Acesso consultório Cadastre grátis seu consultório

Sem desejo sexual

Feita por >Amanda · 28 mai 2013 Terapia sexual

Desde mocinha gosto de sexo direto e reto, mas no início de todos os relacionamentos... Depois de alguns meses, o desejo cai e se não tiver para mim é melhor ainda! Cheguei a ter vários homens em minha vida e sempre foi assim. Hoje sou casada há mais de 8 anos e tenho 32 anos e meu marido 28, ele gosta muito de sexo, mas ficamos meses sem fazer. E ele quer porque quer que eu tome as iniciativas e eu não gosto. Se tiver que rolar, tenho que ser procurada. O que fazer?

Resposta enviada

Em breve, comprovaremos a sua resposta para publicá-la posteriormente

Algo falhou

Por favor, tente outra vez mais tarde.

A melhor resposta

Boa tarde, Amanda!

Antes de mais nada é necessária uma investigação, a fim de verificar se há algum distúrbio fisiopatológico que justifique sua falta de libido. Para mim, não ficou muito claro se você é anorgástica ou tem algum distúrbio como dispareunia (dor durante a relação), vaginismo (contração da musculatura no terço inferior da vagina no momento da relação), se já teve desejos homossexuais ou se já sofreu abuso, especialmente na infância.

A técnica de Masters e Johnson seria uma ótima alternativa. Mas ela deve ser supervisionada por um psicólogo, preferencialmente cognitivo-comportamental, associada a uma terapia de casal.

Dr. Miguel Ângelo

Clínica Dr. Miguel Ângelo Psicólogo em Brasília de Minas

20 respostas

1528 pontuações positivas

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Amanda,

Provavelmente você tem uma crença que inibe a sua libido depois de algum tempo de relacionamento. Eu sugiro a você que faça terapia para trabalhar essa crença disfuncional e ter uma vida sexual ativa e feliz.

Dínerson Fiuza Psicólogo em São Paulo

258 respostas

14442 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Boa tarde, Amanda!
As relações sexuais, assim como todas as relações humanas implicam numa série de elementos para ocorrerem satisfatoriamente. Desde clima e atmosfera antropológica, até boas condições fisiológicas. Para identificar o que ocorre com você, é preciso que verifiquemos o que está ocorrendo em intervenção interdisciplinar. Como você refere que no início das relações amorosas, o sexo é realizado e satisfatório, seria preciso identificar o que ocorre antes e depois de certo tempo para que as relações sexuais venham a ser um problema. Um fenômeno é sempre uma diversidade de ocorrências articuladas, então estas precisam ser cientificamente identificadas, com descrição das ocorrências envolvidas. Para tanto é importante que você procure um profissional da psicologia que através de metodologia de intervenção científica, verifique o que lhe ocorre e articule intervenção interdisciplinar, conforme exigência de cada caso.

Atenciosamente
Psic. Ana Cláudia de Souza
Consultório Relações - Psicologia e Psicoterapia

Relações Psicologia e Psicoterapia Psicólogo em Florianópolis

31 respostas

3134 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Amanda, a situação que você relata, a meu ver, não diz respeito ao seu relacionamento atual, já que você diz que em várias experiências, após um determinado tempo, você se desinteressa e prefere até que não ocorra o sexo.

Uma ajuda profissional com certeza será o primeiro passo para você entender o que se passa. Muitas vezes ocorre que a vontade de conquistar e dominar é mais forte do que o desejo por um relacionamento inteiro, satisfatório a ambos. Procure com a ajuda certa entender-se, descobrir como se sente em cada etapa de deus relacionamentos, o que ocorreu desde a primeira vez que observou esse esfriamento e se isso também ocorre em outras áreas de sua vida (trabalho, amizades, interesses diversos).

Uma terapia individual irá ajudá-la nesse processo inicial. Depois, com a orientação, faça uma terapia de casal.
Um abraço e tenha fé, você já deu o primeiro passo!

Psicóloga Olimpia Marques Psicólogo em Rio de Janeiro

4 respostas

20 pontuações positivas

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Amanda, muitas vezes o desejo diminui devido à rotina, estresse ou falta de estímulos; e o mesmo ocorre com o seu marido. Procurem um terapeuta de casal, pois com ajuda profissional poderá chegar à raiz exata do problema e, com isso, melhorar o relacionamento e consequentemente o lado sexual, o desejo.

Procure analisar o que acontece, depois de quanto tempo você perde o interesse sexual e leve ao terapeuta, ok?
Beijos, espero ter ajudado.

Daniela Uemura

Daniela Uemura Psicólogo em Guarulhos

5 respostas

167 pontuações positivas

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

É preciso investigar primeiramente de que ordem é este problema (se é que você considera mesmo um problema): de ordem orgânica, biológica, fisiológica ou psicológica.

Descobrir o que te faz desejar, o que faz com que o desejo desapareça, algo está por trás disto. E também saber do seu objetivo: o que você mudar?

Atenciosamente. Carolina Horta

Carolina Horta Psicólogo em Belo Horizonte

2 respostas

138 pontuações positivas

Fazer terapia online

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Amanda! Acho que não compreendi muito bem o que exatamente você quer dizer com "sexo direto e reto". Com a convivência diária é natural que a paixão e o desejo diminuam com o tempo. O que a impediria de tomar as iniciativas? Há muitas coisas a serem consideradas.

Att. Rosanna

All Family Psicólogo em Santos

36 respostas

3849 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

É importante observar o que leva a essa falta de desejo pelo ato sexual. Na sua pergunta surgem duas questões a serem observadas:

1) Qual seu sentimento em relação a essa falta de desejo pelo sexo? Você sente que fica mais árida a relação ou o sentimento em relação a seu marido? Você sente que fica mais forte? Você sente que seus interesses se voltam para outras coisas (trabalho, filhos, etc.)?

2) Esta pressão do seu marido pelo ato sexual lhe incomoda pela exigência dele ou por você sentir que não consegue cumpri-la? Você sente que isso afeta seu relacionamento com ele só em relação ao sexo ou se amplia além dessa intimidade (afetando os sentimentos dele por você, por exemplo)?

Esses pontos são importantes a serem observados quando se busca uma conversa franca com o parceiro, pois toda relação emocional é uma via de dois lados, onde um dos lado não pode ser anulado para a realização do desejo do outro (nem você pode se anular da relação nem o seu marido pode ser anulado da questão).

Criem um espaço intimo para a conversa franca já comentada, pois assim vocês se sentirão mais seguros para expor as intimidades um para o outro.

Rodrigo Bastos Mello Psicólogo em Salvador

14 respostas

269 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Acho que isso acontece com a maioria das mulheres Amanda, o ideal seria ter uma conversa franca com seu parceiro para que ele não exija muito que você tenha que tomar a iniciativa e esteja sempre disponível quando ele te procurar. Pelo menos, ameniza a sua falta de interesse. Muitas vezes também o que falta é o estimulo do sexo durante todo o dia e não somente quando estão na cama.

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Psicólogos especializados em Terapia sexual

Ver mais psicólogos especializados em Terapia sexual

Outras perguntas sobre Terapia sexual

Explique seu caso aos nossos psicólogos

Publique a sua pergunta de forma anônima e receba orientação psicológica em 48h.

50 Você precisa escrever mais 7700 caracteres

Sua pergunta e as respectivas respostas serão publicadas no site. Este serviço é gratuito e não substitui uma sessão de terapia.

Enviaremos a sua pergunta a especialistas no tema, que se oferecerão para acompanhar o seu caso pessoalmente.

A sessão de terapia não é grátis e o preço estará sujeito às tarifas do profissional.

A sessão de terapia não é grátis e o preço estará sujeito às tarifas do profissional.

Coloque um apelido para manter o seu anonimato

Sua pergunta está sendo revisada

Te avisaremos por e-mail quando for publicada

Esta pergunta já existe

Por favor, use o buscador para conferir as respostas

Psicólogos 10600

Psicólogos

perguntas 7700

perguntas

respostas 28950

respostas