Meus pais não param de brigar

Feita por >Vinícius · 23 mai 2013 Terapia familiar

Penso constantemente em fugir de casa porque não suporto mais as brigas dos meus pais. Fico me perguntando se existe alguma coisa que eu posso fazer para evitar tanto conflito.

Resposta enviada

Em breve, comprovaremos a sua resposta para publicá-la posteriormente

Algo falhou

Por favor, tente outra vez mais tarde.

A melhor resposta 27 MAI 2013

Vinícios, boa noite!

Lamento o contexto no qual você vive hoje. No entanto, amigo, você já é quase um jovem adulto e é de se esperar que você já comece a adquirir uma certa independência psicológica, não uma indiferença em relação às pessoas que você ama, a fim de que você construa seu futuro, entre na universidade, comece a trabalhar o mais breve possível, claro, após formado, caso contrário estará perdendo tempo.

Dessa forma você terá forças para contribuir para a resolução do conflito de seus pais. Mas é interessante, desde já, sem ficar à mercê dos problemas de seus pais, ser assertivo e verbalizar seu sofrimento em função do comportamento desadaptativos de seus genitores. Mas exprima seu sentimento, nunca opinião, caso contrário eles te contestarão com maior facilidade. É muito mais difícil contestar sentimentos, porquanto são involuntários.

Boa sorte, amigo! Lute por seu futuro que é a melhor solução!
Dr. Miguel

Clínica Dr. Miguel Ângelo Psicólogo em Brasília de Minas

20 respostas

1535 pontuações positivas

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

5 MAI 2014

Veja, esse é um problema comum e saiba que você não está sozinho. Mas é importante também você ter consciência de que um problema de casal, quem soluciona é o casal, portanto, perca a esperança de que você vai conseguir solucionar essa questão. O máximo que você pode fazer para diminuir o seu desconforto é em uma hora de calma você expor o seu sofrimento e a sua angústia, sempre verbalizando nunca implorando ou apelando. Diga a eles o quanto é constrangedor pra você essa situação, jogando o constrangimento para eles e dessa forma, fazendo-os repensar na atitude e na permissividade que eles estão te impondo. É isso.

Dínerson Fiuza Psicólogo em São Paulo

268 respostas

14486 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

31 JUL 2013

Boa tarde, Vinicius!
Em primeiro lugar seria importante verificar a possibilidade de seus pais procurarem intervenção profissional. A partir deste passo, se pode encaminhar a verificação da situação e as possibilidades de acerto do relacionamento entre seus pais, e consequentemente deles com você. Se você pode fazer algo para evitar o conflito, vai depender do que move estes conflitos, mas tudo isso pode ser identificado e orientado, a você e a seus pais. Como você tem 17 anos, a busca de um profissional da psicologia precisa ser de conhecimento e autorização de seus pais. Então tente falar com eles, e sugerir a busca de um profissional, tanto pelas dificuldades que a situação deles te proporciona, como para que eles próprios possam sair das dificuldades que os lança em atrito. Fugindo de casa você não resolve o problema, encontra mais um. E todos precisamos transcender a nossa família de origem, e não romper com a mesma, o que sempre traz consequências emocionais, muitas vezes desastrosas. Tente sensibiliza-los a buscar orientação profissional, por você, por eles, por seus irmãos, caso os tenha. Este é o melhor modo de você fazer algo com bons resultados.

Atenciosamente
Psic. Ana Cláudia de Souza
Consultório Relações - Psicologia e Psicoterapia

Relações Psicologia e Psicoterapia Psicólogo em Florianópolis

31 respostas

3141 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

30 MAI 2013

Olá Vinícius!

Com certeza fugir de casa e do problema não será sua melhor solução. Não há como dar-lhe uma receita mágica apenas respondendo a questão. Use sempre o bom-senso, tente compreender os motivos pelos quais eles brigam e, mais ainda, procure alguém próximo à você e um profissional para que possa ajudá-lo de fato!

Att. Rosanna

All Family Psicólogo em Santos

36 respostas

3852 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

28 MAI 2013

Olá Vinicius,

A sua família está vivenciando um momento de crise e que acaba refletindo em todos os membros da família, inclusive em você. Veja bem, fugir de casa não irá solucionar o problema, nem te dará a paz necessária para que possa seguir em frente. Informe-se sobre terapia de família e converse com seus pais sobre esta ideia.

Na terapia familiar, todos vocês têm a oportunidade de elaborar conflitos que não estão sabendo lidar. Provavelmente seus pais não encontram soluções para lidar com as questões e, por isso, acabam discutindo e brigando. Saiba que eles também sofrem com isso.

Procure facilitar o diálogo dos dois e procure não tomar partido por um ou outro. Ao invés de fugir, torne-se presente em seu âmbito familiar, promovendo o respeito, amor e diálogo.

O primeiro passo pode ser o seu. Que tal programar um dia com a família? Ou ajudar em casa, com irmãos ou nos afazeres domésticos para que seus pais jantem a sós numa noite e possam conversar? Acredito que uma psicoterapia familiar possa ajudar bastante nesta relação.

Abraço.

Graciela Ciappino Psicóloga e Gestalt-terapeuta Psicólogo em Balneário Camboriú

2 respostas

139 pontuações positivas

Fazer terapia online

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

28 MAI 2013

Essa situação é vivenciada por muita gente e, se buscar, sempre existe uma maneira melhor de lidar com ela. Quando tiver oportunidade, exponha aos seus pais o que sente e como fica quando percebe ou presencia as brigas.

Não espere por uma solução e siga com a reflexão de que é na dificuldade que desenvolvemos o nossos limites e reconhecemos o nosso melhor, fortalecemos e aprendemos mais sobre nós mesmos e sobre os outros.

Mantenha-se são e invente espaço para se recompor com atenção e equilíbrio. Haverá um tempo que isso ficará no passado distante do seu presente.

Cuide-se!

Anônimo-157241 Psicólogo em Juiz de Fora

11 respostas

5396 pontuações positivas

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

24 MAI 2013

Olá Vinicius,

Sinto muito pelo que você está passando. Em relação a seus pais, não há o que você possa fazer para ajudá-los,. Se eles forem abertos à comunicação, você poderá explicar o que anda sentindo, mostre como sente.
A briga não é com você, o casal não está bem. Não assuma o lugar de cuidar deles, agora você sim está precisando de ajuda. Procure alguma faculdade de Psicologia em sua cidade ou mesmo alguma igreja que ofereça atendimentos psicológicos ou aconselhamentos para que você receba algum suporte emocional para poder encarar esta situação.
Não se coloque sozinho neste momento, busque ajuda e explique sua situação, ok?

Espero ter lhe ajudado.

Lia Aguilera Psicólogo em Londrina

1 resposta

136 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Psicólogos especializados em Terapia familiar

Ver mais psicólogos especializados em Terapia familiar

Outras perguntas sobre Terapia familiar

Explique seu caso aos nossos psicólogos

Publique a sua pergunta de forma anônima e receba orientação psicológica em 48h.

50 Você precisa escrever mais 9600 caracteres

Sua pergunta e as respectivas respostas serão publicadas no site. Este serviço é gratuito e não substitui uma sessão de terapia.

Enviaremos a sua pergunta a especialistas no tema, que se oferecerão para acompanhar o seu caso pessoalmente.

A sessão de terapia não é grátis e o preço estará sujeito às tarifas do profissional.

A sessão de terapia não é grátis e o preço estará sujeito às tarifas do profissional.

Coloque um apelido para manter o seu anonimato

Sua pergunta está sendo revisada

Te avisaremos por e-mail quando for publicada

Esta pergunta já existe

Por favor, use o buscador para conferir as respostas

Psicólogos 10900

Psicólogos

perguntas 9600

perguntas

respostas 31850

respostas