Acesso consultório Cadastre grátis seu consultório

Vivo um relacionamento abusivo e meu namorado demonstra traços de sociopatia

Feita por >Roberta em 15 dez 2019 Violência psicológica

Olá, tenho 18 anos e estou em um relacionamento há 10 meses, no começo tudo ocorria normalmente. mas depois de alguns meses, ele se mostrou alguém completamente ciumento, obsessivo, manipulador e sem empatia. sempre que termino com ele, ele ameaça se matar, demonstra um "excesso de merecimento" alegando que depois de tudo que ele fez por mim, não posso terminar com ele. Me manipula, manipula até familiares, tentando colocar minha mãe contra mim, pra que eu não termine com ele. Além de perseguições e atitudes tóxicas e abusivas que ele tem comigo, quase que me obrigando a fazer coisas que não quero, indo atrás de mim em todos os lugares que vou. Temo até que ele tente algo contra minha vida. Não sei o que faço, me sinto de mãos atadas, me ajudem por favor!! obrigada.

Resposta enviada

Em breve, comprovaremos a sua resposta para publicá-la posteriormente

Algo falhou

Por favor, tente outra vez mais tarde.

A melhor resposta

Se você tem medo que em uma crise ou em um surto dele, ele ameace a sua vida, procure ajuda para sair deste relacionamento com urgência! Se precisar procure a polícia. Pelo que descreve este seu namorado não tem uma saúde emocional para um relacionamento saudável. Então, não se deixe levar pela conversa dele. Se fortaleça você e tome uma decisão. Procure apoio da sua família e amigos. Não coloque sua segurança em risco por um relacionamento jamais.

Camila Lopes Psicóloga Psicólogo em Jundiaí

14 respostas

11 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Oi Roberta...
Em primeiro lugar, dialogue contigo mesma e te pergunte porque tu teve que escolher este tipo de pessoa para ti. Qual a motivação interna que tu tem para ser "abusada" assim, para ser vigiada assim, para viver com medo dele... Tu ama a ti mesma? Se sente livre e autônoma para realizar tuas coisas? Ou se sente insegura, com medo de consequências e "mereces" ser castigada. Isto é primordial para tu descobrir. Te sugiro um bom Psicoterapeuta para que ele possa te ajudar nesse sentido.
O motivo principal está dentro de ti, é uma motivação tua. Resolvido isso, ele naturalmente se afastará de ti, sem nenhuma resistência.
Verifica o que teu coração deseja, como queres viver a tua vida, o que deseja ser, como vai realizar... construa um significado para a tua vida, o que queres da vida!
Tire ele do teu foco,
Foque o teu Projeto de Vida e busque realizá-lo.
Se puder ajudar mais, retorne.

Geime Rozanski Psicólogo em Brasília

577 respostas

260 pontuações positivas

Fazer terapia online

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Olá Roberta, boa tarde. Relacionamento é ESCOLHA. Verdade que você escolhe ser responsável pela vida de uma pessoa que nitidamente a chantageia emocionalmente, e te manipula através da SUA própria necessidade de salvar vidas? Perceba o quanto você está presa à sua própria decisão, e não às ameças da pessoa em questão, pois cada um é responsável pelo que faz consigo mesmo e, se ele cumpre se matar, você não é e nunca será culpada. Se questione sinceramente, o quanto de ganhos secundários você tem nesse relacionamento, que seja : o quanto te dá prazer saber que alguém é capaz de morrer por você, o quanto te envaidece ser amada acima de qualquer coisa, quanto controle você experimenta sabendo que essa pessoa depende de você? O quanto você teme não encontrar alguém que te ame tanto e, por isso você finge permanecer por pena e cuidados, quando, na realidade, você permanece por você mesma e não vê? Você percebe o quanto você se sente numa posição de poder, de forma inconsciente, porque acredita que delibera sobre outra vida? Tudo isso te faz permanecer, sem que você perceba, fora outras questões, que poderia deixar claro aqui. ESCOLHA não ter o controle, nem a responsabilidade e você se sentirá forte para sair dessa situação. ESCOLHA ser capacitada para reter e receber amor sem "provas", pois certamente você aprendeu que amor vem agregado a essas condutas de desespero e apego, e aceita a normalidade dentro disso. Mudar de ponto de vista não te fará menos. Nós recebemos exatamente o que acreditamos que merecemos e permitimos. E você se permite o quê? Reflita... Estou à disposição. grande abraço.

Mary Athayde Psicóloga Psicólogo em Rio de Janeiro

2 respostas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Olá Roberta!. Namoro é experimento, dez meses é tempo bem curto. Você tendo convicção de que há abuso, que não gosta de comportamentos dele, você fez o teste do namoro e não deu certo. Precisa é tomar as precauções para terminar em situação de segurança e respeito por si mesma, por ele. Será interessante trocar a busca de formas de lidar com a situação com a ajuda de pessoas de sua confiança, com experiência e boa ponderação. Um abraço: Ary Donizete Machado.

Ary Donizete Machado Psicólogo em Limeira

921 respostas

417 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Psicólogos especializados em Violência psicológica

Ver mais psicólogos especializados em Violência psicológica

Outras perguntas sobre Violência psicológica

Explique seu caso aos nossos psicólogos

Publique a sua pergunta de forma anônima e receba orientação psicológica em 48h.

50 Você precisa escrever mais 7200 caracteres

Sua pergunta e as respectivas respostas serão publicadas no site. Este serviço é gratuito e não substitui uma sessão de terapia.

Enviaremos a sua pergunta a especialistas no tema, que se oferecerão para acompanhar o seu caso pessoalmente.

A sessão de terapia não é grátis e o preço estará sujeito às tarifas do profissional.

A sessão de terapia não é grátis e o preço estará sujeito às tarifas do profissional.

Coloque um apelido para manter o seu anonimato

Sua pergunta está sendo revisada

Te avisaremos por e-mail quando for publicada

Esta pergunta já existe

Por favor, use o buscador para conferir as respostas

Psicólogos 10500

Psicólogos

perguntas 7200

perguntas

respostas 28850

respostas