Meu namorado é agressor, isso tem solução?

Feita por >Jessica · 21 ago 2020 Violência de gênero

Meu nome é Jessica, namoro a 1 ano, e desde o início da pandemia sofri em torno de 4 agressões. Já tentei terminar e ele não aceita, e eu por ter sentimento acabo ficando com ele. Ele era muito ciumento e desconfiado, de uns meses pra cá melhorou muito, mas não suporta eu ser independente e aceitar o término, quando no meio de uma brigo digo que tudo bem, foi assim que aconteceu, sem eu fazer nada. (Nada justifica uma agressão). Não tive coragem de chamar a polícia, mas disse a ele que só fico com ele se procurar ajuda, ele diz que sim. ..mas isso vai mesmo ajudar ele? Posso permanecer nesse relacionamento se ele fizer tratamento? Me sinto perdida e não sei o que fazer.

Resposta enviada

Em breve, comprovaremos a sua resposta para publicá-la posteriormente

Algo falhou

Por favor, tente outra vez mais tarde.

A melhor resposta 22 AGO 2020

Olá Jéssica! Grato por participar. Namoro é experiência que na maior parte das vezes, é exercício de conhecimento melhor, que mostra aspectos que não dão certo. Havendo quatro agressões somente durante a pandemia, enquanto namorados, provavelmente elas não pararão.
Você precisa organizar estratégias para lidar com a situação. Será melhor vocês terminarem e amadurecerem mais. Pondere com pessoas e estruturas que possam te proteger de possíveis agressões dele, em decorrência do término.
Quanto à questão, de ter ou não solução, claro que há solução para a agressão; há solução para interromper as agressões - gradativamente - há soluções com o amadurecimento, com o passar dos anos; depende dele lutar para se melhorar, depende das namoradas colocarem limites nele, pode depender de penalidades jurídicas, pode depender do envelhecimento, etc.
As lembranças históricas das agressões não passarão. Ele precisa desenvolver consciência disso. Além do mais, agredir é uma linguagem que coloca somente o poder física, não lança mão da inteligência.. Isso é voltar ao lado mais primitivo, menos evoluído.
É preciso deixar claro que, em termos gerais, agressões físicas são inaceitáveis, mas também é preciso deixar claro, que, ainda que entendamos que ser assim, é aconselhável você terminar, também é preciso compreender que as palavras expressam uma parte da história, que a escolha, em última instância é sempre sua, somente não pode ser temperada pela anulação pessoal e pelo medo.
Abraços virtuais (em tempos de pandemia, sejamos razoáveis: ética solidariedade, afeto, Ciência!)

Ary Donizete Machado - psicólogo clínico.

Ary Donizete Machado Psicólogo em Limeira

3108 respostas

1886 pontuações positivas

Fazer terapia online

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

23 AGO 2020

Olá Jessica
É necessário mais informações para saber se você pode permanecer neste relacionamento. O fato é que existem estudos que comprovam que as agressões tendem a piorar e a vítima corre sérios riscos.
O fato dele procurar ajuda é importante, mas é necessário saber se ele tem realmente interesse em mudar seus comportamentos, se sim, ótimo, pois do contrário é apenas uma promessa que não será cumprido.
Você precisa avaliar os riscos e verificar o que pessoas que convivem com você estão dizendo sobre esta sua relação, se estas pessoas estão preocupadas com sua vida, considere seus comentários.
Espero ter ajudado.
Jane Assunção.

Jane Assunção Psicólogo em São Paulo

488 respostas

500 pontuações positivas

Fazer terapia online

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

22 AGO 2020

Olá Jéssica!
Grata por sua pergunta.
O seu namoro tem tempo suficiente para esse problema já estar resolvido. Seis meses é tempo mais que suficiente para se resolver problemas dessa natureza. Se ele não mudou ainda e não procurou ajuda é porque se sente confortável nessa posição. É bem provável que ele não procure ajuda e se procurar somente porque você insiste, logo vai desistir. De qualquer forma o importante a se observar são as mudanças de atitudes e não as promessas verbais dele.
O ciúme dele melhorou porque você está isolada de todos durante a pandemia? Se for isso tenha certeza que quando voltar a ter contatos com as outras pessoas o ciúme retornará. Não sabemos as causas da violência dele, mas independente das causas procure se informar qual o modo mais seguro para terminar o seu relacionamento, caso decida por essa opção, que seja sem enfrentamento direto de modo a preservar a sua segurança física. Procure se cercar de pessoas da sua confiança e estar em lugares seguros também.
Para ter coragem de enfrentar essa situação procure melhorar a sua auto estima. Para isso busque se conscientizar das causas de seus medos, enfrente suas fraquezas e descubra que ajustes e alinhamentos precisa fazer na sua vida para tomar as atitudes que são da sua responsabilidade.
Um bom prognóstico de melhora para o tratamento dele seria se ele já estivesse procurado ajuda imediatamente após o seu pedido, e que agressões e desrespeito de qualquer natureza cessem totalmente. Caso ele não tome nenhuma atitude por conta própria e não demonstre interesse em pedir ajuda, já não é um bom sinal. Pondere se vale à pena você investir numa relação que durante o namoro já está marcada pelo desrespeito, desconfianças, cobranças e ciúmes. Procure ajuda profissional para falar de seus sentimentos e emoções e aprofundar essa questão.
Fico à disposição.
Psicóloga Maria Nair de Castilho Ramlow

Psicóloga Maria Nair Psicólogo em Curitiba

297 respostas

159 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Psicólogos especializados em Violência de gênero

Ver mais psicólogos especializados em Violência de gênero

Outras perguntas sobre Violência de gênero

Explique seu caso aos nossos psicólogos

Publique a sua pergunta de forma anônima e receba orientação psicológica em 48h.

50 Você precisa escrever mais 12550 caracteres

Sua pergunta e as respectivas respostas serão publicadas no site. Este serviço é gratuito e não substitui uma sessão de terapia.

Enviaremos a sua pergunta a especialistas no tema, que se oferecerão para acompanhar o seu caso pessoalmente.

A sessão de terapia não é grátis e o preço estará sujeito às tarifas do profissional.

A sessão de terapia não é grátis e o preço estará sujeito às tarifas do profissional.

Coloque um apelido para manter o seu anonimato

Sua pergunta está sendo revisada

Te avisaremos por e-mail quando for publicada

Esta pergunta já existe

Por favor, use o buscador para conferir as respostas

Psicólogos 11700

Psicólogos

perguntas 12550

perguntas

respostas 38600

respostas