Parceiro fumante: eu que devo tolerar ou ele que deve parar?

Feita por >Leticia B R · 28 out 2020 Tabagismo

Eu sou muito intolerante com todos os tipos de fumo (cigarro, maconha, narguile, etc) e meu namorado, sempre gostou de ambos porém sempre de forma esporádica (cigarro, narguilé) ou recreativa (maconha). Como eu não gosto, ele faz sempre distante de mim mas mesmo distante, me incomoda o fato de estar com alguém que tem esse hábito e sempre deixei claro isso pra ele.

Eu acho muito errado esperar que uma pessoa deixe de fazer algo que gosta, por conta de outra pessoa e ele já demonstrou também que não irá parar. Consinto com isso.

Devo buscar um tratamento psicológico para tentar ser mais tolerante com isso? Terminar, será a solução?

Obrigada,

Resposta enviada

Em breve, comprovaremos a sua resposta para publicá-la posteriormente

Algo falhou

Por favor, tente outra vez mais tarde.

A melhor resposta 20 NOV 2020

Oi Letícia. Você já se perguntou porque precisar procurar ajuda profissional para te ajudar a aceitar algo que te faz mal e que fere os seus valores? Você não precisa aceitar nada que realmente não goste para ser feliz. E se você planeja um futuro para os dois, como será viver com isso o resto da vida? Talvez essas reflexões possa te ajudar. E sim, seria bom você buscar atendimento psicológico, não para aprender a tolerar o que te faz mal e também faz mal à saúde de terceiros, mas para poder compreender o hábito de se anular ou se prejudicar pelo bem estar do outro. Espero ter ajudado.

Psicóloga Ludmila Jeanne da Costa Moreira Psicólogo em Brasília

4 respostas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

29 OUT 2020

Oi Letícia...
Quem deve procurar tratamento é o teu namorado porque ele está fazendo uso de produtos viciantes que prejudicam a saúde e compromete o raciocínio embora ele ouça o contrário. Ele está usando bengalas para se conduzir na vida, os narcóticos.
Voce tem todo o direito de ser intolerante a estas coisas.
Pode sim procurar a Psicoterapia para entender porque foi se ligar a uma pessoa com estes vícios, pois voce sabe que não vai acabar assim... cada dia ele aumenta a consumo e a necessidade.
Então, qual a motivação interna que você tem para ter como companhia uma pessoa assim. Identificada a causa, o interesse por ele, termina e pode ter outro companheiro que se identifique mais contigo, com o teu lado positivo da vida.

Geime Rozanski Psicólogo em Brasília

1632 respostas

1339 pontuações positivas

Fazer terapia online

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

29 OUT 2020

Olá Letícia B. R.. Grato por escrever. Namoro é experiência para se conhecer melhor, mais de perto, de pontos de vistas diversos. Na maior parte das vezes não dá certo. Ainda mais quando envolve drogas. Sinceramente, se você já insistiu para fazer com que ele parasse, é adequada a separação. O futuro das pessoas que apresentam esses hábitos, terão, certamente prejuízos claros, geralmente com ressonância naqueles com os quais convivem.
Outra observação importante: no fundo, no fundo mesmo, cada pessoa é o grande namorado de si mesmo.
A decisão de separar ou permanecer é profundamente sua. Não cabe a nós, dar a decisão, quem conviverá com a escolha futura, será você. A posição aqui apresenta, reflete o comum das coisas, As possíveis particularidades de cada caso, faz com que a decisão seja da pessoa, ponderando o que ela quer para o futuro.
Caso considere importante, reflexão mais profunda, estaremos à disposição.
Abraços virtuais (em tempos de iminente segunda onda de pandemia, sejamos mais razoáveis: máscara, higiene, distanciamento físico, senso de comunidade, Ciência!)

Ary Donizete Machado - psicólogo clínico.

Ary Donizete Machado Psicólogo em Limeira

3763 respostas

2515 pontuações positivas

Fazer terapia online

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

29 OUT 2020

Leticia, Algumas coisas são dificeis de mudar, e as pessoas também. Um relacionamento só é bom quando é bom para ambas as partes. Se vc se sente mal após estar com ele por causa do gosto/cheiro, vc deveria repensar os motivos de estar com ele.
abs
Mônica psicologa

Psicóloga Monica Mesquita Psicólogo em Rio de Janeiro

2231 respostas

1524 pontuações positivas

Fazer terapia online

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

28 OUT 2020

Olá, Leticia.

Uma relação só se mantem se ambos estão confortáveis com a situação vivida, caso não, como neste caso, a conversa é a solução para o problema, expor os sentimentos, os incômodos e assim chegar a um meio termo, no qual ambos fazem concessões.

Fico a disposição
Att

Anônimo-381658 Psicólogo em Curitiba

16 respostas

7 pontuações positivas

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Psicólogos especializados em Tabagismo

Ver mais psicólogos especializados em Tabagismo

Outras perguntas sobre Tabagismo

Explique seu caso aos nossos psicólogos

Publique a sua pergunta de forma anônima e receba orientação psicológica em 48h.

50 Você precisa escrever mais 14250 caracteres

Sua pergunta e as respectivas respostas serão publicadas no site. Este serviço é gratuito e não substitui uma sessão de terapia.

Enviaremos a sua pergunta a especialistas no tema, que se oferecerão para acompanhar o seu caso pessoalmente.

A sessão de terapia não é grátis e o preço estará sujeito às tarifas do profissional.

A sessão de terapia não é grátis e o preço estará sujeito às tarifas do profissional.

Coloque um apelido para manter o seu anonimato

Sua pergunta está sendo revisada

Te avisaremos por e-mail quando for publicada

Esta pergunta já existe

Por favor, use o buscador para conferir as respostas

Psicólogos 12200

Psicólogos

perguntas 14250

perguntas

respostas 42600

respostas