MundoPsicologos.com
No Google Play Na App Store

Suicídio é um ato de egoísmo?

Feita por >Ana>. 10 Jan 2019 6 respostas  · Problemas psicológicos

Olá. Tenho 22 anos. E recentemente me deparei com essa afirmação de que "o suicídio é um ato egoísta. Me senti meio aflingida, pois é algo que já pensei em fazer, e de vez em quando volta à minha mente. Mas quando já pensei (ou penso) em realizar esse ato, nunca agi de um modo egoísta, ao contrário, as pessoas que tenho mais afeto sempre vêm em minha mente, sempre me preocupei com elas. Mas agora estou com um peso maior em minha mente, uma certa culpa. Gostaria de uma opinião, esclarecimento ou algo do tipo.
Obrigada.

A melhor resposta

Olá Ana!
Você precisa buscar ajuda profissional com urgência! Um psiquiatra me ensinou uma vez que quem comete suicídio não quer morrer; quer viver desesperadamente sem aquele sofrimento. Se lhe passa pela cabeça cometer o suicídio significa que você já está em sofrimento e precisa buscar intervenção profissional. Hoje você consegue pensar nas pessoas que têm afeto quando pensa no suicídio e isso te mantém sem agir. Mas se não fizer nada a dor fica tão forte que se torna frio, e você não conseguirá mais pensar nas pessoas que ama, mas em libertar-se do que lhe gera dor.
Para as pessoas que ficam a dor, a falta de respostas o desespero permanecem. Por isso quem não compreende que a depressão é uma doença com alterações biológicas considera como egoísmo.
O psiquiatra poderá lhe dar medicações para lidar com a questão biológica; a psicóloga poderá lhe dar ferramentas para viver de modo saudável e enfrentar as dificuldades do dia a dia.
Abraço e conte comigo!
Psicóloga Jaqueline Elisa

A resposta foi útil a você?

Sim Não

Obrigado pela sua avaliação!

Olá Ana.
confirmo o que disseram os colegas, você precisa de ajuda profissional.

Os psicólogos e psiquiatras estão preparados para te ajudar.
O pensamento de se matar está muito relacionado à depressão e à desesperança (não acreditar que as coisas possam melhorar). Mas eles vão te ajudar em encontrar e reconhecer aquelas razões pelas quais vale a pena viver. Entre essas devem estar justamente as pessoas que você ama. Elas precisam de você e sofreriam imensamente caso você se fosse dessa forma ou de qualquer outra forma.

Acredite, muitas pessoas que passam pelo que você está passando conseguem encontrar alívio quando pedem ajuda profissional e fazem tratamento. A vida volta a valer a pena ser vivida.

abraço
Psicóloga Roberta Bouchardet

A resposta foi útil a você?

Sim Não

Obrigado pela sua avaliação!

15 JAN 2019

Logo Roberta Bouchardet Psicóloga Roberta Bouchardet Psicóloga

38 respostas

23 pontuações positivas

Bom ter o seu contato Ana!!!

O que leva a Ana em pensar em suicídio???

PRAZER de viver é menor do que o DESPRAZER dos problemas que ela enfrenta?

Será que só a Ana é privilegiada em ter prolemas que a façam desistir da vida???

Será que tomar esta atitude realmente elemina os desconfortos e/ou agonias existenciais??? ou ele continuará em outro lugar sem mais ter esta opção.

A solidão só é solidão no seu isolamento, uma vez compartilhada ela se dissolve.

Sugiro que procure um profissional da área da psicologia e trabalhe essa sua questão a fim de que se retorne a uma qualidade de vida desejável.

Atenciosamente,

A resposta foi útil a você?

Sim Não

Obrigado pela sua avaliação!

15 JAN 2019

Logo Carlos César Petruy Carlos César Petruy

230 respostas

9656 pontuações positivas

Olá Ana!
Ao saber que o suicídio é ato egoísta, não conseguiu absorver mais detalhes da informação? Havia algum contexto? Não seria muito interessante levar essas questões ao um profissional da saúde mental, um psicoterapeuta, por exemplo, e checar se são procedentes a afirmativa? Demonstra que já possui algum conhecimento referente ao assunto, e assim, sugiro que dialogue pessoas capacitadas para tal! Ser auxiliada também é um ato de se conhecer melhor!
Saudações!

A resposta foi útil a você?

Sim Não

Obrigado pela sua avaliação!

11 JAN 2019

Logo Psicólogo Tiago José Psicólogo Tiago José

178 respostas

2229 pontuações positivas

Olá Ana.

Trabalho com uma vertente que acredita muito em um conceito chamado de "tendência atualizante".

O que é isso? É um processo de constante busca de melhora individual, de atualização da atual situação do ser (humano ou não). Um processo em que visa-se a saída de um estado para outro que, para a pessoa, é melhor do que o atual.

Por esse motivo, não vejo o suicídio como um ato de egoísmo ou covardia, como muitos citam, mas sim um ato de desespero. Uma ação em que, a pessoa, querendo interromper uma dor, um sofrimento, não enxergando outras opções, busca essa, pensando ser a única que ela tem.

Não faço com isso uma apologia ao suicídio Ana, mas sim um alerta da importância em ajudar esta pessoa, no sentido de que ela consiga ver outras opções, além dessa tão radical.

Dificuldades, sofrimentos, situações de limite, dependendo os recursos que a pessoa tem, podem fazer pensar em suicídio. E, ainda dependendo desses recursos individuais, esses pensamentos podem ou não evoluir para um ato.

Esses recursos individuais são muitos e diversificados, não há uma receita pronta. Um exemplo disso é quando você cita sua família, como forte, em sua decisão de não praticar o ato. Mas há outros recursos também (cada indivíduo poderá encontrar o seu).

Eu não entendo o suicídio como um ato egoísta, ou de covardia, mas como um ato de desespero, da busca de sair de algo que a pessoa considera pior do que morrer.

Pessoas com idealizações suicidas, não precisam de julgamento, precisam de ajuda.

Desejo o melhor a você Ana.

Jean

A resposta foi útil a você?

Sim Não

Obrigado pela sua avaliação!

11 JAN 2019

Logo Way Psicologia Way Psicologia

29 respostas

12 pontuações positivas

Concordo plenamente com a minha colega, Ana. Pelo seu relato fica claro que já é hora de pedir ajuda. Imagino o quanto esteja sendo difícil e você não tem que lidar com isso sozinha. Lembre-se que nais importante do que definir se suicídio é um ato egoísta, ou corajoso, é procurar entender porque isso está te afetando, qual a carga de significado tem para você, e porque chegou a considerar isso. Entendo que nesse exercício é sempre importante não perder a razão de vista, mas por outro lado denota que está precisando muito falar honestamente de como se sente a respeito, sem se preocupar com julgamentos morais, é é aí que entra a ajuda profissional. Se ainda não conseguiu se decidir por iniciar uma terapia, considere também falar com alguém de sua confiança a respeito. Não negligencie seus próprios sentimentos, pois você pode se tornar sua principal opressora nesse caminho, ao invés disso, use seu autoconhecimento a favor da sua saúde e bem estar.
Cordialmente, Maria Brito, Psicóloga Clínica.

A resposta foi útil a você?

Sim Não

Obrigado pela sua avaliação!

11 JAN 2019

Logo Maria Brito Maria Brito

11 respostas

3 pontuações positivas

Perguntas similares

Ver todas as perguntas
A todo momento penso em me matar

5 respostas, última resposta em 06 Dezembro 2017