Meu psicólogo desistiu de mim, como lidar com isso?

Feita por >Lucas Cabral · 1 out 2022 Abordagem psicológica

Estava em acompanhamento com um psicólogo que gostava muito, mas no último mês ele disse que teria que parar com nossas sessões porque conseguiu uma bolsa na faculdade e não podia ter vínculos empregatícios.
Um mês depois fui procurar um novo terapeuta e aproveitei pra fazer uma avaliação no perfil dele, porém e descobri que ele nunca trancou o perfil e continua atendendo normalmente, inclusive com horários disponíveis e avaliações recentes de outros pacientes, o que me leva a crer que ele mentiu sobre isso e apenas quis encerrar o contato comigo.

Por quê será que isso aconteceu, o que eu posso ter feito de errado pro meu próprio psicólogo escolher parar a terapia, devo questioná-lo?
Estou extremamente chateado, nunca pensei que um psicólogo fosse encerrar o tratamento comigo dessa forma, principalmente depois de eu criar um vínculo de confiança.

Resposta enviada

Em breve, comprovaremos a sua resposta para publicá-la posteriormente

Algo falhou

Por favor, tente outra vez mais tarde.

A melhor resposta 4 OUT 2022

Oi Lucas,

Esse é um tema muito importante e pouco discutido. Obrigada por compartilhar sua experiência!
Pelo seu relato, consigo compreender a frustração e o grande desconforto como a forma que tudo aconteceu.
Sabemos que encerramentos de vínculos fazem parte de qualquer tipo de ralação, mas neste caso, considerando todo o contexto em que esta ruptura aconteceu, avalio que dar enfoque à perspectiva de que o profissional em questão não se sentia mais capaz de oferecer os cuidados que você precisa, talvez seja uma boa saída.
Tente considerar que o vínculo terapêutico entre psicólogo e paciente demanda transparência, parceria e afeto para a promoção de um processo terapêutico sólido e assertivo.
A sua chateação é completamente compreensível, mas reflita se faz sentido para você, lamentar a "perda" de um profissional que na verdade não estava conectado de maneira genuína ao seu cuidado...?
De maneira geral, não me aprofundarei aqui em destacar a má conduta ética do profissional, visto que alguns colegas já pontuaram.
Mas sinta-se acolhido por todos nós, e lembre-se que você ainda pode encontrar outro profissional e conseguir construir um novo processo.
Eu também fico à sua disposição*

Com carinho,
Psicóloga Laiza Costa

Laiza Costa Psicólogo em São Paulo

1 resposta

4 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

12 OUT 2022

Oi Lucas!
Li tua história e me tocou. Penso que uma relação terapêutica tem muitos atravessamentos, assim como em outras relações. Talvez tu não vá saber o que de fato aconteceu. Mas o lado que acredito ser importante focar é que temos condições sim de estabelecer vínculos fortes e de confiança com outras pessoas. E acredito que tu vais encontrar um profissional bacana para dar continuidade ao teu processo de psicoterapia. Só não desiste, tá? Talvez a desistência do processo tenha muito mais a ver com questões dele do que contigo.
No mais, fico a disposição se quiseres conversar.
Abraço!

Eduardo Marchioro Psicólogo em Porto Alegre

12 respostas

5 pontuações positivas

Fazer terapia online

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

4 OUT 2022

Olá Lucas Cabral, espero que esteja tudo bem com você.

Eu sinto muito pelo término abrupto e repentino, mas sugiro que você continue seu acompanhamento psicológico, pois acredito que isso estava te fazendo bem, e te auxiliando em seu desenvolvimento.
Não é muito produtivo julgar nosso colega sem conhecer a fundo o que está envolvido para que ele tomasse essa decisão, no que diz respeito a continuidade em seu atendimento. Apesar de você ter visto que a agenda estava disponível, pode ser que ele tenha cancelado o plano do site, ou realmente não esteja disponível no momento, por motivos que fogem a nossa compreensão. Porém, o que realmente importa em seu relato, é a sensação de quebra de vínculo terapêutico de maneira abrupta e inesperada, vamos entender aqui, independente do psicólogo com quem isso tenha ocorrido. Não ache que você fez alguma coisa errada com seu Psicólogo para que ele interrompesse o tratamento, pois esse não é o caminho adequado a seguir. Mas, sim, se você desejar pode perguntar se houve alguma razão, do ponto de vista teórico e técnico, para que houvesse esse término, pois a terapia estava fluindo de maneira satisfatória. Você pode também solicitar que ele te dê indicação de algum outro profissional que trabalhe com a mesma abordagem dele, e que possa seguir com o tratamento que ele estava desenvolvendo com você. Mas, você também pode iniciar com um outro profissional, com quem você nutra empatia e confiança, e que possa continuar seu tratamento e acompanhamento, inclusive ampliando sua compreensão sobre suas questões, e criando um outro vínculo forte e potente, o que pode ser muito interessante para você também. Nós somos seres que se vinculam, e isso pode ser construído constantemente.

Espero ter te ajudado, e desejo que fique bem.

Um abraço!

Clóvis Neto - Psicólogo Clínico CRP 17/1518

Clóvis Neto Psicólogo Psicólogo em Natal

628 respostas

885 pontuações positivas

Fazer terapia online

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

3 OUT 2022

ola! Se você precisar de ajuda estou disponivel a qualquer momento. É somente entrar em contato comigo e agendar sua consulta que irei lhe redponder o mais rapido possível

Rafaela de Arruda Custódio Psicólogo em Belém

1487 respostas

181 pontuações positivas

Fazer terapia online

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

3 OUT 2022

Olá Lucas Cabral
Compreendo a tua chateação... mas quem deve se envergonhar não é voce, é seu psicólogo que não teve a coragem e a humildade de te encaminhar para outro profissional.
Leve em consideração o que voce quer resolver em si mesmo, pouco importa o que tiver que fazer.
Procure outro, que te inspire confiança e siga o tratamento.
Inportante é voce solucionar o teu problema.
Abraços

Geime Rozanski Psicólogo em Brasília

4456 respostas

5603 pontuações positivas

Fazer terapia online

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

2 OUT 2022

Olá Lucas! Obrigado por escrever. Todo ser humano é muito complexo, extremamente complexo. Tão complexo a ponto de oitenta de anos de vida não permitir a cada um de nós, conhecermos por inteiro, a nós mesmos. Complexidade é riqueza. Teu psicólogo é humano, você é humano. Pode haver fatores humanos dele que não lhe permitem continuar com você. Pode haver fatores humanos teus que não tenham te permitido ler por inteiro esse processo de interrupção e seus fundamentos.
Será que se você perguntar para ele, ele poderá te dar uma resposta?
Será que você não pode ser prático e criar vínculo psicoterapêutico com outro psicólogo?
Abraços virtuais (A Covid e a Dengue são reais. A maior parte dos políticos são falsos, a imensa maioria dos
ditos, "líderes religiosos" querem é dinheiro - são falsos, atores, comerciantes da fé, opositores do conhecimento - preste atenção! Há até alguns falsos cientistas. Diante disso, sigamos recomendações de instituições como: Anvisa, TVs Educativas, Universidades Públicas, Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência, Organização Mundial da Saúde!)
Escolha a Democracia, não aprofunde a ditadura!
Vacine-se! Vacine as crianças! Não descarte totalmente as máscaras, evite aglomerações e elimine os criadouros de mosquitos.
Ary Donizete Machado - psicólogo clínico e orientador ocupacional.

Ary Donizete Machado Psicólogo em Limeira

6797 respostas

5905 pontuações positivas

Fazer terapia online

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

2 OUT 2022

Olá Lucas, provavelmente você deve ter levado isso muito para o lado pessoal, pode ser, por exemplo, que ele tinha dado essa bolsa como certa e por alguma razão não saiu como ele esperava (existem algumas possibilidades a serem consideradas). Certamente, seria de bom tom e profissionalismo, se for o caso dele optar, por qualquer razão, ter deixado de te atender, pode até ser que ele percebeu que você estava muito dependente e até considerando ele como amigo. Difícil dizer. Não creio que vale a pena você questioná-lo, até porque, nesse momento a confiança e o vínculo já foram quebrados. Tente buscar outro profissional. É o que melhor posso lhe dizer no momento. Mas se culpar é uma coisa que não faz o menor sentido nesse momento. Se foi o caso dele parar e não te explicar o porquê, ao meu ver, é falta de ética e profissionalismo. Abraços e espero que essa experiência ruim não te faça desistir

Alexandro Mana Psicólogo Psicólogo em São Paulo

11 respostas

7 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Psicólogos especializados em Abordagem psicológica

Ver mais psicólogos especializados em Abordagem psicológica

Outras perguntas sobre Abordagem psicológica

Explique seu caso aos nossos psicólogos

Publique a sua pergunta de forma anônima e receba orientação psicológica em 48h.

50 Você precisa escrever mais 23350 caracteres

Sua pergunta e as respectivas respostas serão publicadas no site. Este serviço é gratuito e não substitui uma sessão de terapia.

Enviaremos a sua pergunta a especialistas no tema, que se oferecerão para acompanhar o seu caso pessoalmente.

A sessão de terapia não é grátis e o preço estará sujeito às tarifas do profissional.

A sessão de terapia não é grátis e o preço estará sujeito às tarifas do profissional.

Coloque um apelido para manter o seu anonimato

Sua pergunta está sendo revisada

Te avisaremos por e-mail quando for publicada

Esta pergunta já existe

Por favor, use o buscador para conferir as respostas

Psicólogos 13850

Psicólogos

perguntas 23350

perguntas

respostas 58500

respostas