MundoPsicologos.com
MundoPsicologos.com
No Google Play Na App Store

Remédio funciona? Eu posso ser internado?

Feita por >Diego Ribeiro>. 5 Nov 2018 3 respostas  · Problemas psicológicos

OI , Meu nome e Diego , estou indo no psicólogo e o segundo que eu vou o primeiro não deu certo foi mais de 20 seções e não vi nenhuma mudança ao contrario estava piorando, falar dos meus problemas não me faz bem mais decidi tentar de novo com outro e já estou na 10 seção mais ou menos e não vi mudança na minha tristeza também , já faz dois anos que estou assim e parece que vai piorando com o tempo , eu fiquei assim depois que minha namorada engravidou e não passa, minha filha já esta com quase 2 anos e eu só me afundo na tristeza , já contei isso na terapia mais sempre as resposta parecem ser programadas com coisas vagas como se deixar sentir, ouvir a tristeza, enfim juro que estou tentando quero sair dessa que estou, mais e difícil sem direção , vou dar um exemplo de como me sinto e vejo tudo errado o psicólogo fala escute sua tristeza converse com ela , ai eu chego em casa a minha tristeza só fala se mata se mata se mata , devo ouvir minha tristeza? Eu imagino que não .
Meu psicólogo falou que eu deveria ir a um psiquiatra para poder tomar uma medicação, eu não acho que e algo químico que com um remédio vai passar , mas eu quero melhorar e se for isso tudo bem eu tomo sem problema só quero que passe tomara que o remédio melhore, minha pergunta e sobre os remédios eles vão me deixar feliz ? e também se eu for no psiquiatra eu tenho medo dele ver ou entender que posso ser uma ameaça pra mim mesmo e me internar sem que eu queira isso ocorre ??

medo

A melhor resposta

Boa noite
Sua namorada ter engravidado parece ter sido um grande passo para vc, pois a chegada de uma criança exige esforços, cuidados, dedicação e, de certa forma, o "abandono" da vida antiga, pois com uma mudança desse porte a vida não é mais a mesma. Esse fato abre espaço para o luto da vida antiga, de sonhos que possivelmente vc possa avaliar como não mais possíveis, é importante pensar sobre tudo isso e ressignificar. Talvez existam pesos ilusórios ou distorções. Reflita sobre o que mudou na sua vida, sobre o que foi deixado de lado dentro de vc.
Sugiro que procure a ajuda psiquiátrica que o seu psicólogo orientou. Acredito que o medicamento combinado com a terapia serão mais eficazes nesse momento. O remédio equilibrará as substâncias que precisam de ajuste no seu cérebro e isso pode facilitar o processo psicoterapêutico. Não desista da terapia! Se for o caso, mude novamente de profissional, mas não abandone o tratamento. Vc conseguirá se libertar dessa dor, seja paciente e gentil consigo mesmo e se dedique a terapia. Um abraço

A resposta foi útil a você?

Sim Não

Obrigado pela sua avaliação!

Olá Diego, o que altera os sentimentos e o comportamento frente uma situação são os pensamentos automáticos que estabelecemos nas relações conosco, com o mundo e com o futuro. Esse é um complexo sistema que pode sofrer desequilíbrio tanto dos neurotransmissores, que são os hormônios que atuam no cérebro, como nos pensamentos distorcidos que afetam nosso bem estar.
O reequilíbrio poderá ser através de medicação e psicoterapia.
A sua preocupação com o uso de medicamento deve ser amenizada pelo psicólogo ou mesmo com o psiquiatra que tirarão suas dúvidas a respeito do que for receitado.
Espero ter colaborado de alguma forma. Estou à disposição. Abraços. Eliana Benedetti.

A resposta foi útil a você?

Sim Não

Obrigado pela sua avaliação!

6 NOV 2018

Logo Eliana Benedetti Eliana Benedetti

363 respostas

686 pontuações positivas

Olá Diego!
Se seu psicólogo recomendou fazer uma avaliação com um psiquiatra, é importante você ir. Não é assim que ocorre uma internação compulsória. Mas o psiquiatra é o profissional que poderá avaliar se no seu caso a medicação é necessária ou não. Quando há a depressão envolve alguns neurotransmissores no seu cérebro e o principal deles é a serotonina, o qual seu cérebro começa a produzir em menor quantidade. A medicação poderá dar esse “suporte” para você se recuperar, uma vez que ocorre essa alteração biológica no seu organismo. Até a psicoterapia poderá fluir melhor se for necessário a medicação é você fizer o uso adequado da mesma.
Uma reflexão: quando você ouve sua tristeza e ela te diz “se mata”, seria para viver desesperadamente sem essa dor (uma vez que fugir é mais fácil mas não resolve a situação) ou para de fato deixar de existir?
Abraço e conte comigo!
Jaqueline Elisa

A resposta foi útil a você?

Sim Não

Obrigado pela sua avaliação!

6 NOV 2018

Logo Jaqueline Elisa Psicóloga Jaqueline Elisa Psicóloga

63 respostas

126 pontuações positivas

Perguntas similares

Ver todas as perguntas
Será que eu posso tirar ele de lá?

1 resposta, última resposta em 09 Setembro 2018

Os pais podem ser culpados pelo filho ter depressão e ansiedade?

6 respostas, última resposta em 20 Maio 2019

Será que estou perdendo a vontade de viver?

3 respostas, última resposta em 05 Julho 2019

Falta de sentimento, incerteza do que posso ter exatamente

4 respostas, última resposta em 17 Janeiro 2018

Por que isso? O que eu tenho?

4 respostas, última resposta em 05 Abril 2018

Problema com drogas

2 respostas, última resposta em 07 Novembro 2017

Vontade de mudar, mas sem força

2 respostas, última resposta em 07 Novembro 2018

Não consigo visitar minha mãe

5 respostas, última resposta em 26 Novembro 2017