Acesso consultório Cadastre grátis seu consultório

Mesmo sendo dois adultos e não acontecendo sexo, isso é errado?

Feita por >Anônimo · 12 nov 2019 Psicologia clínica

Tenho 56 anos, fui abandonada pelo meu marido faz alguns anos, estou desempregada, estava passando muita dificuldade.
Então faz uns 6 meses que o meu sobrinho me ofereceu de vim morar aqui com ele e eu aceitei. Ele ganha razoavelmente bem, então ele paga todas as contas da casa, e em troca eu ajudo ele, cozinho, lavo, passo, cuido da casa. Quando ele me chamou pra morar aqui a gente teve uma conversa, e eu falei que não queria atrapalhar ele, não queria tirar a liberdade dele. Ele então falou que a única coisa que ia mudar pra ele é que ele gosta de ficar sem roupa em casa e que não poderia mais fazer isso depois que eu viesse morar com ele. Como ele já estava me ajudando, e eu não queria ser um incômodo, eu falei pra ele que se ele quisesse ficar sem roupa eu não ligava. Ele falou que eu não precisava aceitar isso, mas eu insisti pra ele não mudar o costume dele, e então ele acabou concordando comigo. Então, desde o dia que mudei pra cá, ele fica sem roupa. Mas quando eu falo que ele fica sem roupa, é sem nada mesmo, ele tira até a cueca. Eu sinceramente não ligo, ele me respeita muito, então tá tudo bem. Aqui faz calor o ano inteiro, hoje mesmo fez mais de 30 graus, então por isso ele gosta de ficar sem roupa. Só que fiz besteira e comentei com minha amiga essa situação de meu sobrinho ficar pelado em casa. E ela falou que só de eu deixar ele ficar sem cueca já é um incesto, que é intimidade demais eu ver as partes íntimas dele. Ele já tem 29 anos, eu tenho 56, nós dois somos adultos, então eu sempre achei que a gente não tava fazendo nada demais. Mas agora fiquei bem preocupada... Minha amiga disse que sou uma pervertida, e que preciso de tratamento urgente. A situação pirou porque minha amiga comentou com outras pessoas, agora já tem umas vizinhas achando que a gente tem um caso... Fiquei com raiva da minha amiga, ela não tinha nada que fofocar por aí, mas agora não tem mais jeito. Será que estou tão errada de deixar ele ficar sem cueca na minha frente? Isso é incesto mesmo a gente não fazendo sexo? Ainda nem contei pra ele que falei pra minha amiga, estou tentando agir normalmente, mas estou muito chateada com o boato que está rolando por aí. Mas preciso muito de uma opinião pra saber se estou fazendo uma coisa errada. Já estou tão acostumada a ver ele sem roupa, que eu tava muito tranquila, mas agora estou muito preocupada, muito obrigada para quem puder responder.

Resposta enviada

Em breve, comprovaremos a sua resposta para publicá-la posteriormente

Algo falhou

Por favor, tente outra vez mais tarde.

A melhor resposta 13 NOV 2019

Bom dia Anonimo,
Não é comum as pessoas andarem sem roupa mesmo dentro de casa mas isso é uma questão pessoal,
a casa é dele. Se você não se senti bem com essa situação deve conversar com ele, mas o importante é você se perguntar o que está acontecendo com você.
O que os outros pensam ou deixam de pensar é problema deles mas a partir do momento que você comenta sua vida com as pessoas dá direito delas fazerem comentários...

Maria da Conceição Vasconcelos Gioia Psicólogo em Rio de Janeiro

471 respostas

8182 pontuações positivas

Fazer terapia online

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

25 NOV 2019

Oi Anônima!
Não é incesto, se é isso que te preocupa! Agora uma coisa me deixou em dúvida, porque você foi falar isso para uma "amiga", qual foi sua intenção dividir algo tão pessoal. Parece que isso mexe com seus pensamentos produzindo emoção e sentimentos. E se isso acontece, é extremamente normal, você é uma mulher relativamente nova e ele é um homem de 29 anos. O que será que passa pelos pensamentos dele, afinal de contas, ficar totalmente pelado se mostrando para uma mulher, pode produzir vários pensamentos produtores de prazer. Pode até acontecer fantasias mentais tanto nele, quanto em você. Só para esclarecer, não estou afirmando que isso aconteça com vocês, são somente hipóteses. Quando você dividiu isso com sua amiga teve algum motivo que estava te incomodando. Me perdoe a colocação, mas falar isso para uma "amiga", dá a impressão que você estava querendo outra resposta dela, enfim não vamos ficar sabendo. Não importa, o que realmente importa é você se sentir a vontade com esse fato é conversar com ele que escapou e você acabou falando para uma amiga. O que vão falar sobre vocês não é relevante, o que importa é o que vocês pensam e se sentem sobre estilo de vida que vocês têm dentro de casa. Fica tranquila e viva sua vida em paz.

Waldir de Oliveira Psicólogo em Santo André

65 respostas

3621 pontuações positivas

Fazer terapia online

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

19 NOV 2019

Acredito que nem tudo o que acontece dentro da nossa casa as pessoas de fora tem que saber, pois ela não conseguem entender todo o contexto, se ha respeito entre vocês não vejo problemas ja que também era um costume dele.

Psicóloga Natalia Martins Psicólogo em São Paulo

330 respostas

5187 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

13 NOV 2019

Creio que deves pensar muito seriamente a besteira que fizeste: comentar uma coisa que só você e teu sobrinho tinham. Isto são fatos sigilosos que só dizem respeito a vocês dois.
Não, não estás fazendo incesto nenhum. Se tua amiga pensou nisso a maldade está com ela.
Todo o mundo sabe como é um homem. Todos sabem como é uma mulher.... o uso de roupas é uma convenção social. Nada mais.
Não tem nenhum erro, nenhuma maldade nisso.
Problema é como tu vai resolver a confusão que arranjou pra ti. Podes perder a casa. Ele pode não querer mais que você fique lá na casa dele.
O que ele vai sentir e fazer quando souber disso? Não acha melhor que ele saiba através de ti mesma?
Uma hora, vai chegar aos ouvidos dele.....

Geime Rozanski Psicólogo em Brasília

814 respostas

433 pontuações positivas

Fazer terapia online

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

13 NOV 2019

Olá! A roupa é algo introduzido pela cultura. Trata-se de uma hábito tão fortemente enraizado que as pessoas sentem-se desestruturadas quando são forçadas a ficarem nuas. Você e seu sobrinho hão de convir que é esperado que as pessoas sintam-se chocadas com isso e interpretem como uma aberração. Nas sociedades civilizadas, em qualquer lugar do mundo, as pessoas usam roupas, quando em lugares públicos, exceto os explicitamente definidos para a nudez. Será muito mais fácil para você e para seu sobrinho usarem roupas. Até onde, independente dos comentários externos, internamente, você se sentira bem em lidar co essa situação? Seu sobrinho, com vinte e nove anos, construirá quais caminhos para ele, esse fato se tornando público? Qual seria a posição dos pais dele? Não é fácil ter harmonia interior para lidar com esse conjunto de fatores envolvendo os tabus sociais, as vinculações familiares de vocês dois. Um abraço: Ary Donizete Machado.

Ary Donizete Machado Psicólogo em Limeira

1652 respostas

834 pontuações positivas

Fazer terapia online

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Psicólogos especializados em Psicologia clínica

Ver mais psicólogos especializados em Psicologia clínica

Outras perguntas sobre Psicologia clínica

Explique seu caso aos nossos psicólogos

Publique a sua pergunta de forma anônima e receba orientação psicológica em 48h.

50 Você precisa escrever mais 9300 caracteres

Sua pergunta e as respectivas respostas serão publicadas no site. Este serviço é gratuito e não substitui uma sessão de terapia.

Enviaremos a sua pergunta a especialistas no tema, que se oferecerão para acompanhar o seu caso pessoalmente.

A sessão de terapia não é grátis e o preço estará sujeito às tarifas do profissional.

A sessão de terapia não é grátis e o preço estará sujeito às tarifas do profissional.

Coloque um apelido para manter o seu anonimato

Sua pergunta está sendo revisada

Te avisaremos por e-mail quando for publicada

Esta pergunta já existe

Por favor, use o buscador para conferir as respostas

Psicólogos 10800

Psicólogos

perguntas 9300

perguntas

respostas 31300

respostas