Acesso consultório Cadastre grátis seu consultório

A anorexia é uma doença de adolescentes?

<strong>Artigo revisado</strong> pelo

Artigo revisado pelo Comitê de MundoPsicologos

A anorexia é um transtorno alimentar que afeta cerca de 1% da população mundial. Descubra neste artigo qual o perfil mais comum de quem tem esta doença e como tratá-la.

11 JAN 2016 · Leitura: min.
A anorexia é uma doença de adolescentes?

Um dos transtornos alimentares mais conhecidos é a anorexia, que afeta, na ampla maioria dos casos, pessoas do sexo feminino. As estatísticas apontam que ao redor de 1% da população mundial é vítima deste problema.

Apesar de o quadro poder se arrastar até a fase adulta, trata-se de uma doença que se manifesta especialmente na adolescência. A faixa etária mais comum é a de 14-18 anos. Porém, num mundo em que o culto à beleza do corpo e à magreza ganha cada vez mais força, os diagnósticos em idades mais precoces vem aumentando, com casos a partir de 9 anos.

Os especialistas alertam: a anorexia é silenciosa e todo o cuidado é pouco! Isso porque se trata de um transtorno com alto índice de mortalidade, causando mais estragos que a depressão. Apesar de não haver relatórios consolidados sobre a evolução da doença no Brasil, estima-se que a anorexia é 12 vezes mais mortal em pacientes entre 15 e 24 anos, sendo o suicídio a principal causa de óbito.

Como a anorexia se manifesta?

Desde a infância, cada pessoa comporta de forma particular em relação à comida. É normal que as crianças e adolescentes recusem determinados alimentos, saltem refeições, mas o problema começa quando esse tipo de comportamento vira uma constante constante, sem indícios de mudanças.

Quem sofre de anorexia tem uma intensa preocupação com o aumento de peso, estando visivelmente perturbado com sua imagem corporal. Por consequência, o medo de engordar faz com que a pessoa deixe de se alimentar, contando as calorias de cada alimento, recorrendo a remédios para emagrecer e, muitas vezes, forçando o vômito num gesto desesperado de culpa por haver comido.

O quadro é fisicamente e psicologicamente estressante. A pessoa dorme mal, fica irritada, tem dores de cabeças frequentes, fraqueza, dores abdominais, além da perda brusca de peso. Alguns especialistas defendem que a perda de 15% da massa corporal já pode ser um indício de anorexia.

Como tratar a anorexia?

A melhor forma de enfrentar este problema é com um acompanhamento multidisciplinar. Normalmente, o diagnóstico começa ou no psiquiatra ou no psicólogo, mas precisa envolver ainda endocrinologista e nutricionista.

Se você está enfrentando este problema em casa, não deixe de entrar em contato com um psicólogo especializado em anorexia. É fundamental reconhecer e tratar este problema, o mais rápido possível, para garantir bons resultados.

Foto: por .S (Flickr)

psicólogos
Linkedin
Escrito por

MundoPsicologos.com

Deixe seu comentário

últimos artigos sobre anorexia