Acesso consultório Cadastre grátis seu consultório

Sou casada com uma pessoa que por ser sincera demais se prejudica.

Feita por >Gi · 21 out 2019 Psicologia clínica

Ola boa tarde sou a Gi. Sou casada com uma pessoa que por ser sincera de mais se prejudica e sempre eh grossa e mal educada, explode facilmente e com certeza tem algum transtorno, querk saber se essa pessoa plde mudar.

Resposta enviada

Em breve, comprovaremos a sua resposta para publicá-la posteriormente

Algo falhou

Por favor, tente outra vez mais tarde.

A melhor resposta 22 OUT 2019

Bom dia! A comunicação humana é predominantemente não verbal, isto é, por fatores corporais e circunstanciais que falam. A sinceridade, dita super, não leva em conta o contexto da comunicação, o tempo interno do ouvinte e o ponto de vista do outro. A pessoa, chamada super sincera, pode mudar, na medida em que se propor a fazer a mudança, desde que exercite a empatia os objetivos reais da convivência. Não há verdade absoluta, verdades podem ser interpretadas de maneiras diversas. Assim, o chamado super sincero, é visto como agressivo, e muitas vezes arrogante. Queremos conviver e passar nossas impressões, que não são regras verdadeiras para os outros. Há muitas variações de leitura da realidade. Um abraço: Ary Donizete Machado.

Ary Donizete Machado Psicólogo em Limeira

1308 respostas

636 pontuações positivas

Fazer terapia online

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

22 OUT 2019

Bom dia Gil. Sim esta pessoa pode mudar, desde que ela queira passar por esta mudança. Me parece que voce esta passando pelo processo de repensar esta relaçao. As mudancas devem acontecer internamente e ira refletir ao.nosso redor
Espero ter ajudado. Qualquer coisa entre em contato

Elisabete Ferreira Gomes Pereira Psicóloga Psicólogo em Guarulhos

39 respostas

10 pontuações positivas

Fazer terapia online

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

22 OUT 2019

Boa tarde, Gi. Todas as pessoas são passíveis de mudança, porém para que isso ocorra, esse desejo de mudar precisa existir na própria pessoa. É bastante importante que numa relação consigamos ouvir as colocações e necessidades do(a) parceiro(a). Já conversou e expôs sua percepção e o que te incomoda? Caso tenha tentado, Ele(a) consegue te ouvir? Ate mesmo para o caso de algum transtorno mental, ele(a) precisa querer ajuda. É muito importante que vc pense nas suas necessidades e o quanto de sente bem no relacionamento e não apenas nas necessidade e no bem estar do(a) parceiro(a). Na sua fala vc diz sobre uma preocupação por ele(a) se prejudicar com o jeito de ser. Porém é importante que vc avalie o quanto esse comportamento dele(a) te faz mal e se ele(a) da abertura para ouvir mudar. Pense em vc também.
O outro é passível de mudança, mas não somos nós que mudamos o outro.
Espero ter ajudado. Um abraço

Júlia Baisi Faria Psicóloga Psicólogo em São Paulo

2 respostas

1 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

22 OUT 2019

Bom dia!
Sempre existe a possibilidade de mudança porém, essa mudança precisa vir da própria pessoa e com terapia ou análise pode ser mais fácil.

Psicólogo Paulo Magnani Psicólogo em São Paulo

1 resposta

1 pontuações positivas

Fazer terapia online

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

22 OUT 2019

Oi Gi, bom dia! Bem, cada caso é um caso! Não posso lhe responder generalizando, visto que cada paciente é único e o que é "normal" para uma pessoa pode ser desfuncional para outra. Tem que ser levado em consideração todas as hipóteses e deve ser feito um estudo mais aprofundado para identificar o problema de forma mais assertiva, mas respondendo a sua questão, de forma bem superficial, posso dizer que: caso a sua companheira tenha algum transtorno, seria prudente buscar um Psiquiatra, para fazer um tratamento adequado, com utilização ou não de medicação, depende do tipo de transtorno e da intensidade dos sintomas. Caso essa "super sinceridade" seja um traço da personalidade dela, a mesma poderia buscar uma psicoterapia para que possa trabalhar esse aspecto e aprender a lidar com ele. Caso o incômodo seja "somente" seu, você poderá buscar orientação Psicológica para saber lidar melhor com essa característica dela e tentar fazer um trabalho de entendimento e aceitação das diferenças individuais, para que isso lhe incomode menos do que deveria. Em uma última hipótese, podem fazer uma terapia de casal para entenderem o que está atrapalhando a vida de cada uma e a relação entre vocês e o que precisa ser trabalhado e possivelmente "modificado".

Patrícia Câmara Psicólogo em Sete Lagoas

2 respostas

1 pontuações positivas

Fazer terapia online

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

22 OUT 2019

Olá Gi.
Acredito que todos nós temos potencial de mudarmos, obviamente que algumas pessoas apresentam mais dificuldade neste aspecto e neste caso o ideal seria buscar ajuda de um profissional da área de psicologia para que primeiramente seja feito uma anamnese a fim de detectar se e um problema comporrtamental ou algum tipo de transtorno. Após juntos profissional/paciente vão desenvolver estratégias para que a mudança aconteça. No entanto, que fique claro, você pode até sugerir sobre a necessidade da mudança mas, se ele não estiver aberto e consciente de que está se prejudicando em função de seus atos de nada adiantara, ou seja, não mudará. No caso de vocês aconselho que converse com ele demonstrando sobre sua preocupação e a vontade de ajuda lo para que juntos possam ter uma relação mais saudável. Quando existe amor e boa vontade tudo e possível. Espero ter respondido suas dúvidas, vai em frente que aqui fico torcendo por você.

Sandra Mello Psicologa Psicólogo em Santa Maria

1 resposta

2 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

22 OUT 2019

Dá mesma forma que a pessoa teve a capacidade de aprender a ser assim, por meio de seus básicos sentidos em comunicação direta com o mundo externo e que contribuiu para a construção de sua personalidade, tem capacidade de aprender novas ações, novos comportamentos e alto adaptar-se. Porém, tem que haver um querer, um despertar, um estímulo que inicie a atitude da mudança e reeducação.

Bonfá Clínica de Psicologia Psicólogo em Aracruz

1 resposta

1 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

22 OUT 2019

Oi Gi, Boa Noite!
Ser sincera não significa que tem que ser grossa, rude, bruta.
Antes de tudo, como e o que ele te considera?
Não dá para ser grossa diante de outra pessoa, a menos que seja prepotente.
Mudar, ela pode mudar sim, e deve mudar.
Se ele casou contigo foi porque te amava e não se trata uma pessoa que se ama com grosseria.
Algum problema ele tem que o leva a ser assim.
Talvez seja falta de disciplina, controle do humor!
Desde que ele queira mudar, ele muda. Veja a possibilidade de ele fazer Psicoterapia...

Geime Rozanski Psicólogo em Brasília

651 respostas

347 pontuações positivas

Fazer terapia online

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

22 OUT 2019

Olá.. boa noite! A pessoa pode sim ter um transtorno mas antes de dizer isso tem que ser avaliado. Ela pode mudar se ela quiser mudar caso ao contrário não. Se for caso de transtorno fica mais complicado. Teria que fazer acompanhamento psicológico e uso de medicamentos em alguns casos. Portanto acompanhamento psiquiátrico também, assim conseguiria amenizar essa situação de sinceridade em forma impulsiva e grosseira.

Renata Cristina Cardoso Psicóloga Psicólogo em Guaratinguetá

1 resposta

1 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Psicólogos especializados em Psicologia clínica

Ver mais psicólogos especializados em Psicologia clínica

Outras perguntas sobre Psicologia clínica

Explique seu caso aos nossos psicólogos

Publique a sua pergunta de forma anônima e receba orientação psicológica em 48h.

50 Você precisa escrever mais 8650 caracteres

Sua pergunta e as respectivas respostas serão publicadas no site. Este serviço é gratuito e não substitui uma sessão de terapia.

Enviaremos a sua pergunta a especialistas no tema, que se oferecerão para acompanhar o seu caso pessoalmente.

A sessão de terapia não é grátis e o preço estará sujeito às tarifas do profissional.

A sessão de terapia não é grátis e o preço estará sujeito às tarifas do profissional.

Coloque um apelido para manter o seu anonimato

Sua pergunta está sendo revisada

Te avisaremos por e-mail quando for publicada

Esta pergunta já existe

Por favor, use o buscador para conferir as respostas

Psicólogos 10750

Psicólogos

perguntas 8650

perguntas

respostas 30100

respostas