Tenho 28 anos e não tenho tesão pelo meu marido

Feita por >Camila Santos em 12 Mar 2017 Terapia de casal

Faz 3 anos que estamos juntos no começo era toda hora depois de um tempo logo já nos conhecemos melhor é em casamento tivemos brigas desavenças alegrias momento bons enfim autos e baixos mais antes um pouco do meu terceiro filho qui e dele nascer eu ja nao tinha mais estou desesperada porque o amo muito nao o trai jamais mas quero muito voltar a sentir mulher de novo

Resposta enviada

Em breve, comprovaremos a sua resposta para publicá-la posteriormente

Algo falhou

Por favor, tente outra vez mais tarde.

A melhor resposta

Olá, Camila!
Será importante você procurar um médico ginecologista para consulta e exames. Assim, você poderá verificar se há alguma questão hormonal ou fisiológica (Como remédios que podem alterar a libido), e/ou se seria sintomas emocionais. Com o médico você conhecerá mais sobre o diagnóstico, exames, tratamento e cuidados específicos, caso seja diagnosticado algo fisiológico/hormonal (como por exemplo, a troca de uma anticoncepcional). De qualquer forma, se for do seu interesse, será importante um acompanhamento psicológico, conhecer mais sobre você, seus sentimentos, emoções, expectativas, suas formas de se expressar, de conhecer mais sobre o seu corpo e vontades.
São várias demandas... sonhos, expectativas, fronteiras, frustrações que fazem parte do nosso cotidiano e quem devem ser nossos companheiros ao longo de toda a nossa vida e que precisaremos saber lidar. Não há uma solução ou uma resposta imediata que podemos lhe oferecer, apenas lhe indicar que se for possível, e do seu interesse, buscar uma processo terapêutico na sua cidade. A psicoterapia é um processo único e individual que se desenvolve através de uma relação terapêutica entre paciente e psicoterapeuta e que possibilita transformação e consciência acerca de sua vida, suas relações, seu jeito de ser! Estou à sua disposição, caso precise de acompanhamento psicológico ou para maiores esclarecimentos. Abraços, Danielle Almeida

Danielle de Almeida Psicólogo em Rio de Janeiro

353 respostas

15230 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Camila, é muito comum que as brigas, o estresse do cotidiano e as responsabilidades do casamento acabem distanciando o casal. Esses fatores podem gerar uma perda do interesse sexual na medida em que as pessoas não demonstram atenção, afeto e preocupação com o parceiro, por estarem focadas em outras coisas e deixando que os conflitos se tornem constantes e desgastem a relação. Minha sugestão é que você converse com ele, tente resgatar esse relacionamento através de uma reorganização da dinâmica de vocês. Reservem um tempo pra vocês para não ficarem tão afogados em deveres. Caso não consiga sozinha, pode procurar um psicólogo que trabalhe com terapia de casal. Boa sorte.

Leonardo Viana de Vasconcelos Martins Psicólogo em Fortaleza

1037 respostas

27879 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Camila,
O tempo do relacionamento de vocês é, de certa forma, muito curto e ainda há o sentimento que pode sustentar a relação, que é o amor, conforme suas palavras, para que pensem em desistirem. Mas é importante saber, de forma adequada e circunstanciada, a história de vocês, tanto juntos como individualmente, para que possamos identificar as razões que vem inviabilizando esta relação, apesar da fidelidade, e do desejo de voltar a ter a relação como inicialmente era, conforme expressado por você. Tendo esta compreensão, o profissional que estiver realizando o acompanhamento psicoterapêutico, fará as intervenções necessárias para possibilitar a restauração deste relacionamento. Procure um(a) psicólogo(a) que fará o acompanhamento devido e, havendo a necessidade, encaminhará para o atendimento médico, para a identificação de possíveis comprometimentos fisiológicos.
Abcs.
Jose Carlos Fonseca Imperial
Psicólogo

Clínica de Psicologia Sermais Psicólogo em Itabuna

5 respostas

159 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Busque tratamento para você, e procure ser sincera no tratamento para obter resposta interior rapidamente. Caso contrário não há tratamento para isso. Haverá somatizacoes.

Clínica de Bem Estar Psicólogo em Guarulhos

210 respostas

13961 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Boa tarde, Camila,
O fato de perder o desejo pelo companheiro é esperado e pode estar sendo potencializado por diversos fatores, dentre eles a chegada dos filhos, problemas referentes ao próprio funcionamento da casa com a chegada destes, demandas de trabalho. Como seu relato é breve o que posso inferir é a garantia de um espaço de diálogo e cuidado e para isso um processo terapêutico pode vir a possibilitar um reencontro primeiro com você perante tantas demandas novas.

Wanderson Farias Psicólogo em Santa Luzia

2 respostas

24 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Ola Camila!
Uma oportunidade é dividir com seu marido o que está sentindo para que juntos resgatem a harmonia na parte sexual que existia anteriormente.
A terapia de casal também pode ser uma opção e vale averiguar com o médico que a acompanha se a ausência de libido não está relacionada com nenhum fator orgânico.

Abraços

Maitê

Maitê Hammoud Psicólogo em São Paulo

1295 respostas

38970 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Camila, consulte seu ginecologista, pois pode estar havendo interferência hormonal, já que teve bebê a pouco tempo, pelo seu relato, você se diz que ainda o ama, se há sentimento, pode ser de ordem orgânica sua apatia sexual.
Boa sorte

Renata Hagge Psicóloga Psicólogo em Itaboraí

26 respostas

3501 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Olá Camila,
Às vezes com o passar do tempo a rotina acabando tomando conta do relacionamento.
O melhor caminho sempre é o diálogo. Procure conversar com seu marido sobre isso, fazer coisas diferentes, conhecer lugares novos, coisas desse tipo.
Tente buscar ajuda de um profissional para que você consiga desenvolver estratégias para lidar melhor com a situação. Também para ver como anda sua autoestima, pois ela acaba influenciando nesse aspecto.
Você pode procurar terapia individual ou de casal. O profissional pode te ajudar! Seria bom se você buscasse um psicólogo.

Estou sempre à disposição.
Kelly.

Kelly Leal Psicólogo em Salvador

33 respostas

881 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Psicólogos especializados em Terapia de casal

Ver mais psicólogos especializados em Terapia de casal

Outras perguntas sobre Terapia de casal

Explique seu caso aos nossos psicólogos

Publique a sua pergunta de forma anônima e receba orientação psicológica em 48h.

50 Você precisa escrever mais 6000 caracteres

Sua pergunta e as respectivas respostas serão publicadas no site. Este serviço é gratuito e não substitui uma sessão de terapia.

Enviaremos a sua pergunta a especialistas no tema, que se oferecerão para acompanhar o seu caso pessoalmente.

A sessão de terapia não é grátis e o preço estará sujeito às tarifas do profissional.

A sessão de terapia não é grátis e o preço estará sujeito às tarifas do profissional.

Coloque um apelido para manter o seu anonimato

Sua pergunta está sendo revisada

Te avisaremos por e-mail quando for publicada

Esta pergunta já existe

Por favor, use o buscador para conferir as respostas

Psicólogos 10050

Psicólogos

perguntas 6000

perguntas

respostas 27050

respostas