Pandemia e relacionamento: 7 dicas de como minimizar os conflitos na relação

Que a pandemia impactou várias áreas da nossa vida, não é nenhuma novidade. Mas percebeu que impactou também os relacionamentos amorosos?

14 JAN 2021 · Leitura: min.

PUBLICIDADE

Pandemia e relacionamento: 7 dicas de como minimizar os conflitos na relação

Desde o começo do isolamento, em março de 2020, temos notado uma maior insatisfação com o parceiro e aumento dos conflitos entre os casais. Temos visto isso inclusive com as notícias de pessoas que estão na mídia, cujo o relacionamento era visto como inspiração para muitos, mas essa onda de separação não é "privilégio" apenas dos casais famosos não.

É fato que pandemia trouxe não só o vírus, mas também o aumento do número de divórcios, não só no Brasil, mas também em outros países, como a China por exemplo, em comparação ao mesmo período nos anos anteriores.

Com o isolamento e a necessidade de adaptação do lar para o chamado home office, a casa, que antes era local de acolhimento e refúgio, virou espaço de isolamento, trabalho e estudos. Juntamente vem o aumento do estresse, o adoecimento mental, crise financeira, afazeres domésticos e cuidado com os filhos, que podem minar a relação do casal, trazendo muitas queixas até mesmo da vida sexual.

Antes de mais nada é necessário que o casal identifique se a queixa são com questões que já existiam antes do isolamento e apenas se intensificou ou se os problemas surgiram juntamente com a mudança de rotina.

Caso seja problemas já existentes, é importante trabalhar a causa que vinha sendo deixada de lado e a aproximação apenas evidenciou a questão. A procura de um profissional para trabalhar essas questões, seja de forma individual ou na terapia de casal, é muito mais eficiente.

Mas se os problemas surgiram após o isolamento, é preciso analisar se a volta da rotina traria novamente a "ordem" para o relacionamento. Já que estamos passando por uma situação temporária.

Mas enquanto isso, veja algumas dicas para manter a saúde do relacionamento durante o isolamento:

  1. Mantenha a sua individualidade, mesmo que tenham que dividir o mesmo espaço físico e proponha que o parceiro faça o mesmo. Entenda, entre um casal existem três: o EU-VOCÊ-NÓS. Todos devem ser cuidados!
  2. Combine com o parceiro a nova rotina da casa e quem deve assumir cada atividade. Acredite: tarefas domésticas são as principais fontes de queixas entre os casais.
  3. Tire um tempo exclusivo pra você. Faça acordos para que em algum dia da semana, nem que seja por algumas horas, um assuma as tarefas pelo outro, para que tenha um tempo exclusivo para se dedicar ao que gosta.
  4. Reflita sobre as questões: O que me deixa feliz? O que deixei de fazer com o começo da pandemia? Vá retomando de acordo com o que as condições permitam e adaptando as atividades a esse "novo normal".
  5. Pensar e executar projetos próprios. Não "pegar carona" apenas na rotina dos parceiros e/ou filhos.
  6. Preservar ou retomar vínculos com outras pessoas. Relação com amigos e familiares também é importante, mantenha esses laços, mesmo que de forma virtual. Afinal, estar próximo nem sempre significa contato físico. Mantenha seus vínculos mesmo a distância.
  7. É fato que com o isolamento existe a necessidade de passarem mais tempo juntos. Mas separe um tempo para ficarem juntos como um casal de fato, não apenas como pessoas que dividem as atividades do dia-a-dia.

Lembre-se: Individualidade é diferente de individualismo. Cuidar de si não é egoísmo, você não está deixando a relação de lado, está apenas recarregando as energias, para conseguir cuidar de vocês.

Bibliografia

Agência Brasil (2020). Cartórios registram aumento de 18,7% nos divórcios durante a pandemia

G1 (2020). Coronavírus: confinamento teria causado número recorde de divórcios em cidade da China

Pandemia e relacionamento: 7 dicas de como minimizar os conflitos na relação Pandemia e relacionamento: 7 dicas de como minimizar os conflitos na relação

PUBLICIDADE

Escrito por

Psicóloga Ariene Soares

Ver perfil
Deixe seu comentário

PUBLICIDADE

últimos artigos sobre terapia de casal