MundoPsicologos.com
MundoPsicologos.com
No Google Play Na App Store

Minha mãe que não assume suas responsabilidades

Feita por >Júlia>. 3 Jan 2017 1 resposta  · Terapia familiar

Tenho 19 anos, e moro com minha mãe e dois irmãos, uma de 14 e um de 9. Minha mãe tem síndrome do pânico, mas é estável pois toma medicamento, e eu acredito que essa não seja a causa do seu comportamento.

Ela não age como mãe, ela discute com meu irmão de apenas 9 anos, como outra criança. Fala pra ele que ele é frouxo, fala que quer sumir, que se pudesse voltar atrás não teria filhos, reclama dizendo que a gente só dá trabalho. E tudo isso ele ouve. Sei o quanto vai prejudicá-lo. Além disso, ela reclama se precisa, por exemplo, me levar no hospital. Essa semana quebrei um dedo, precisei ir no hospital e tive que insistir porque ela simplesmente não queria me levar; depois falou pra minha irmã que eu estou insuportável. Isso, sendo que eu sempre me virei sozinha, eu quase nunca peço nada pra ela. Agora temos um problema: vivemos em 4, com pensão alimentícia, que não passa de mil reais, e a partir do mês que vem eu precisarei usar quase metade desse dinheiro (que judicialmente é minha, por eu ja ser maior de 18), pra poder arcar com as despesas da faculdade, mas ela não quer aceitar. Ela faz chantagem emocional. Tentei explicar que meu pai me disse que se eu não usar esse dinheiro pra estudar, ele vai simplesmente parar de mandar essa minha metade, mas não adianta, ela briga comigo.

Fazendo um resumão, briguei com ela por isso, e eu não aguento mais dar bronca na minha própria mãe pelas coisas absurdas que ela faz e fala (e sei que estou errada, sou filha, mas eu e minha irmã somos as únicas pessoas que enxergamos isso e muitas vezes sentimos que precisamos falar). Ela passou um ano inteiro acomodada com o dinheiro da pensão, sem procurar emprego, e agora vem brigar comigo porque eu vou precisar do dinheiro. Não comecei a trabalhar antes pois eu estava estudando e não tinha tempo, agora estou tentando conseguir um emprego mas está complicado.

Ela deixa o meu irmão fazer o que quer, ele não tem limite, fala grosso com ela, manda nela, não obedece, come as poucas coisas que ela compra pra comermos em casa como se fosse tudo dele, falta com respeito com ela, eu e minha irmã. Ele tem 9 anos. Ela, como mãe, só diz "não faz isso, João", ou então o defende, e não faz nada pra mudar o que ta errado. Ela fica nervosa e grita. Se tem um problema, ela fica com raiva e começa a fazer escândalo. É assim todos os dias, ficar em casa é estressante. A minha mãe é uma criança. Ontem apontei esses erros dela, e ela colocou a culpa na síndrome do pânico, como sempre. Mas não acho que toda essa falta de responsabilidade seja resultado desse transtorno, até porque ela está medicada há anos, e ela sempre foi assim, tanto que esse jeito dela foi o que motivou meu pai a pedir divórcio há uns 12 anos. Desde ontem não estou em casa, nem a minha irmã, pois sabemos que assim que chegarmos lá, vamos passar nervoso de novo. Não aguentamos mais esta situação e não sabemos o que fazer. Não tenho dinheiro pra alugar/comprar uma casa só pra mim. Estou angustiada por saber que está apenas minha mãe e meu irmão em casa, e que assim ela se sente sozinha, mas não acho que tenho que me render às chantagens emocionais dela, pois sei que independente de qualquer coisa que ela fale, ela não muda, ela não enxerga os erros dela, nunca. Passo por isso já faz anos, mas agora chegou num ponto em que eu não aguento mais. Não sei o que fazer. Não quero voltar pra casa pra me irritar de novo. Até meu namorado está pegando raiva dela por ver que ela faz pouco caso comigo e meus irmãos, ele nem quer mais estar em casa quando ela estiver lá. Por favor, me deem conselhos, se possível. E desde já, muito obrigada!!!!

angustiada

A melhor resposta

Olá. É muito difícil conviver com uma pessoa assim, mesmo sendo sua mãe. Ela provavelmente tem um histórico ruim com sua avó ou avô. Te aconselho a procurar um emprego para se manter e/ou pagar suas despesas, já que o dinheiro não é suficiente, e tentar sair de casa para viver a sua vida o mais rápido possível. Procurar ajuda de um profissional para você resolver suas questões emocionais que deve ser bastante dura para você.
Sucesso!

A resposta foi útil a você?

Sim Não

Obrigado pela sua avaliação!

Perguntas similares

Ver todas as perguntas
Quero assumir a transexualidade pra minha mãe e não sei como

8 respostas, última resposta em 22 Maio 2017

Relacionamento problemático. Qual a minha responsabilidade?

4 respostas, última resposta em 04 Outubro 2016

Não sei lidar com a minha mãe

2 respostas, última resposta em 29 Outubro 2018

Minha mãe faleceu há 5 meses e estou cada vez pior

5 respostas, última resposta em 02 Abril 2018

Como lidar com a compulsividade e consumismo de uma mãe de 81 anos?

2 respostas, última resposta em 25 Abril 2018

Relação com a mãe

3 respostas, última resposta 21 Maio 2019

Então, não sei bem como explicar

3 respostas, última resposta em 03 Janeiro 2018