Acesso consultório Cadastre grátis seu consultório

Frustração por falta de recompensa ou elogio

Feita por >Regina em 13 mar 2018 Psicologia clínica

Eu sou professora universitária e fico muita frustada com meu trabalho, estou infeliz... como se não fosse valorizada. Estive pensando e acho que quando criança sempre ganhava recompensas para ir bem na escola, se tirasse 10 ganhava presentes e acho que isso agora na fase adulta está me afetando. Porque mesmo que eu sempre tenha muitas aulas e projetos não recebo nenhum “elogio” e isso me frusta. Eu vi que estou aprovando muitos projetos e isso me dá uma alegria momentânea, pois depois fico muito estressada pra conseguir terminar pela quantidade de projetos que início. Será que é mesmo por minha infância essa frustração? Devo iniciar tratamento em qual linha de psicologia?

Resposta enviada

Em breve, comprovaremos a sua resposta para publicá-la posteriormente

Algo falhou

Por favor, tente outra vez mais tarde.

A melhor resposta

Bom ter o seu contato Drª. Prof.ª. Regina!!!

Lendo o seu relato, sugiro que pesquise sobre um processo de reprocessamento e dessensibilização de tudo aquilo que nos incomoda na nossa mente ( fobias, traumas, ressentimentos, medos desnecessários), um trabalho realizado por profissionais da área da psicologia habilitados em EMDR, uma sigla em inglês (Reprocessamento e Dessensibilização por meio dos Movimento dos Olhos), é na verdade uma estimulação dos hemisférios cerebrais que contribui para uma melhor qualidade de vida em relação a pensamentos perturbadores.

Atenciosamente,

Carlos César Petruy Psicólogo em Curitiba

274 respostas

9770 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Bom dia, olha pelo seu relato , não me parece só necessidade de elogio, a grande demanda de tarefas e como vc lida com todas as atividades pode estar interferindo, sugiro buscar psicoterapia para elucidar isso tudo. Abraço

Clínica Transformação Psicólogo em Joinville

18 respostas

487 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Oi Regina, todos queremos ser reconhecidos pelo nosso trabalho, é algo que nós dá combustível e motivação para continuar. Mas é preciso avaliar se isso é algo que tem um peso a mais para você. Não ouso afirmar que esses fatos que você relatou da infância tem a ver, apesar de sabermos que todas as experiências nos influenciam em maior ou menor grau. Você pode buscar qualquer abordagem da psicologia, não existe uma melhor, existe aquela com que você venha a se identificar, se sentir confortável, tanto com a abordagem quanto com o profissional, que é igualmente importante. Boa sorte.

Leonardo Viana de Vasconcelos Martins Psicólogo em Fortaleza

1038 respostas

28092 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Olá Regina! Você já questiona seu sintoma e se inclui em sua queixa, sendo um bom começo. Dessa forma, seria interessante, via psicanálise que você aprofunde mais através de seu discurso. Pensar sobre seu real desejo e emergir como "dona" de si. Espero que tenha ajudado. Abraço.

Vívian Godinho Psicólogo em Belo Horizonte

26 respostas

17 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Olá Regina devo parabeniza-la pela iniciativa de buscar aos profissionai deste ajuda site para as suas demandas psicológica que interfere na sua autoestima pela carência de atenção. Realmente tem a ver com a forma como você aprender a lidar com as recompensas quando criança, mas pode ser trabalhado com sessões de psicoterapia e todas as abordagens são eficaz quando a pessoa está aberta e quer ser ajudada a mudar de pensamento e comportamento. Você está no caminho certo buscando ajuda psicológica. Espero ter ajudado à Psicóloga Ussénade.

Ussénade Maria de Oliveira Psicólogo em Recife

697 respostas

26945 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Olá, Regina.
Somente através de um processo terapêutico é possível reconhecer de onde vem essa sua frustração, sim a terapia vai te ajudar a essa situação, quanto a linha, qualquer linha vai te ajudar, o que diferencia é o método aplicado sugiro que busque por um profissonal que voce se sinta bem, assim terá mais êxito no seu tratamento.
Qualquer dúvida estou a disposição.

Fernanda Veronesi de Menezes Psicólogo em São Paulo

548 respostas

4456 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Psicólogos especializados em Psicologia clínica

Ver mais psicólogos especializados em Psicologia clínica

Outras perguntas sobre Psicologia clínica

Explique seu caso aos nossos psicólogos

Publique a sua pergunta de forma anônima e receba orientação psicológica em 48h.

50 Você precisa escrever mais 7200 caracteres

Sua pergunta e as respectivas respostas serão publicadas no site. Este serviço é gratuito e não substitui uma sessão de terapia.

Enviaremos a sua pergunta a especialistas no tema, que se oferecerão para acompanhar o seu caso pessoalmente.

A sessão de terapia não é grátis e o preço estará sujeito às tarifas do profissional.

A sessão de terapia não é grátis e o preço estará sujeito às tarifas do profissional.

Coloque um apelido para manter o seu anonimato

Sua pergunta está sendo revisada

Te avisaremos por e-mail quando for publicada

Esta pergunta já existe

Por favor, use o buscador para conferir as respostas

Psicólogos 10500

Psicólogos

perguntas 7200

perguntas

respostas 28850

respostas