MundoPsicologos.com
MundoPsicologos.com
No Google Play Na App Store

Vivo com ansiedade muito forte e não sei mais o que fazer

Feita por >Renatha Ferriello>. 18 Dez 2018 2 respostas  · Ansiedade

Tenho 20 anos e sofro de ansiedade desde sempre, porém ela vêm ficando mais forte a cada dia que passa e eu já não estou mais aguentando viver assim. Eu não consigo nem imaginar como é viver sem essa angústia e se eu conseguisse isso ia ser um sonho realizado. Minha cabeça não para de preocupar nunca. Sempre tenho bilhares e bilhares de pensamentos o tempo inteiro, todos os dias. Eu não aguento mais. Não durmo bem a noite por conta da ansiedade e isso faz com que eu fique mais ansiosa querendo dormir pra descansar, e não consigo. Eu só queria conseguir desligar a minha cabeça por 10 minutos que fosse. Já tentei de tudo para melhorar sozinha porém não dá, nada funciona. Eu sei que deveria ir em um psicólogo porém minha família não acha que eu tenha nenhum problema ou motivo para ser assim, então me impedem de ir. Estou desesperada e já não sei mais o que posso fazer.

família

A melhor resposta

Bom ter o seu contato Renatha!!!


Duas dicas que podem servir como paliativos para a ansiedade.

Primeira: ao perceber os sintomas, coloque um pouco de água na boca e não ingira imediatamente, estimulando a salivação, para isso tenha sempre consigo uma garrafinha de água consigo (quando uma pessoa está ansiosa, estressada, sua boca fica seca, porque parte da resposta emergencial é desativar o sistema digestivo, desta forma com a água na boca e estimular a produção de saliva ativa novamente o sistema digestivo e a resposta é o relaxamento diminuindo consequentemente a ansiedade);

Segunda dica: chama-se efeito paradoxal, ao sentir-se ansiosa, pense e diga para si mesma:"quero ficar mais ansiosa" de maneira continua, também é uma forma que pode contribuir para um alivio desta ansiedade.

A ansiedade pode ser gerada por vários fatores, desta forma uma avaliação com um profissional da área da psicologia é sempre uma sugestão para contribuir com a sua demanda e encaminhar para o tratamento que se fizer necessário.

Somos seres biopsicossociais, afetados pelas necessidades do organismo, do meio ambiente e dos nossos pensamentos, gerando informações que acessam o sistema nervoso e esse irá acionar os meios para o equilíbrio desejável para a sua estabilidade.

A ansiedade faz parte desse processo, e quando ela é ativada descompensa outras funções nos deixando confusos de certa forma.

Sugiro, ainda se for do seu interesse, procure um profissional da área da psicologia habilitado em EMDR, uma estimulação bilateral dos hemisférios cerebrais, reprocessando e dessensibilizando o que lhe incomoda, processo realizado em consultório que pode contribuir de forma significativa para um retorno de uma qualidade de vida desejável.

Atenciosamente,

A resposta foi útil a você?

Sim Não

Obrigado pela sua avaliação!

Renata, pelo seu relato é possível ver o sofrimento que a ansiedade lhe traz. Você está certa em querer buscar auxilio de um profissional psicólogo que com certeza pode te ajudar.

Caso, você não tenha condições de buscar essa ajuda sozinha ou sinta que precise da aprovação da família. Minha sugestão é que você busque um momento mais calmo, converse com sua família de maneira formal, diga a eles que muitas pessoas sofrem com ansiedade e que você entende que é algo normal. Porém, no seu caso, ela é muito intensa e prolongada, procure explicar os sintomas, e listar os prejuízos que isso traz a sua vida.

Uma das coisas que você pode manter sempre presente em sua fala é que você não está conseguindo lidar com isso sozinha. Esteja preparada mentalmente para as perguntas e reações, procure não reagir com raiva ou frustração e também não sinta que é melhor nem expor o que sente. Escute e responda. Embora muitos fatores estejam envolvidos em questões relacionadas a saúde mental e emocional, para ajudar na conversa, você pode responder que eles estão certos sobre não haver motivo e que você concorda que talvez não deveria estar se sentindo dessa forma, diga que é justamente por isso que você sabe que precisa de ajuda.

Boa sorte!

A resposta foi útil a você?

Sim Não

Obrigado pela sua avaliação!

19 DEZ 2018

Logo WellMind Psicologia e Gestão de Pessoas WellMind Psicologia e Gestão de Pessoas

11 respostas

29 pontuações positivas

Perguntas similares

Ver todas as perguntas
Ansiedade, não sei se gosto dele (estou desesperada!)

4 respostas, última resposta em 20 Maio 2019

Não sei o que faço com a ansiedade

2 respostas, última resposta em 20 Maio 2019

Minha ansiedade voltou muito forte. Isso é normal?

9 respostas, última resposta em 04 Abril 2019

Não sei se amo o meu namorado: 6 meses e não fazemos mais sexo

2 respostas, última resposta em 28 Janeiro 2019

Não sei o que fazer com o comportamento da minha filha!

3 respostas, última resposta em 04 Abril 2018

Estou confusa, não sei o que fazer

2 respostas, última resposta em 21 Maio 2019

Meu pai está traindo minha mãe, não sei o que devo fazer!

1 resposta, última resposta em 01 Agosto 2019

Não sei fazer nada

6 respostas, última resposta em 02 Maio 2017