Acesso consultório Cadastre grátis seu consultório

Filho dando trabalho

Feita por >Gracielle · 30 set 2015 Dificuldades de aprendizagem

Bom dia, meu nome é Gracielle, e o problema é que meu filho vem sempre apresentando argumentos e pretextos para não copiar as tarefas da escola, está mentindo demais. Acontece que ele é super educado, um doce de criança está sempre querendo de alguma forma agradar e tentar se sair, inventa atividades que a professora não fez para me mostrar que faz, no entanto não faz a da escola. Outro dia coloquei ele de castigo e tinha uma atividade que tinha vários nomes de mamãe e ele simplesmente riscou com ar de arrogância. Me ajudem pois só tenho ele, mas o pai com quem eu vivo há 15 anos tem mais cinco filhos sendo quatro adultos já. Não sei mais como lidar com esse problema, ele também sempre se adapta aos castigos e não são longos. Muito obrigada.

Resposta enviada

Em breve, comprovaremos a sua resposta para publicá-la posteriormente

Algo falhou

Por favor, tente outra vez mais tarde.

A melhor resposta 6 OUT 2015

Gracielle, voce já conversou com a coordenadora da escola? Acredito ser importante pois ela e a professora podem lhe dar uma orientação do que está acontecendo na sala de aula. A criança mente para não ser punida.Acredito que a escola va te ajudar com ele.
Um abraço.

Lea Maria Vicari Psicólogo em São Paulo

51 respostas

4226 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

8 OUT 2015

Olá Gracielle!
Sugiro que você converse com seu filho buscando esclarecer o que ele está buscando, que ele pretende com os comportamentos relatados por você. Outra sugestão, é você procurar um apoio Psicológico.
Desejo sucesso para você e seu filho!

Kelly.

Kelly Conceição Cardoso Psicólogo em Rio de Janeiro

13 respostas

539 pontuações positivas

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

7 OUT 2015

Gracielle ! Pelo que pude perceber , você já esgotou todos os seus esforços. Sugiro que procure uma psicóloga da sua confiança . Através da análise, ela irá entender o que realmente incomoda seu filho e consequentemente serão direcionadas algumas ações para sanar os problemas apresentados, Um abraço.

Maria Tiburcio Psicólogo em Vila Velha

30 respostas

1783 pontuações positivas

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

5 OUT 2015

Olá Gracielle
Você esqueceu de novos dizer qual é a idade do seu filho e isto faz toda a diferença pois em cada idade há a;umas coisas diferentes acontecendo com a criança.
Bem, de qualquer forma, seria adequado procurar primeiramente a escola para saber mais detalhes a respeito dessas lições, como elas são dadas, onde costumam ser agendada, se há uma forma de você ajudar.
Outra coisa importante é fazer um psicodiagnóstico para procurar compreender o que se passa de fato com ele.
Procure um profissional psicólogo com prática em crianças e psicodiagóstico infantil e que possa de fato ajudar a você. De longe e sabendo tão pouco do caso, ficaremos somente no "achismo". Isso não é bom.
Boa sorte

Sandra Colaiori Psicologia Psicólogo em São Paulo

108 respostas

6780 pontuações positivas

Fazer terapia online

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

5 OUT 2015

É importante fazer uma avaliação psicológica com um especialista sobre os conflitos que essa criança está enfrentando. É possível que o problema esteja atrelado a figura da mãe, com quem ele demonstrou agressividade e frequentemente usa de mentiras para conseguir o que deseja. O castigo não é uma medida educacional saudável.

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

4 OUT 2015

Gracielle

Com certeza existe um motivo oculto ou inconsciente para seu filho se comportar desta forma uma investigação com um profissional irá ajudá-lo, para compreensão e solução desta comunicação ou interação que seu filho apresenta. Com apoio psicológico ele poderá ficar mais tranquilo e enfrentar aquilo que o incomoda.

Arlete Maria dos Santos Psicólogo em São Paulo

110 respostas

5503 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

2 OUT 2015

Boa tarde ! Primeiramente você precisa levar seu filho a um psicólogo para que ele possa te auxiliar pessoalmente a lidar com esses problemas, se ele não tiver algum motivo em especial para praticar tais comportamentos ele poderá estar com transtornos de conduta.

Bárbara Alves de Paiva Psicólogo em Araguari

46 respostas

780 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

2 OUT 2015

Olá Gracielle, o caminho é longo mas necessário, primeiro você precisa marcar uma reunião com a professora e coordenadora da escola para que juntas entendam as reais dificuldades do seu filho e saber como ele se comporta na sala de aula, com os amigos e procure saber se há algo na professora que chama atenção dele, precisará saber cotidianamente as atividades da sala para que você possa ajudá-lo em casa. Em casa a tarefa ainda é mais longa, o pai de alguma forma precisa ajudar, pois o casal trará um olhar diferente ao seu filho em relação a atenção que ele necessita. No lugar do castigo procure sentar e fazer a lição junto com ele, sem questionar se fez ou não, ao fazer a tarefa junto com ele você aos poucos perceberá o que está acontece na realidade, repito, tanto você como o pai devem dividir esta tarefa, depois, precisará fazer uma avaliação psicodiagnóstica dele com um psicologo(a) para saber como está seu estado emocional, após todas estas tarefas você poderá dar um direcionamento para todas estas dificuldades.

Jair da Silva Cerqueira Psicólogo em Osasco

64 respostas

3240 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

2 OUT 2015

Pesquise sobre Crianças Índigo.

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

1 OUT 2015

Olá Gracielle, boa tarde!

Primeiramente gostaria de saber quantos anos tem seu filho e, pelo que entendi, vocês não vivem com o pai biológico dele, correto? Este caso não é tão raro de se encontrar hoje em dia, pois esta geração de hoje possui inúmeras ferramentas que acabam prejudicando seu foco nos estudos (computadores, jogos, redes sociais etc). Por acaso você tem o hábito de sentar com ele e verificar se foram passadas tarefas de casa ou algo do tipo? É muito importante essa proximidade principalmente por dois motivos: 1- verificar/monitorar se eles realmente têm tarefas e se possuem dificuldades e 2- Estar presente no dia a dia e desenvolvimento dos menores.
Existe a possibilidade de você não estar desempenhando seu papel de mãe, mas sim de outra figura para ele, por isso ele insiste em não seguir suas regras. Regras e limites são fundamentais para os filhos! Quanto aos castigos, se um castigo não oferece nada "desagradável" o suficiente para que ele pense a respeito do comportamento inadequado e consiga entender que não valeu a pena ter feito aquilo, provavelmente você estará gastando esta medida pois para ele, castigos são tranquilos e fáceis de se adaptar. Gracielle, castigos tem que ser "desagradável"... um exemplo de castigo que geralmente não funciona, é mandar o filho ficar sentado no sofá... a privação de qualquer coisa neste caso será facilmente superada, entende o que digo?
Bom, espero ter dado alguma luz, caso necessite, fique a vontade para entrar em contato!

Um abraço

Aptha Psicologia Psicólogo em Mogi das Cruzes

1 resposta

9 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

1 OUT 2015

Gracielle, precisamos de uma entrevista mais aprofundada, pois para analisar o caso, é necessário considerar várias questões que poderão estar acontecendo. Parece que ele esteja querendo chamar atenção de alguma forma e não sabe como...também não sei a idade dele e o que vem ocorrendo no decorrer dos anos, conforme seu desenvolvimento. Para que isso seja realizado será necessário uma entrevista de anamnese com os pais, para o acompanhamento profissional com a criança.

Eliane Subtil Marçal Psicólogo em Londrina

25 respostas

1132 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

1 OUT 2015

Boa noite Gracielle, seu filho está numa fase em que passa por diversas transformações em consequência disso surge a insegurança em lidar com esses novos comportamentos. Sugiro que procure um psicólogo, pois ajudará vocês a lidarem melhor com essa fase.

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

1 OUT 2015

Parece que vocês dois estão precisando de ajuda profissional. Precisaria conversar mais com vocês para entender melhor o que está se passando. Parece que ambos estão encontrando problemas para ultrapassar este período da adolescência, que pode ser mais difícil para determinadas famílias e que precisa de uma intervenção, um cuidado, para que se consiga superar os problemas apresentados.

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

1 OUT 2015

Olá Gracielle, é preciso fazer uma avaliação melhor dos comportamentos do seu filho, da relação dele com a escola, professores e colegas e da relação com a família. A principio parece que ele está tentando chamar a sua atenção, de forma inadequada, recomendo que você procure um profissional para te orientar nessa relação e avaliar a causa desses comportamentos e como melhora-los.
Espero que te ajude, abraços.

Silvia Satim Estevan Psicólogo em Mogi das Cruzes

8 respostas

968 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

1 OUT 2015

Bom dia, Gracielle!
Há diversas perguntas que podem ser feitas em torno do seu caso para que se possa esclarecer e compreender melhor a situação. Percebo que seu filho não está fazendo as tarefas, mas também é um filho educado e que tem uma motivação em chamar a sua atenção. Num primeiro momento um contato com você e seu companheiro é de suma importância para que juntos possam compartilhar do fato e num segundo momento entrevistar a criança em busca de compreendê-la.

Att,
Vanessa de Almeida
Psicóloga clínica
Pós-graduanda em Psicologia Hospitalar
Visite a minha página virtual.

Psicóloga Vanessa Almeida Psicólogo em Belo Horizonte

102 respostas

4224 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

1 OUT 2015

Oi Gracielle,
O comportamento apresentado pelo seu filho pode estar ocorrendo por diversos fatores, portanto precisa ser analisado melhor, para que se tenha um entendimento correto, o ideal é que vocês busque um profissional que atue com Psicoterapia Infantil ou Familiar.

Dialogar Psicoterapia e Consultoria Escolar Psicólogo em Porto Alegre

8 respostas

456 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

1 OUT 2015

Olá Gracielle, É importante investigar para descobrir o real motivo desse resistência por parte do seu filho em realizar as tarefas escolares (talvez ele converse durante a aula e não tenha tempo de copiar, talvez não faça as atividades por medo de errar, pode não conseguir prestar atenção na aula por algum motivo particular), aconselho você a procurar um psicólogo para que seja feito um acompanhamento do caso e descobrir a melhor maneira de intervenção para essa situação.

Psicóloga Érika Barra Psicólogo em São Paulo

28 respostas

2878 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

1 OUT 2015

Ola Gracielle,
Seu filho apresenta comportamento que deve ser melhor avaliado. Neste processo é importante conhecer como ocorre a relação familiar, a escola e seus projetos. Outro aspecto a considerar é a questão dos limites e o quanto os comportamentos inadequados estão sendo fortalecidos. Prudente tambem, considerar que ele pode estar de forma inadequada para nós adultos pedido atenção, e um olhar diferenciado. Desse modo, sugiro a procura de um profissional para este acompanhamento.

CogniAção Terapia Cognitivo-Comportamental Psicólogo em Florianópolis

100 respostas

7510 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

1 OUT 2015

Boa noite Gracielle,
Seu filho está em plena adolescência onde tudo soa muito estranho, confuso e ele próprio está experimentando uma nova faze da vida, castigos excessivos tendem a ficar banalizados . O diálogo ainda é a melhor opção , sugiro que você procure um profissional para que possa te dar algumas orientações de como lidar com um filho adolescente. Abraço Mirca

Mirca Morva Longoni Psicólogo em Curitiba

11 respostas

734 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Psicólogos especializados em Dificuldades de aprendizagem

Ver mais psicólogos especializados em Dificuldades de aprendizagem

Outras perguntas sobre Dificuldades de aprendizagem

Explique seu caso aos nossos psicólogos

Publique a sua pergunta de forma anônima e receba orientação psicológica em 48h.

50 Você precisa escrever mais 8700 caracteres

Sua pergunta e as respectivas respostas serão publicadas no site. Este serviço é gratuito e não substitui uma sessão de terapia.

Enviaremos a sua pergunta a especialistas no tema, que se oferecerão para acompanhar o seu caso pessoalmente.

A sessão de terapia não é grátis e o preço estará sujeito às tarifas do profissional.

A sessão de terapia não é grátis e o preço estará sujeito às tarifas do profissional.

Coloque um apelido para manter o seu anonimato

Sua pergunta está sendo revisada

Te avisaremos por e-mail quando for publicada

Esta pergunta já existe

Por favor, use o buscador para conferir as respostas

Psicólogos 10750

Psicólogos

perguntas 8700

perguntas

respostas 30200

respostas