Acesso consultório Cadastre grátis seu consultório

Familiar sofreu acidente, estou cuidando e não sei como lidar com a situação

Feita por >Anônimo · 29 mar 2020 Disfunção erétil

Oi, boa noite. Preciso de uma opinião. Moro sozinha já faz muitos anos, sou divorciada. Só que hoje faz exatamente 10 dias que meu sobrinho teve alta do hospital. Aí ele está ficando aqui em casa. Ele tem 25 anos e sofreu um acidente grave e teve fraturas múltiplas nos dois braços. Por causa disso ele vai precisar ficar com os dois braços imobilizados por pelo menos dois meses. Graças a Deus não teve mais nenhuma outra sequela, o problema foi só nos braços. Os pais dele moram em outro estado e não tem condição de vir pra cá agora. Ganham pouco e não podem largar o emprego. Por isso estou cuidando do meu sobrinho desde o dia que ele teve alta. Estou cuidando dele com muito carinho, ele é um rapaz muito bom, desde que ele era pequeno eu sempre me dei muito bem com ele. Porém tem um problema, na hora do banho e também na hora que levo ele pra usar o banheiro, o negócio dele fica duro. Ele fica todo envergonhado, me pede desculpa, e eu também fico envergonhada, mas falo que não tem problema pra ele não ficar ainda mais sem graça. Na hora do banho é mais difícil, desde a hora que tiro a roupa dele, já fica duro. E aí tem o momento mais difícil, na hora de lavar as partes íntimas não tem outra saída, eu pego no pênis dele, tenho que passar sabão, depois enxaguar, depois enxugo com a toalha, tudo isso com o pênis duro. Sou uma senhora de 53 anos, não sou uma mulher bonita, e além de tudo sou tia dele! É normal ele ficar assim tão excitado na minha frente? Somos uma família pobre, não temos como contratar uma pessoa para cuidar dele. Nem contei para os pais dele essa situação porque tenho vergonha de falar... tenho medo de eles ficarem com raiva do meu sobrinho. Na hora de ir fazer xixi ou cocô eu não preciso pegar, ele usa o vaso sentado. Mas mesmo assim quando ele termina eu vou vestir a cueca nele e percebo que ficou duro. Percebo que ele fica bem envergonhado, eu realmente acredito que isso não acontece por maldade dele. Ele me respeita muito, apesar disso. As vezes penso que a solução é eu ignorar isso e continuar como se nada tivesse acontecendo, porque afinal de contas isso não vai ser pra sempre, e ninguém sabe que acontece então vai ser um segredo pra sempre. Tenho a mente aberta, acho que isso deve ser involuntário, mas é estraho ver o próprio sobrinho excitado na sua frente, é esquisito. Qual é o jeito certo de lidar com essa situação? Já pensei em pedir para uma amiga minha dar o banho, já ajudei muito ela nessa vida, ela poderia me ajudar agora, mas aí teria que falar pra ela que ele fica excitado, e tenho medo que depois ela acabe contando pra alguém. Não tenho ninguém para conversar sobre essa situação, se alguém puder me dar uma opinião ficarei muito agradecida.

Resposta enviada

Em breve, comprovaremos a sua resposta para publicá-la posteriormente

Algo falhou

Por favor, tente outra vez mais tarde.

Psicólogos especializados em Disfunção erétil

Ver mais psicólogos especializados em Disfunção erétil

Outras perguntas sobre Disfunção erétil

Explique seu caso aos nossos psicólogos

Publique a sua pergunta de forma anônima e receba orientação psicológica em 48h.

50 Você precisa escrever mais 8650 caracteres

Sua pergunta e as respectivas respostas serão publicadas no site. Este serviço é gratuito e não substitui uma sessão de terapia.

Enviaremos a sua pergunta a especialistas no tema, que se oferecerão para acompanhar o seu caso pessoalmente.

A sessão de terapia não é grátis e o preço estará sujeito às tarifas do profissional.

A sessão de terapia não é grátis e o preço estará sujeito às tarifas do profissional.

Coloque um apelido para manter o seu anonimato

Sua pergunta está sendo revisada

Te avisaremos por e-mail quando for publicada

Esta pergunta já existe

Por favor, use o buscador para conferir as respostas

Psicólogos 10750

Psicólogos

perguntas 8650

perguntas

respostas 30050

respostas