de solicitação ao cliente anunciante.
b) Atividades de publicidade e prospecção comercial, por diferentes meios e canais de comunicação, de produtos e serviços próprios.
c) Atividades de publicidade e prospecção comercial, por diferentes meios e canais de comunicação, de produtos e serviços de terceiros de diferentes setores de atividade, podendo implicar repasse dos dados pessoais a esses terceiros.
d) Segmentação e elaboração de perfis para fins publicitários e para prospecção comercial.
e) Gestão dos serviços e aplicativos oferecidos pelo Site ao Usuário.
Legitimação: Consentimento do interessado.
Destinatários: Está previsto o repasse dos dados aos clientes anunciantes para atender suas solicitações de informação sobre os serviços anunciados.
Direitos: Tem o direito a acessar, retificar e eliminar os dados ou se opor ao tratamento dos mesmos ou a alguma das finalidades, bem como outros direitos, como se explica na informação adicional.
Informação adicional: É possível consultar a informação adicional e detalhada sobre Proteção de Dados em br.mundopsicologos.com/proteccion_datos

Você não pode deixar de ler...