MundoPsicologos.com
MundoPsicologos.com
No Google Play Na App Store

Sem saída, qual seria ela?

Feita por >Nira Auhi>. 21 Jun 2017 7 respostas  · Motivação

Comecei minha faculdade no início desse ano, o curso eh relativamente caro, mas consegui recursos do governo (bolsas, prouni, fies, etc), já estou quase terminando o semestre e me sinto desanimada, indisposta, negativa e fraca! Tenho medo de não ser o que eu realmente quero pra minha vida, a pior coisa eh você concordar com algo que irá seguir a vida inteira mas continuar com indecisão e dificuldades! Não tenho mais a auto estima que tinha, não tenho disposição, sinto que meu peso aumentou e algumas roupas que tenho foram feitas pra ficar só no guarda roupa pelo fato de ter ganhado uns quilos. Só me sinto bem/e quando me sinto no meu quarto, deitada sobre a cama e consequentemente isolada. Fora que quase sempre não consigo assimilar os conteúdos da faculdade e minhas notas estão sempre abaixo da média porque meu desanimo tá no ápice, não sinto vontade de nada! Sinto vontade de sair, ter um lugar só para mim sem funcionar sob pressão para tentar pensar na vida, porém, nunca da certo também! Um desses programas do governo em que consegui "bolsa", tem uma data específica para eu mudar de curso (eles te dão chance de mudar), mas eh a data em qual está chegando e se eu não mudar de curso, irei ter que continuar no mesmo porque não posso mudar mais de uma vez, e isso eh o que também tá prejudicando meu psicológico, sou considerada uma adolescente e ainda não consigo decidir algumas coisas da minha vida. Como disse, o curso eh bem caro! Metade do curso de Medicina, fora materiais, e mesmo com os recursos que tenho para estudar ainda está difícil financeiramente para meus pais que infelizmente estão ralando para me ver formada, mas me sinto culpada por às vezes minha mãe e meu pai não saírem nem um final de semana para se divertirem porque eles têm que me ajudar. Minha faculdade eh integral, não tenho como trabalhar e moro longe dos meus pais que ainda fazem esse esforço de me manter. Não comprei meus materiais da faculdade porque não tenho condições, então estou usando emprestado de pessoas muito boas que também querem me ajudar! Nesse tempo da faculdade, me decepcionei com várias amizades em que hoje não mantenho contato, passam por mim fingindo que não me conhecem e eu sem saber o que fiz, sinto que eh meu jeito isolado e desanimado que está me afastando das pessoas, não gosto de sair com meus amigos mais, tudo o que eu quero eh estar junto dos meus pais, e como disse, longe deles eu prefiro só o meu quarto! Pode parecer besteira, mas eu só me sinto bem com algumas pessoas na faculdade, mas viro as costas para ir pra casa o meu mundo desaba e eu só tenho vontade de dormir para amenizar a dor que sinto. Engordei, e muito, por esses vários motivos, vivo comendo besteira, e às vezes deixo de almoçar para sobrar dinheiro pra me manter. Sou uma pessoa ansiosa, que "cura" a ansiedade comendo, ou chorando e até descontando minha preocupação nas outras pessoas que não merecem escutar desaforo de mim. Não demonstro pra ninguém minha infelicidade, sempre estou com um sorriso no rosto mas ninguém sabe o que estou passando, e quando tento conversar acham que eh brincadeira minha. Já até cansei de pedir de presente para amigos uma consulta com psicólogo kkk, é! Mas no final, nunca levada a sério. Me sinto sozinha, ou então devo ser sozinha por sempre ter no máximo 3,4 amigos, agora na faculdade que eu tento conversar com todo mundo, mesmo desanimada. Minha primeira nota baixa, por um vacilo ou falta de atenção eu já desanimei e não consegui reanimar, estou com notas baixas e com um medo de reprovar que me sufoca! Eh um peso nas costas você ter que dar o seu melhor, na sua primeira experiência da faculdade, ver seus pais se empenhando e você ainda ir de mal a pior com pensamento negativo e certeza que irei reprovar, mas não posso! Cada matéria eh mais de mil reais, e isso seria um desgosto aos meus pais, no meu ver. Minha realidade está aqui: tenho que estudar para conseguir realizar meus desejos, mas quando digo que estou desanimada, estou mesmo! Tento ajudar as pessoas, mais do que a mim, já tentei me reerguer porém não tenho estruturas, sou uma pessoa que se preocupa, sou ligada à família e amigos, é muito! Sinto que não só eu estou passando por isso numa vida acadêmica, está cheio de pessoas passando por ansiedade/depressão/pânico e infelizmente eu sou uma delas. Não tenho diagnóstico, nunca fui ao psicólogo, pra falar que não fui decidi ir em um desses de hospital público mas parece que sai de lá com mais problemas, fora em que a sala de quem me atendia estava com um cheiro mal agradável de cigarro, mofo e queriam tirar eu dali porque a hora a ser cumprida do profissional estava chegando e eu teria que ir embora, literalmente me tiraram de lá e eu não pude desabafar tudo por conta disso e fiquei com mais ansiedade. Enfim, não tenho diagnóstico, mas pelo o que procuro saber dessas doenças eh idêntico ao que estou passando. Às vezes tenho surtos, começo a me debater, me sinto inútil e tento procurar o motivo d'eu estar aqui ainda, mesmo me sentindo um nada! Vejo a maioria das pessoas em que convivo tem uma boa experiência de vida e eu aqui, sem animo pra seguir minha vida. Minha estética está abalada, eu realmente tento me arrumar como antes, passava maquiagem mas hoje em dia nem um gloss, vejo meninas na rua tão lindas que só admiro e me pergunto o que estou fazendo comigo?! Não estou passando por uma fase boa, pode parecer que sim, ao olhar dos outros, como disse, não conto pra ninguém, nem aos meus pais porque sinto vergonha de ser assim, então guardo pra mim porque nunca fui levada a sério pelos amigos em que procurei e procuro ajuda. Quero ser ajudada, quero muito! Não aguento mais viver do jeito que estou! Me desculpem o texto, me empolguei. Isso eh um pedido de socorro.

A melhor resposta

O trabalho do analista consiste em despertar aquilo que já existe dentro da pessoa. É a arte de despertar o sujeito para seu potencial criativo genuíno. A finalidade não é curar, e sim favorecer o crescimento interior por meio das dificuldades pessoais.
No decorrer do trabalho analítico há a proposição de que pelo falar, pelo escutar e pelo fazer criativo nos confrontamos com nós próprios.
Pôr-se em processo analítico é possibilitar o existir permeável a outros saberes. É despertar para o próprio caminho de vida como processo natural com sentido, finalidade e objetivo; é a experiência interior.
A experiência interior se torna experiência de vida quando vivida com todas as suas implicações. A psicoterapia tem como objetivo auxiliar pessoas que sofrem ou estão com dificuldades na vida e não conseguem resolver sozinhas. Na terapia o analisando é convidado a, num espaço seguro e sigiloso, explorar seus afetos, pensamentos e fantasias que compõem o cenário de seu sofrimento.
O processo de psicoterapia analítica possibilita que o analisando se familiarize com os sintomas que produz.

A resposta foi útil a você?

Sim Não

Obrigado pela sua avaliação!

Olá, tenha uma boa noite,
o relato do seu caso online pouco irá ajudá-la se não for direcionado a um profissional com o qual você estabeleça seu relacionamento em atendimento.
Sugiro que você faça uma ou algumas orientações online, para se tranquilizar, e começar a decidir qual o rumo a ser tomado e procurar um atendimento presencial.
Caso precise entre em contato que marcaremos uma sessão para que você possa ter um atendimento mais específico!
Att
Thalita Ribeiro

A resposta foi útil a você?

Sim Não

Obrigado pela sua avaliação!

18 MAR 2018

Logo Thalita Coutinho Ribeiro Thalita Coutinho Ribeiro

68 respostas

4693 pontuações positivas

Nora, boa tarde.
Entendo que você esteja segurando todo esse sentimento, para que seus pais não sofram, mas pela sua escrita, me parece que você esteja com depressão, sugiro que você busque auxílio com profissionais da saúde, busque um Psicoterapeuta, você irá melhorar muito, tenha calma e siga em frente.
Abraço
Vera Pelizzari

A resposta foi útil a você?

Sim Não

Obrigado pela sua avaliação!

23 JAN 2018

Logo Vera Pelizzari Psicóloga Clínica Vera Pelizzari Psicóloga Clínica

295 respostas

4991 pontuações positivas

Nira parece que esta fase está muito difícil pra você. São muitas dúvidas e incertezas e o sentimento de estar sozinha com tudo isso. As faculdades e universidades costumam ter um serviço de apoio para os alunos que estão com este tipo de problema, seria válido você procurar, até que você consiga um atendimento de psicoterapia. Caso você não tenha convênio e nem a possibilidade de ter um serviço gratuito em alguma faculdade, seria interessante procurar um psicólogo e explicar sua situação. Acredito que ele te auxiliará a encontrar um caminho. Existem alguns locais que atendem com valores mais acessíveis. É preciso procurar. Desejo que tudo melhore em breve! Abraços.

A resposta foi útil a você?

Sim Não

Obrigado pela sua avaliação!

4 JUL 2017

Logo Iris Daniela Arruda Vicari Iris Daniela Arruda Vicari

7 respostas

50 pontuações positivas

Olá Nira
Entendo pelo que você está passando e vejo que você está realmente precisa de ajuda. Na sua faculdade deve ter psicologia. Procure o SPA lá você encontrará atendimento gratuito, caso não consiga entre em contato, vou ver como poderei ajudá la.
Maria da Conceição V.Gioia
Psicóloga

A resposta foi útil a você?

Sim Não

Obrigado pela sua avaliação!

22 JUN 2017

Logo Maria da Conceição Vasconcelos Gioia Maria da Conceição Vasconcelos Gioia

392 respostas

8075 pontuações positivas

Nira,
Você está sufocada por tanta cobrança externa e interna, ficando difícil conseguir manter sua atenção voltada para os assuntos acadêmicos. Tente conversar com seus pais sobre isso, sobre suas dúvidas e procure um psicólogo. Nos cursos de psicologia existem os serviços de atendimento e de orientação profissional de forma gratuita ou baixo custo, de forma que você possa ser ajudada sem onerar seus pais.
Boa sorte!

A resposta foi útil a você?

Sim Não

Obrigado pela sua avaliação!

22 JUN 2017

Logo Psicóloga Iara Giraldi Psicóloga Iara Giraldi

26 respostas

215 pontuações positivas

Boa noite.
É importante procurar atendimento psicológico para desenvolver seu autoconhecimento e suporte emocional para então tomar suas decisões da melhor maneira possível. Caso não tenha como pagar particular, faculdades que tem o curso de Psicologia geralmente oferecem atendimento gratuito.
Não deixe de procurar ajuda profissional.
Espero ter ajudado, me coloco a disposição.

A resposta foi útil a você?

Sim Não

Obrigado pela sua avaliação!

22 JUN 2017

Logo Psicóloga Karina Remisio de Oliveira Psicóloga Karina Remisio de Oliveira

260 respostas

3174 pontuações positivas

Perguntas similares

Ver todas as perguntas
Sinto que estou no fundo do poço, não vejo saída e quero morrer

1 resposta, última resposta em 25 Junho 2019

Meu marido tem saído com os amigos e chega altas horas da madrugada

1 resposta, última resposta em 31 Outubro 2017

A única saída para o TDAH é através de medicamento?

4 respostas, última resposta em 11 Dezembro 2016

Estou desesperada e sem saída por causa de pessoa que conheci

7 respostas, última resposta em 01 Novembro 2016

Estou em um buraco, angustiada, ansiosa e não vejo saída

3 respostas, última resposta em 07 Setembro 2016

Estou me sentindo sem saída

6 respostas, última resposta em 02 Março 2016

Eu não vejo saída e não sei mais o que fazer.

1 resposta, última resposta em 26 Junho 2019

O afastamento é a única saída para um relacionamento abusivo?

15 respostas, última resposta em 02 Novembro 2017

Por que suicidio parece a única saída?

2 respostas, última resposta em 22 Março 2018

Quero me matar todos os dias e estou em um labirinto sem saída

8 respostas, última resposta em 24 Fevereiro 2018