Acesso consultório Cadastre grátis seu consultório

Minha filha foi vítima de abuso sexual, como posso ajudar?

Feita por >Claudia em 24 Nov 2014 Violência sexual

Quando ela tinha 10 anos foi abusada por um primo de 16 anos. Hoje ela tem 16 e ainda não superou o trauma. Como posso ajudá-la?

Resposta enviada

Em breve, comprovaremos a sua resposta para publicá-la posteriormente

Algo falhou

Por favor, tente outra vez mais tarde.

A melhor resposta

Em principio acolhendo-a, como já faz, e aconselho uma psicoterapia o que irá ajudá-la a superar o trauma.

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Olá Claudia, eu acho que existem duas grandes questões muito importantes a serem tratadas. A primeira é cuidar para que esse agressor não venha a abusar de mais ninguém. Pois é bem capaz que ele repita, ou até mesmo já tenha repetido isso. Avisar as autoridades para monitorar as ações dessa pessoa e evitar mais tragédias como essa é questão imperativa e de interesse social. Segunda questão é que a chance da sua filha elaborar esse trauma por conta própria é mínima, tendo em vista a idade que ela tinha. Procurar suporte psicológico é fundamental para tentar amenizar esse trauma e ter uma vida mais saudável. Dados mostram que a Terapia Comportamental costuma ter ótimos resultados em casos de estresse pós traumático. Traumas não elaborados são fatores de grande risco para o desenvolvimento de transtornos psicológicos. Unidas no amor incondicional e um ambiente de compreensão você pode ser de grande ajuda nesse processo. Boa Sorte para ambas e um grande abraço

Gisele Ávila Psicólogo em São Caetano do Sul

34 respostas

1722 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Olá Cláudia. Não existe uma fórmula mágica para superar um trauma desses, mesmo com acompanhamento psicológico não é um processo fácil. Entretanto é fundamental a orientação de um profissional da Psicologia para auxiliar a sua filha a lidar com as sequelas desse trauma, logo sugiro buscar atendimento psicológico, mas com o consentimento dela, não pode ser algo forçado.

Leonardo Viana de Vasconcelos Martins Psicólogo em Fortaleza

1038 respostas

27935 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Pelo seu relato, é recomendável procurar um(a) psicólogo(a) para fazer uma avaliação da situação emocional de sua filha, analisar o contexto familiar e também lhe dar suporte e orientações sobre como lidar com esta situação. Se já se passaram 6 anos desde o ocorrido e o trauma permanece a ajuda profissional é indispensável. Quanto antes isto for tratado será mais fácil e melhor para todos. Reflita Cláudia e se posicione. Não há tempo a perder!
Abraço,
Cristina Vasconcelos

Cristina Vasconcelos Psicólogo em Juiz de Fora

48 respostas

5420 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Esses primos foram responsabilizados? Ela ainda mantem contato com esses primos?
Se não, a situação de violência e sentimento de abandono e injustiça ainda rondam sua filha, estando a situação do abuso ainda acontecendo, pois não houve conclusão.

Se a situação se resolveu no sentido objetivo, mas o sofrimento se mantem atrapalhando seu desenvolvimento normal, o melhor é orientá-la e incentivar a procura de um psicólogo.

Marcos Adilson Rodrigues Júnior Psicólogo em Jaguariúna

2 respostas

454 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Olá Claúdia,
Se sua filha não conseguiu superar esse trauma ainda, você deve ajudá-la a procurar auxílio com um profissional psicólogo. Esse momento é importante para que relacionamentos interpessoais futuros não sejam prejudicados ou retraídos.
Atenciosamente,
Vanessa Senatori

Vanessa Senatori Psicólogo em São Caetano do Sul

3 respostas

1025 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

A única forma que tem de ajudar ela e procurando ajuda de um profissional, escutando ela, conversando e compreendendo.
Procure ajuda quanto antes, pode ser resolvido sem necessidade de tanto sofrimento.

Susana Rodriguez Iglesias Psicólogo em Balneário Camboriú

39 respostas

8660 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Olá!
A recuperação do trauma de ter sido abusada sexualmente, só é possível com uma boa terapia e a ajuda dos familiares. Procure um psicólogo e ele te orientará também como você deve agir e ajudar a sua filha.
Psicóloga Keili

Keili Gobi Psicólogo em Rio de Janeiro

27 respostas

1745 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Claudia!
Muito importante que sua filha realize a psicoterapia, para que assim ela possa superar o trauma.
Att,
Qi Clinica Integrada

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Bom dia!
A melhor forma de ajudar sua filha é procurar um profissional da psicologia. Existem técnicas específicas para trabalhar a elaboração de traumas.
Um abraço,
Jeovanda Caliope

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Claudia, bom dia. O mais indicado é encaminhar sua filha a um profissional de psicologia para que ela faça psicoterapia para lidar com esse "trauma". Abraços. Fernanda

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

É importante fazer uma psicoterapia, com certeza irá ajudá-la a superar o trauma.

Abraços!

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

De uma forma geral, deve ser feita uma avaliação psicológica para orientar um tratamento dessas questões e apontar que consequências isso teve e tem no comportamento e no pensamento dela.
Procure um psicoterapeuta!
Abraço! Espero ter ajudado!

Thyago Henrique de Souza Vargas Psicólogo em Rio de Janeiro

27 respostas

811 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Psicólogos especializados em Violência sexual

Ver mais psicólogos especializados em Violência sexual

Outras perguntas sobre Violência sexual

Explique seu caso aos nossos psicólogos

Publique a sua pergunta de forma anônima e receba orientação psicológica em 48h.

50 Você precisa escrever mais 6200 caracteres

Sua pergunta e as respectivas respostas serão publicadas no site. Este serviço é gratuito e não substitui uma sessão de terapia.

Enviaremos a sua pergunta a especialistas no tema, que se oferecerão para acompanhar o seu caso pessoalmente.

A sessão de terapia não é grátis e o preço estará sujeito às tarifas do profissional.

A sessão de terapia não é grátis e o preço estará sujeito às tarifas do profissional.

Coloque um apelido para manter o seu anonimato

Sua pergunta está sendo revisada

Te avisaremos por e-mail quando for publicada

Esta pergunta já existe

Por favor, use o buscador para conferir as respostas

Psicólogos 10150

Psicólogos

perguntas 6200

perguntas

respostas 27700

respostas