Acesso consultório Cadastre grátis seu consultório

Não quero voltar com ex, mas me incomoda o ver com outra

Feita por >alexandra · 29 jun 2016 Ciúmes

Vivi durante 14 anos com meu marido. Tínhamos um casamento estável, porém, no último ano nossa relação foi abalada por traição de ambas as partes. A relação acabou com muitos conflitos. Sai de casa e estamos separados. Ele tentou várias vezes voltar comigo, mas eu não quis, não sinto mais confiança e nem tão pouco atração física. Por outro lado, sinto muito a falta de um companheiro e da ideia de ter alguém para seguir a vida junto. Ele está namorando uma pessoa há quatro meses e eu estou extremamente incomodada com a situação. Sofro demais com isso. Acho que devo estar louca. Não sei o que fazer e como me livrar deste sentimento tão confuso e egoísta.

Resposta enviada

Em breve, comprovaremos a sua resposta para publicá-la posteriormente

Algo falhou

Por favor, tente outra vez mais tarde.

A melhor resposta 30 JUN 2016

Olá Alexandra bom dia! primeiramente você não está loca e sim enfrentando uma fase afetiva adversa que seria algo esperado após uma separação conflituosa. Seria bom identificar o que de fato a esta incomodando se é o fato dele já estar numa outra relação ou você ainda não ter encontrado outra pessoa. Identificando a causa real pode verificar que pensamentos esta tendo sobre isto e que significado tem isto para você. Mas lembre se que a questão afetiva é apenas uma área das nossa vida tem outras como a familiar ,profissional, social, saudê tente investir nelas que será mais fácil enfrentar esta turbulência.
abs boa sorte
Fernando

Terapeuta Cognitivo Fernando Vargas Psicólogo em São Paulo

4 respostas

135 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

6 JUL 2016

Olá Alexandra, o autoconhecimento com ajuda profissional psicológica se faz necessário. É preciso ver quais as crenças que você tem sobre você, o futuro e o outro. Vejo que você precisa se fortalecer e compreender o que está acontecendo, o que está lhe causando esse sofrimento para que possa ficar bem.

Denise de Melo Peixoto Psicólogo em Recife

19 respostas

1360 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

4 JUL 2016

Bom dia Alexandra,
Há vários pontos a serem discutidos no seu relato, principalmente um olhar dissociado referente ao seu casamento e separação. Medos e inseguranças são comuns enquanto atravessamos períodos de reencontro com nosso eu, assim prefiro chamar diante de mudanças. Será muito importante nesta nova etapa de vida que você busque auxilio profissional, para que se consolide algo bem bacana em sua vida.

Psicóloga Érica Dalla Psicólogo em Taubaté

8 respostas

151 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

1 JUL 2016

Oi Alexandra,

inicialmente você se apresenta bem confortável e decidida.
Isso só mudou depois de ele vir a ter uma namorada, o que me faz pensar que corre o risco de você estar prestando muita atenção na vida dele. Calma, você também poderá ter um novo companheiro, o tempo de cada um, para encontrar alguém é diferente. Tente tirar a atenção do ex e focar em outras coisas que você gosta e quer na vida, pelo menos por alguns dias, e vamos ver o resultado..

Tânia Maria Magalhães Psicólogo em Belo Horizonte

9 respostas

452 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

1 JUL 2016

Boa Noite Alexandra

Analisando a situação, como já alguns colegas disseram o desgaste do seu casamento já vinha transcorrendo há muito tempo. A relação até poderia ser recuperada quando os primeiros sinais apareceram e passaram a procurar novos relacionamentos. Se for sob o foco da terapia sistêmica ou familiar ambos estavam querendo resgatar este relacionamento, porque o relacionamento extra conjugal nem sempre fala da ausência de amor. Este seu incômodo pode ter um significado oculto na sua mente inconsciente, coloca a possibilidade de sentir que está perdendo aquilo que vc não teve. Conflitos internos um lado que quer ficar e outro que não quer. Não pense não que isto é loucura, os conflitos nascem desta ambivalência em muitas pessoas, creia uma vez integrando estes lados, o conflito desaparece ou pelo menos diminui e vc trabalhando sua autoestima fica mais livre para tocar sua vida de forma equilibrada . Boa sorte.

Arlete Maria dos Santos Psicólogo em São Paulo

110 respostas

5503 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

1 JUL 2016

Boa tarde, Alexandra,
Em grande parte das vezes, as relações afetivas com alguém envolvem sentimento de posse ou de pertencimento, daí seu incômodo ao perceber seu antigo par renovando a própria vida.
É um direito dele, já que vc se declara sem interesse por ele. Mas também é um direito seu fazer o mesmo.
O detalhe: não o faça apenas para magoá-lo ou se colocar em nível de superioridade, mas porque você está aberta para continuar vivendo com plenitude e realizando o que deseja, encontrar um companheiro que a respeite e admire.
Um trabalho terapêutico ajudaria bastante nesse novo centramento que você precisa estabelecer para si.
Grande abraço e disponha sempre!

Celso Martins Psicólogo em Curitiba

23 respostas

1223 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

1 JUL 2016

Olá Alexandra! Importante você conseguir distinguir os sentimentos, atração física, companheirismo e, podemos dizer, "sentimento de posse", pois ele era "seu" por 14 anos e agora está com outra pessoa. A confusão de sentimentos é normal, mas ele está seguindo a vida e você, pelo que disse, está de certa forma ainda ligada ao passado, embora tenha dito que você mesma não quis. Acredito que realizar uma psicoterapia pode te auxiliar a elaborar melhor essa mudança de fase em sua vida.

Abraço!

Thais R. S. Lopes Psicólogo em Santo André

18 respostas

663 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

1 JUL 2016

alexandra!!!! saudaçoes!!!!te oriento á procurar uma psicoterapia com um bom psicologo para que vc possa se conhecer mais e trabalhar seus sentimentos, ok? sou sandra elena carosio-psicologa-sexologa-hipnoterapeuta
obrigada pelo contato.

Sandra Elena Carosio Psicólogo em São José do Rio Preto

480 respostas

21588 pontuações positivas

Fazer terapia online

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

1 JUL 2016

A psicoterapia poderá lhe ajudar a passar por este momento mais difícil e a clarear mais a diferenciação da saudade do seu marido ou do fato de estar sem um relacionamento neste momento. Cuidar de si e de sua auto estima poderão lhe ajudar a ter mais segurança para enfrentar os desafios da vida e a superar este relacionamento.

Patrícia Martins Psicólogo em Belo Horizonte

312 respostas

14800 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

30 JUN 2016

Olá Alexandra. Uma escuta singular pode ajudar a pensar as coisas de outro modo ou encará-las de outro modo. Se quiseres, a primeira sessão é gratuita, apenas para nos conhecer. Depois podemos combinar o trabalho a seguir.

Pedro Augusto Papini Psicólogo em Porto Alegre

8 respostas

205 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

30 JUN 2016

Ola Alexandra,
E super importante neste momento que você procure ajuda. Como vc relata, estas fazendo algumas avaliações equivocadas. A terapia vai lhe auxiliar a olhar os eventos com outras lentes, as atuais estão "riscadas" e lhe trazem a precisão necessária. Ao pensar sobre os eventos de modo diferente, os sentimentos serão diferentes e por consequência seus comportamentos. Abracos.

CogniAção Terapia Cognitivo-Comportamental Psicólogo em Florianópolis

100 respostas

7510 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

30 JUN 2016

Alexandra, em períodos de mudança, principalmente depois de muito tempo de convivência e companheirismo, é normal ter oscilações de sentimento. Creio que talvez seja importante voltar-se em reconstruir sua vida amorosa, ao invés de voltar ao passado, e ficar remexendo na perda do marido. Um acompanhamento psicológico poderia te auxiliar a lidar com essas emoções e pensamentos.

Livia Pignaton Caser Psicólogo em Vila Velha

54 respostas

4240 pontuações positivas

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

30 JUN 2016

Olá! Todo fim é ruim. Alguém sai ferido.
Mas a falta do companheirismo que vc viveu em um determinado momento pode ser saudoso, agora qd diz que sofre...procure um psicólogo vai ser bom para você
Saúde

Clínica de Bem Estar Psicólogo em Guarulhos

210 respostas

13987 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

30 JUN 2016

Boa noite Alexandra!

O fim do relacionamentos podem deixar marcas , tristezas , conflitos , mesmo quando se opta pela separação. Pelo que você escreveu está em uma nova fase : solteira após 14 anos de união. Oriento a iniciar a terapia, porque neste contexto junto com o profissional ,será possível elaborar emocionalmente o término do casamento e também trabalhar em prol do seu novo momento , para que possa vivência - lo de forma plena e genuína.

Obrigado pelo contato.
Abraços.

Psicóloga Aline de Paula do Nascimento Psicólogo em São Paulo

34 respostas

1256 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

30 JUN 2016

Bom dia Alexandra!

O fim do relacionamento deixa marcas , cicatrizes que muitas vezes não sabemos como lidar. Mesmo quando se escolhe não retomar o relacionamento, há diversos sentimentos em relação ao ex companheiro , que provocam confusão e não entendemos o porque de tais emoções. Você está vivendo uma situação nova : após 14 anos , está solteira, ou seja sem um companheiro para dividir o seu dia a dia . Oriento a procurar um(a) profissional de Psicologia, para iniciar a terapia . Na terapia encontrará ambiente ético e acolhedor , no qual será possível elaborar o término da relação e também haverá espaço para se trabalhar a sua atual fase .

Obrigado pelo contato.
Boa Sorte !
Abraços.

Psicóloga Aline de Paula do Nascimento Psicólogo em São Paulo

34 respostas

1256 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

30 JUN 2016

Ola,Alexandra!
Voce mesmo relata que o casamento ja vinha com grandes dificuldades. O que resultou no fim da relacao. Mas o fim de um relacionamento na maioria das vezes e acompanhado de sentimentos de fracasso, inseguranca e perda ajeitar todos esses sentimentos leva algum tempo.
Como voce mesmo falou que gostaria de tambem estar recomecando a vida com alguem ao seu lado.Seria bom boce procurar um terapeuta e trabalhar todss essas questoes.

Cristiane Cabreira Psicologia Psicólogo em Florianópolis

38 respostas

2902 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

30 JUN 2016

Boa noite Alexandra! Percebo que está passando por muitas mudanças e a adaptação a estas mudanças é um processo, pode ser que estava acostumada com a relação anterior, no entanto não significa que era boa como você mesma relata, também nos acostumamos com o que não é bom. Procure se questionar o que sente quando percebe que se ex está seguindo em frente e o que isto significa a seu respeito. Recomendo psicoterapia para ajudá-la a passar de forma mais eficaz por este processo.

Psicóloga Alcimar Lopes Gonçalves Psicólogo em Mogi das Cruzes

4 respostas

304 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

30 JUN 2016

Olá Alexandra, penso que neste momento você se encontra um pouco fragilizada com a situação. E que está um pouco confusa a respeito dos seus sentimentos. Procurar um psicólogo e externalizar toda esta emoção, a ajudará compreender os seus sentimentos e também lidar melhor com esta situação que está te incomodando tanto.

Consultório de Psicologia Nilcéia Besse Psicólogo em São Bernardo do Campo

10 respostas

1013 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

29 JUN 2016

Olá Alexandra!
Parece que oque está lhe incomodando é o fato de seu ex marido estar desfrutando de uma situação que você gostaria de estar vivenciando neste momento, ter um companheiro para desfrutar ao longo da vida.
Pelo seu pequeno relato, seu ex marido não lhe completa em todos os aspectos de uma relação, e isso ao final do casamento já vinha se evidenciando quando ambos buscaram outros parceiros.
Seria importante que você buscasse a ajuda de um psicólogo para entender melhor seus sentimentos e refletir sobre oque você busca e espera de um novo relacionamento, desta forma você aprenderá a lidar melhor com o vazio que lhe incomoda atualmente em sua vida afetiva na ausência de uma sólida relação, se preparando para novos relacionamentos.

Fico a disposição,

Maitê Hammoud

Maitê Hammoud Psicólogo em São Paulo

1466 respostas

39288 pontuações positivas

Fazer terapia online

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Psicólogos especializados em Ciúmes

Ver mais psicólogos especializados em Ciúmes

Outras perguntas sobre Ciúmes

Explique seu caso aos nossos psicólogos

Publique a sua pergunta de forma anônima e receba orientação psicológica em 48h.

50 Você precisa escrever mais 8750 caracteres

Sua pergunta e as respectivas respostas serão publicadas no site. Este serviço é gratuito e não substitui uma sessão de terapia.

Enviaremos a sua pergunta a especialistas no tema, que se oferecerão para acompanhar o seu caso pessoalmente.

A sessão de terapia não é grátis e o preço estará sujeito às tarifas do profissional.

A sessão de terapia não é grátis e o preço estará sujeito às tarifas do profissional.

Coloque um apelido para manter o seu anonimato

Sua pergunta está sendo revisada

Te avisaremos por e-mail quando for publicada

Esta pergunta já existe

Por favor, use o buscador para conferir as respostas

Psicólogos 10750

Psicólogos

perguntas 8750

perguntas

respostas 30250

respostas