Acesso consultório Cadastre grátis seu consultório

Felizes para sempre

<strong>Artigo revisado</strong> pelo

Artigo revisado pelo Comitê de MundoPsicologos

Você se lembra da história da Cinderela, Bela e a Fera, Branca de Neve e outras? São contos onde relacionamentos sempre terminam em finais felizes, e por sinal felizes para sempre...

24 JUL 2015 · Última alteração: 28 JUL 2015 · Leitura: min.
Felizes para sempre

Você se lembra da história da Cinderela, da Branca de Neve, Bela e a Fera, e tantas outras? Geralmente, estes são contos onde os relacionamentos sempre terminam em finais felizes, e por sinal felizes para sempre.

Porém confesso que o termo "felizes para sempre" me gera certo incômodo, pois a vida real é justamente o oposto dos contos de fadas, enquanto lá sapos viram príncipes aqui príncipes viram sapos e o pior, ficam coaxando por longos períodos em nossa cama.

Mas por que será que nos dias de hoje, mesmo após desencontros e desilusões ainda buscamos encontrar aquele (a) que nos fará felizes e mesmo sabendo que é ilusão, ainda continuamos procurando viver "felizes para sempre"?

Todos aqueles que buscam alguém com a intenção de que este o faça feliz, precisam começar a ponderar algumas questões, como por exemplo, qual expectativa que tenho de que o outro irá suprir minha carência afetiva ou minha autoestima cheia de fragilidades e incertezas?

A grande questão é que não conseguimos absorver o fato de que o outro é diferente de nós, com histórias, sentimentos e vivências que com certeza o levará a agir e pensar de modo totalmente diferente de nós, destruindo totalmente nossa construção platônica de relacionamento.

Para que possamos viver bem nossos relacionamentos, é de grande importância que possamos usar as tantas diferenças a favor e não contra, pois são elas que poderão nos abrir para o novo, para possibilidades de crescimento, para percepções de uma realidade por nós ainda não alcançada, enfim, as diferenças quando trabalhadas podem vir nos fortalecer enquanto casal e enquanto pessoa.

Só assim construiremos não um "felizes para sempre" mas um dia a dia feliz ao lado de quem escolhemos para nos acompanhar durante nossa vida.

Escrito por

Fábio Pedroso

Ver perfil
Deixe seu comentário

Últimos artigos sobre Casais