Quero me matar todos os dias e estou em um labirinto sem saída

Feita por >Luana Ferreira · 22 jan 2018 Depressão

Eu só faço coisa errada na minha vida,ando muito irritado e tento mudar isso mas as coisas só pioram.

Eu me sinto sozinha e sinto que não posso me desabafar com ninguém porque ninguém realmente me entende e diz coisas sem sentido para mim,Já tentei desabafar com as pessoas ao meu redor,mas me sinto mais pesado do que antes quando isso ocorre.

Se não fosse meus pais,eu já estaria morto.

Minha mãe e eu estávamos discutindo e ela falou que tudo isso era drama.Me deu vontade de chorar mas fiquei quieto,estava prestes a planejar meu suicídio naquele momento então eu soltei que não era para ela reclamar quando eu morresse.Ela me falou que não aguentaria minha morte,e que era para matar ela primeiro e depois me matasse.

Claro,não sou um assassino então me isolei.Nunca iria mata-la.

Minha mãe não é muito forte,ela chora por muitas coisas e a minha morte a faria desabar.

Meu pai me adora e é trabalhador para sustentar a nossa família e eu o admiro com todo o meu coração.Ele ficaria abalado.

Se não fosse por eles,eu já teria feito.

Mas mesmo assim,nem eles estão me fazendo ter uma forte conexão para me manter vivo.

Eu vou mudar de escola e esse ano tudo vai mudar para mim.

O problema é que eu não vou sobreviver lá porque o povo de lá é muito cabeça dura.Lá eles usam drogas,tem poucos professores e às vezes nem tem aula,fazem bullying constante,e nem na minha antiga escola eu conseguia fazer amigos e sofria bullying. Imagina essa,uma onde todo mundo em algum grau sofre bullying ?

Não posso mudar de escola porque não tenho para onde ir a não ser essa escola.

Minha unica amiga se mudou para bem longe, e meus ''amigos'' ou melhor,ex''amigos'' estão pouco se importando para mim.

Falei para um deles a qual confiava muito que iria me matar,e ele simplesmente disse tchau sem nem ligar.

Me desabafei com ele,e ele cagou para mim.E eu fui lá ajudar ele.Hoje,eu não me importo mais com ele.

Minha mãe diz que eu preciso desabafar,mas sempre quando eu digo o que realmente me incomoda ela se irrita e não sei o porque.

Ela diz que preciso me assumir,sendo que eu preciso de um tempo para engolir isso que sou.Eu falo que preciso de um tempo,e ela simplesmente ignora.

Eu só queria ser eu,e quando finalmente estou quase a fazer isso,ela simplesmente diz que é melhor não fazer porque como vou mudar de escola,as coisas vão ser mais difíceis principalmente se eu for esse meu ''eu''.O problema é que eu não aguento mais isso de não ser eu.Quero fazer as coisas certas esse ano,mesmo sendo aos poucos.Eu quero ser eu e fazer o que desde o inicio disso tudo eu deveria ter feito.Mas parece que todo mundo quer o contrário,e eu me sinto completamente culpado por ser essa pessoa.Eu o faço,e eles me dizem que me apoiam,mas são os mesmos que me dizem para fazer o contrário.Eu faço por mim,mas não dá para fazer isso sozinho,sem um apoio que realmente não se importe comigo.

É só eu fazer alguma coisa que o meu eu não faria,e eu literalmente sou aplaudida pela minha família.

Me lembro quando eu era pequeno e tinha tomado a decisão que pessoas cis fariam,e ela falou ''finalmente ! ''.

Resumindo : sozinho,sem amigos e pessoas que me entendam,depressiva,uma escola ruim cheia de bullying a qual não vou sobreviver,e um eu a que tenho medo de ser.

Resposta enviada

Em breve, comprovaremos a sua resposta para publicá-la posteriormente

Algo falhou

Por favor, tente outra vez mais tarde.

A melhor resposta 23 JAN 2018

Luana(?)!!

Use o amor que há em si, para fazer toda mudança que precisa em sua vida. Todas as pessoas fazem coisas erradas em suas vidas, só errando que aprendemos a acertar. Sente- se só? Procure fazer interação social. Me parece que você precisa de aceitação pessoal. Qual a razão de tanto isolamento, tristeza, irritação?
Internamente você deve imaginar não ser digno de estar nesse mundo, mas o sol nasceu para todos. O amor que sente por seus pais, mostra a pessoa grata que se tornou com a educação que recebeu. Ame- se mais, antes de qualquer coisa.
Sugiro que procure um Psicoterapeuta para te apoiar, orientar para que possa reintegrar novos valores.
Atenciosamente,
Celeste.

Psicóloga Celeste Martins Psicólogo em Rio de Janeiro

127 respostas

7632 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

24 FEV 2018

Boa noite, Luana pelo seu relato nesse momento de sua vida você sofre por várias questões, sugiro que procure atendimento psicológico em sua cidade mais próximo de sua casa, como tenho poucas informações sobre suas condições financeiras se não puder pagar pelo atendimento, procure instituições que realizam tratamento psicológico gratuito e, não desista de viver, você é muito importante pense nisso, todos os seres humanos tem momentos e experiências difíceis, a terapia vai ajudá-lo a entender seus sentimentos, emoções, os conflitos internos e resignificar suas vivencias, suas percepções sobre você mesmo e o mundo que o cerca. Se precisar estou a disposição. Boa sorte. Um forte abraço.

Eliane Weber Psicólogo em Salvador

545 respostas

965 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

26 JAN 2018

Olá Luana!
Primeiramente quero agradecer a sua abertura, a fim de expor todo esse sofrimento emocional que você vivencia diariamente. Percebo que além de uma autocobrança muito grande com o que você pode fazer e o que realmente você deseja fazer... essa dualidade de sentimentos geram esse conflito interminável e que chega ao ponto de você não saber lidar. É perceptível que a formação de sua identidade pessoal lhe provoca várias inquietações e sofrimento, e por vezes você projeta sua raiva nas figuras de afeto - seus pais.
Luana, busque ajuda de um psicólogo!

Estou a sua disposição,
Sara Rodrigues
Psicóloga/ Recife/Pe

Sara Rodrigues Psicólogo em Recife

82 respostas

478 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

23 JAN 2018

Luana, entendo sua angústia, mas é difícil para quem está de fora imaginar o que você sente e opinar a respeito, algumas pessoas poderão até tentar, mas raramente alcançarão o seu nível de entendimento.
Sugiro a você que busque um profissional da área da Psicologia. Os Psicologos tem a experiência que possivelmente esteja buscando.
Espero que tenha conseguido lhe ajudar. Estou a disposição.
Abraço
Vera Pelizzari

Vera Pelizzari Psicóloga Clínica Psicólogo em São Paulo

295 respostas

5148 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

23 JAN 2018

Luana, no seu relato duas coisas estão muito claras e presentes: o seu sofrimento e a necessidade de ser ouvida. Na sua percepção, ninguém consegue te dar a atenção necessária para ouvir sua dor, seus problemas, seu sofrimento. E você sofre o tempo todo por ser quem você é. A recomendação é que busque ajuda profissional, pois o psicólogo é o profissional capacitado para te ouvir e te orientar em relação as suas questões. Boa sorte.

Leonardo Viana de Vasconcelos Martins Psicólogo em Fortaleza

1038 respostas

29216 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

23 JAN 2018

Olá, Luana.
Procure por atendimento psicológico na sua cidade, pois ser o que é, deveria ser prioridade é por algum motivo. Ou crenças limitantes estão fazendo você sofrer. Amigos e familiares as vezes agem de forma diferente do que queremos ou precisamos, pois as vezes não sabem com.ajudar, e na terapia você pode se sentir aceito e acolhido.
Qualquer dúvida estou a disposição.

Fernanda Veronesi de Menezes Psicólogo em São Paulo

548 respostas

4644 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

23 JAN 2018

Olá, a sua vida precisa de transformações para que você se sinta melhor e isso é possível, busque psicoterapia para que você possa conversar e se abrir com um profissional que vai te compreender e lhe ajudar a ser quem você quer ser. Enquanto organiza a busca por este tratamento, tenha calma diante do sofrimento pelo qual passa e procure algumas soluções para sair dele, como se aproximar de novas amizades, não se isole muito, procure passear com sua família, caminhar, escolha coisas que lhe deixam mais alegre. Sei que no estado depressivo em que está você pode achar impossível ser mais alegre, mas é possível. Não deixe sua tristeza lhe agredir tanto a ponto de querer se matar. Você está buscando a saída desse labirinto, você acaba de pedir ajuda, de desabafar conosco e isso é uma busca pela vida, parabéns pela sua coragem. Ser quem você é algo que, com certeza, descobrirá e fará aos poucos. Abraço!
Atenciosamente,
Priscila

Priscila Correa Queiroz Psicólogo em São José do Rio Preto

29 respostas

181 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

23 JAN 2018

Boa noite Luana Ferreira. Primeiramente você precisa ser quem você é. Sugiro que você procure um psicólogo pra conversar, pois ele está preparado para ajudá-la. Muitos amigos ou familiares não estão preparados para ouvir por isso dão a impressão que não se importam, ou não sabem o que fazer, ou não são amigos de verdade. Busque ajuda de um profissional para se fortalecer emocionalmente. Boa sorte e lembre-se que é muito importante para seus pais.

Maria Eni de Mattos Psicólogo em Guarapuava

244 respostas

8303 pontuações positivas

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Psicólogos especializados em Depressão

Ver mais psicólogos especializados em Depressão

Outras perguntas sobre Depressão

Explique seu caso aos nossos psicólogos

Publique a sua pergunta de forma anônima e receba orientação psicológica em 48h.

50 Você precisa escrever mais 14300 caracteres

Sua pergunta e as respectivas respostas serão publicadas no site. Este serviço é gratuito e não substitui uma sessão de terapia.

Enviaremos a sua pergunta a especialistas no tema, que se oferecerão para acompanhar o seu caso pessoalmente.

A sessão de terapia não é grátis e o preço estará sujeito às tarifas do profissional.

A sessão de terapia não é grátis e o preço estará sujeito às tarifas do profissional.

Coloque um apelido para manter o seu anonimato

Sua pergunta está sendo revisada

Te avisaremos por e-mail quando for publicada

Esta pergunta já existe

Por favor, use o buscador para conferir as respostas

Psicólogos 12200

Psicólogos

perguntas 14300

perguntas

respostas 42800

respostas